Mês que vem vou ser madrinha de mais um casamento. Estou amando! Adoro o casal, sempre torci por esse momento e estar no altar pertinho deles na hora em que eles vão firmar essa união é uma grande emoção e honra para mim. Mas assumo pra vocês que estou penando… Sim, sofrendo internamente porque não consigo achar “o vestido ideal”. (Podia até virar programa no Discovery Home&Health isso! hahahha)

O casamento vai ser durante o dia, na serra. Ou seja, é frio. Isso poderia ser um fator restritivo na compra do vestido pra muita gente, mas não é pra mim. Sou calorenta e com 5 minutos de pista de dança vou estar suando em bicas mesmo que faça 1 grau por lá. Me conheço. Portanto, não estou exigindo absolutamente nada com relação a isso.

drama de madrinha de casamentoAlgumas vezes em que fui madrinha com os meus vestidos escolhidos…

O meu drama é outro. Apenas não acho uma roupa bonita por um preço razoável. Entendam, um vestido que provavelmente só vai ser usado uma ou duas vezes no máximo não pode custar 4 salários mínimos. Apenas não pode. Não pra mim. Não acho honesto pagar esse preço.

Nas últimas 2 semanas estive em mais de 20 lojas no Rio procurando por vestidos de festa… sem exagero: 20 lojas. Perdi tempo contando. Em poucas achei alguma coisa realmente bacana por menos de R$1000. Vocês podem questionar o meu gosto, dizer que estou indo a lojas caras demais, podem questionar que eu estou sendo exigente demais… Pode até ser, mas gente, por favor, 20 lojas. Nenhuma com um vestido bem bacana por menos de R$1000.

Sei que vestidos de festa são trabalhosos, exigem um material mais “fino”, mais caro e tal, mas poxa… Não estou procurando marca, não estou procurando renda francesa, não estou procurando bordados feitos a mão pelas virgens cegas… Só estou procurando ficar bem vestida no casamento de uma amiga. Não é pedir demais né?!

Os poucos vestidos que encontrei dentro do meu budget (que inicialmente era um, mas teve que aumentar dado o cenário trágico da minha busca) eram super simples (e até meio sem graça) ou estavam mega em promoção. Ainda assim, digo pra vocês que nenhum deles arrebatou meu coração. Gastar uma grana dessa num vestido que a gente nem amou… dói o coração e o bolso, e desanima demais.

Falei sobre isso no snapchat e me sugeriram o aluguel de vestidos, pois bem, eu até tentei mas 99% das lojas de aluguel não faz ajustes ou seja, uma pessoa que mede 1,57 (eu!) tem dificuldade de encontrar alguma coisa que não precise de ajustes… Além disso, assumo que tenho um pouco de receio de alugar vestidos longos pois depois de umas biritas fico com medo de ficar meio “loka” na festa e acabar estragando o modelito.

Enfim, fica meu desabafo. Imagino que assim como eu muita vocês devem passar por isso. Outras, talvez, tenham alguma indicação maravilhosa de loja para eu comprar um vestido. Ou ainda tenham uma palavra de conforto para o meu coração partido de madrinha. haahahahah #dramaqueen

UPDATE: Na 23ª loja encontrei um vestido que eu amei. Foi acima do que eu queria gastar, mas pelo menos arrebatou meu coração, é lindo de morrer e super adequado pra ocasião. Em breve, look do dia para vocês! =)

IMG_8778Sábado passado fui madrinha de um casamento muito especial para mim. O casal é muito querido e queria uma roupa especial para ocasião. O problema é: resolvi que ia comprar na viagem e não achei nada que eu gostasse de verdade por lá. Ou seja, cheguei aqui faltando 15 dias para o casório e sem vestido (carinha de pânico!).

IMG_8773 IMG_8776Antes de panicar geral passei em várias lojas e não achei nada como eu queria e dentro da minha faixa de preço… até que achei esse vestido em uma lojinha em Ipanema. Curti bastante e acho que por ser mais fluido, leve, posso usar em outros casamentos também… ponto pra ele!

Como o vestido não tem muita coisa, resolvi complementá-lo com uma clutch brilhosa da Acessorize e a sandália nude da Constança Basto. As jóias são de família. Escolhi a esmeralda para dar um tchan a mais e sobresair ao vestido, sabem?! Não queria aquela coisa tom sobre tom. Queria uma coisa mais chamativa. Acho que o brinco e o anel deram esse efeito.

IMG_8786IMG_8790Para a maquiagem, pedi para a Beth (que fiz minha meu cabelo e make) fazer um olhão esfumado marrom com dourado, um delineado suave e muito cílio. Usei o batom Lip Maestro que comprei agora na viagem, porque não queria uma cor que gritasse demais com a cor do vestido, que já era bastante chamativa. No cabelo, ela preparou um coque lateral bagunçadinho com a franja mais soltinha. Fiquei MUITO satisfeita com o todo e acho que a produção ficou bem linda para esse casório especial.

Ah! Meu marido estava de gravata borboleta porque esse foi o traje escolhido pela noiva para os padrinhos. Muito legal! =)

Gente, é de cair o queixo. Mesmo. A coleção da Patricia Bonaldi para o próximo verão está um arraso. Super a cara das peças dela mesmo. Muito bordado, rendas, aplicações de pérolas, cores, e aquele estilinho romântico que ela sabe passar muitíssimo bem. Uma lindeza só. Tudo isso ficou ainda mais lindo ornamentado pelo tradicionalíssimo Copacabana Palace, local onde o desfile foi realizado na manhã de ontem.

O desfile organizado para 350 pessoas contou com a produção de Carlos Pazetto, bambambam da área, que criou uma decoração clean, uma longa passarela que cortava os dois salões que acomodaram os convidados. Foram apresentados 80 modelos das marcas PatBo e Patricia Bonaldi. Todos com alguma inspiração étnica aplicada ao estilo da estilista, com muito romantismo, delicadeza nas peças e rendas.

O brilho do carrossel de um parque de diversões e a cartela de cores em tons pastel são destaque. Eu fiquei encantada com o trabalho da mineira e já coloquei algumas várias peças na minha wishlist imaginária em especial as camisas com golas e punhos bordados e os mini-vestidos. Fiquei totalmente apaixonada. Carol Buffara, uma das sócias da Nag Nag, me garantiu que a coleção estará todinha a venda em sua loja muito em breve. Oba! (No site das marcas é possivel encontrar outros pontos de venda em todo o Brasil).