O ano de 2016 mal chegou na metade e já está na hora de pensar no que vem por ai. Como planejar, programar e pesquisar viagens é um dos meus programas favoritos fiz uma pequena seleção de cinco destinos que acho que vão bombar ano que vem.

Esses são locais que já começaram a aparecer mais nas redes sociais (olha o instagram deixando todo mundo com água na boca!) e na mídia especializada de turismo, por isso, vêm atraindo a curiosidade e o interesse dos viajantes. 2017 será um ano especial para esses destinos e uma ótima oportunidade para você conhecê-los. Eu já marquei de conhecer pelo menos um deles, alguém ai adivinha qual!?

1. Rússiamoscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 15O maior país do mundo está mais atraente do que o normal de uns tempos para cá. Com a desvalorização da moeda e com as chamadas constantes sobre o país quando falamos de Copa do Mundo, os viajantes estão curiosos e dispostos a enfrentar a barreira da língua para conhecer as grandes cidades russas.

Para quem vai pela primeira vez ao país, Moscou e São Petersburgo são paradas obrigatórias. E se a língua te preocupa, a blogueira conta que não há motivos para preocupação. “Em todos os pontos turísticos é possível falar inglês e com o crescimento do turismo brasileiro por lá é possível até encontrar alguns serviços como motoristas e guias que falam a nossa língua”, contou. Nada mal né? | Se quiser dicas dá Rússia, dá uma olhada aqui.

2. Jamaica

coisas-que-amamos-jamaica-destinos-2017-1Usain Bolt saiu do Brasil mas com certeza deixou a sua marca por aqui e não foram só seus recordes olímpicos. Muita gente ficou com a pulga atrás da orelha querendo conhecer melhor o país de Bob Marley e do maior corredor do mundo.

Se descansar é o que você precisa, sem dúvidas a Jamaica é bom destino pra você. Praia, mar azul, boa comida e muito reggae. Isso não falta por lá. Não deixe de incluir no seu roteiro uns dias em Negril, Ocho Rios e Port Antonio. Sem dúvidas são os points para os turistas que querem conhecer as belezas naturais e as praias da ilhota caribenha.

3. Cuba

coisas-que-amamos-cuba-destinos-2017-2Enquanto os Estados Unidos se aproxima de uma reconciliação com o país os turistas correm para conhecer a ilha e toda sua essência. Como ela fica a poucos quilômetros da costa dos Estados Unidos os turistas temem que a essência cubana se perca.

Comece sua viagem por Havana e siga para relaxar nas praias de mar calmo e cristalino. Havana fica a pouco mais de 2h da capital e é o local com mais estrutura hoteleira e conforto da parte de praias do país. Mas se você quer conhecer um local menos turístico e tão incrível quanto  Varadero, procure por Cayo Largo ou Cayo Santa Maria. São ilhotas próximas a costa que tem aquele mar de cair o queixo e quase nenhum turista.

4. Catar/Doha

coisas-que-amamos-doha-destinos-2017Nada como uma companhia aérea ser eleita a melhor do mundo para que seu país de origem ganhe algum (ou muito) destaque no ramo turístico, não é mesmo? Depois que a Qtar foi eleita a melhor companhia aérea do mundo em 2015, Doha, a capital do país que leva o mesmo nome da companhia se tornou o centro das atenções no Oriente Médio.

A cidade, que é super moderna, merece sua atenção. Se você nunca esteve em um local como Doha, não deixe de conhecer o mercado (conhecido como Souk) e o museu de arte islâmica. O calçadão e a cidade toda iluminada a noite são outros dois itens imperdíveis por lá. Outro ponto positivo são os diversos vôos diretos saindo das capitais brasileiras. Boa opção pra quem quer conhecer o outro lado do mundo.

5. Tanzânia

Resultado de imagem para tanzâniaÁfrica? Pois é! A blogueira garante que 2017 será o ano da Tanzânia. O país até pouco tempo era pouquíssimo visitado pelos turistas e agora está começando a subir no conceito e se tornando o número 1 da África. Como ele fica num ponto mais central, é possível combinar a viagem para Tanzânia com diversos outros pontos de destaque como África do Sul, Ilhas Maurício e Victoria Falls.

Se você é aventureiro pode fazer um safari e depois fazer alguma trilha ou até escalar o Kilimanjaro (o monte mais alto da região). Se você é viajante que gosta de luxo e conforto, não pense que a Tanzânia não é pra você. Além da tendência de glamping (camping com luxo e glamour) para aqueles que querem fazer o safari, em Zanzibar ilha que faz parte do país, você encontra hotéis super luxuosos e perfeitos para quem quer descansar durante alguns dias na frente de um mar turquesa.

E ai? Ficou com água na boca morrendo de vontade de conhecer algum desses destinos? Eu assumo que sempre sofro na hora de decidir a minha próxima viagem e vários desses destinos já estão na minha lista, afinal, de todos esses, só conheço a Rússia (por enquanto).

Fotos de divulgação.

comissão booking hotel minicomissão real seguro minicomissão rentcars carro mini

01
set 2016

CqA TV: Moscou

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 28Opa! Mais um video da Rússia, dessa vez, mostrando um pouquinho mais de Moscou. Eu ameeei a cidade, engraçado que isso está longe de ser uma unanimidade. Mas talvez nesse video eu consiga mostrar um pouco mais desse lugar que eu achei incrível e totalmente encantador. Talvez com ele vocês entendam o porque da minha adoração.

Edição: Julia Zettel (juliamzettel@gmail.com)

Curtiram? Eu fiquei morrendo de vontade de voltar pra lá vendo esse vídeo, relembrando de pequenos detalhes que eu já tinha até me esquecido, revendo as paisagens, as cores e os lugares.

Realmente Moscou foi uma cidade que me marcou. Espero que tenha conseguido mostrar um pouquinho mais pra vocês nesse vídeo. Quem quiser mais detalhes ou dicas é só clicar aqui e ir direto para o post da cidade.

IMG_6328Eeeeeeee! Começaram os videos dessa minha última viagem. Rússia e Croácia. Vocês estão preparados? Eu tô muito animada para ver todos eles prontos. Assumo que as vezes me esquecia de filmar e por isso alguns videos vão ficar pequenos, mas ainda assim, acho melhor colocar os pequenos e mostrar para vocês esses lugares incríveis de um outro ponto do vista do que não colocar nada, não acham!?

Vou preparar os videos pela ordem que visitei as cidades, então, o primeiríssimo será São Petersburgo, na Rússia. Nesse vídeo vocês vão ver um pouquinho de cada um dos lugares que visitamos, os looks de viagem (coisa que muitas de vocês pedem para ver), as minhas impressões desses lugares…

Edição: Julia Zettel (juliamzettel@gmail.com)

E ai? Gostaram? Ficaram com vontade de conhecer São Petersburgo? Eu assumo que já vi e revi esse vídeo várias vezes. Adoro mesmo fazer isso e acho que é uma recordação incrível da viagem. Mas isso já foi assunto pra outro post, né!? Um detalhe… repararam que gravei um pouquinho do Lago dos Cisnes? Fiquei morrendo de medo de ser pega fazendo isso, mas agora, olhando no vídeo, acho que valeu o risco hein! hahahahah

Se vocês gostam desse tipo de vídeo e querem que eu continue fazendo não esqueçam de curtir clicando no joinha e claro, de se inscrever no canal. Assim, vocês tem acesso primeiro ao conteúdo publicado por lá e claro, fica por dentro de tudo que rola no CqA TV.

04
jul 2016

Moscou | Rússia

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 64Sabe aqueles lugares que são tipo ame ou odeie? Então, acho que Moscou é assim. Fui com expectativas baixas pois pouca gente que eu conhecia tinha gostado. Quando cheguei lá fiquei em estado de choque. Amei tanto, tanto, tanto Moscou que não consigo entender o porque dessas pessoas não terem visto a cidade incrível que eu vi e vivi.

Ao mesmo tempo que é uma cidade grande, tem seu “quê” de cidade europeia pequena. Tem história para todos os lados e para todos os gostos. Consegue ser uma cidade jovem e ao mesmo tempo antiquíssima. Essas dualidades me encantaram em Moscou e a cidade arrebatou meu coração. Taí uma cidade que me deixou apaixonada.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 4A cidade

Moscovo (português europeu) ou Moscou (português brasileiro) é a capital, cidade e subdivisão federal mais populosa da Federação Russa. A cidade é um importante centro político, econômico, cultural, científico, religioso, financeiro, educacional e de transportes da Rússia e do continente. Moscou é a megacidade mais ao norte na Terra, a segunda cidade mais populosa da Europa, atrás apenas de Istambul, e a sexta cidade mais populosa do mundo. Sua população, de acordo com os resultados de estatísticas federais, já ultrapassou os 12 milhões. Com base na lista de 2012 da Forbes, Moscou tem a segunda maior comunidade de milionários do mundo.

Moscou está situada sobre o rio Moscova, no Distrito Federal Central da Rússia europeia. No curso de sua história, a cidade serviu como capital de diversos Estados, como da Moscóvia medieval, do subsequente Czarado da Rússia e da União Soviética. Durante a Guerra Fria, Moscou foi o centro do chamado Bloco do Leste. A capital também é a sede do Kremlin, uma antiga fortaleza que é hoje a residência do presidente russo e sede do poder Executivo do governo da Rússia. O Kremlin é também um dos vários Patrimônios da Humanidade na cidade. Ambas as câmaras do Parlamento russo, a Duma e o Soviete da Federação, também estão sediadas em Moscou.

A cidade é servida por uma extensa rede de trânsito, que inclui quatro aeroportos internacionais, nove terminais ferroviários e uma das maiores redes de metrô do mundo, e que perde apenas para Tóquio em termos de número de passageiros e reconhecido como um dos marcos da cidade devido à arquitetura rica e variada de suas 185 estações. (Fonte: Wikipedia)

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 35moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 61

Sem Título-1

Opa! Várias dessas informações são iguais as do post de São Petersburgo, mas não pule tudo sem ler porque algumas delas foram alteradas para se adequarem as dicas de Moscou.

Vistos

Quer uma boa notícia? Brasileiros não precisam de visto para visitar a Rússia. A única exigência é que o passaporte esteja com no mínimo 6 meses de validade (a partir da data que você deixar o país!).

Se você tem dupla cidadania, vale verificar se seu outro país precisa ou não de visto. Eu tenho cidadania italiana, por exemplo, e 100% das vezes que vou pra Europa uso meu passaporte italiano pra entrar. Dessa vez não. Italianos precisam de visto para entrar na Rússia. Então fui com o brasileiro mesmo e deu tudo certo.

Clima

Como vocês sabem a Rússia é naturalmente um país frio. Eles mesmos dizem que tem 6 meses de inverno no ano, um mês de verão e o resto de temperatura mais amenas. Escolhi conhecer no final de maio exatamente pra tentar aproveitar essas temperaturas não tão baixas.

Moscou tende a ser mais quentinha que São Petersburgo e foi exatamente isso que vivemos durante esses dias por lá. Pegamos em média 23º durante o dia, que foi excelente. De manhã cedinho e a noite a temperatura caia um pouco mas nada que um casaquinho leve não pudesse resolver. Temperaturas perfeitas!

De novembro a março acontece o inverno, e mesmo quem não conhece a Rússia sabe da fama que o país tem por seu inverno rigoroso. As temperatura chegam facilmente a -10º.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 24Quando ir

Acho que durante esses meses mais amenos como: maio, junho, setembro e outubro, o clima fica especialmente gostoso (e a cidade um pouco mais vazia pois não está na alta temporada ainda). Logo, acho que são bons meses para se visitar o país.

Assim como em São Petersburgo, minha sugestão é: evitem os feriados locais. A cidade fica mais cheia, alguns monumentos fecham, a prefeitura organiza eventos na cidade e lota praças e avenidas e etc. Não é muito legal.

O inverno é uma estação que a grande maioria dos turistas evita por conta do frio intenso, eu pessoalmente, acho que a cidade deve ficar lindíssima toda nevada e fiquei com MUITA vontade de ir no inverno para ver tudo branquinho.

Como chegar

Moscou é a capital da Rússia, chegar e sair de lá é bem fácil. Pra começar você tem quatro aeroportos internacionais além de uma ampla rede de trens e ônibus. Ou seja, chegar lá é bem fácil.

O principal aeroporto internacional é Domodedovo (DEM). Diversas companhias aéreas pousam por lá, portanto opções não faltam. As principais são: TAP (com escala em Lisboa), Alitália (com escala em Roma), Air France (com escala em Paris), KLM (com escala em Amsterdam), British (com escala em Londres), S7 Airlines eAeroloft, que são russas.moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 53


De trem

Como eu estava em São Petersburgo, optei por ir para Moscou de trem. Além de ser mais barato quando eu comprei as passagens, me pareceu uma opção interessante e diferente. Adoro esse tipo de experiência, acho que agrega muito valor a viagem.

Escolhi ir de trem-bala. São 635km entre as duas cidades e o trem vai a mais ou menos 170km/h, ou seja, apenas 4h no SAPSAN. A viagem é super confortável, o trem tem vagão restaurante, banheiro, wifi, a cadeira reclina super bem e você pode ir cochilando tranquilamente.

Comprei os tickets ainda no Brasil pelo site da Russian Trains e tive uma ótima experiência. O site é super fácil de entender e se você tiver algum problema ou dúvida, eles te atendem por e-mail em inglês. Depois que você finaliza a compra, já recebe os tickets por email para imprimir e levar na hora. Super seguro. Pode comprar sem medo.


Seguro viagem

Diferente da maioria dos países da Europa, a Rússia não exige que o turista tenha um seguro saúde na hora de ingressar no país. Porém, como já falamos diversas vezes por aqui acho extremamente importante estar assegurado quando viajamos. Na Rússia acho ainda mais importante pois fora do locais mais turísticos a grande maioria das pessoas não fala inglês e não consegue se comunicar com a gente. Imagina precisar lidar com isso num hospital ou clínica médica. Seria bem ruim.

Eu sempre recomendo que vocês façam um orçamento com o comparador de preços e coberturas da Real. Eles são parceiros do blog e eu sempre utilizei os serviços e nunca tive problemas.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 63Alfabeto/Língua

Comunicar-se na Rússia pode ser uma tarefa difícil. Por lá, eles não utilizam o mesmo alfabeto que a gente. O alfabeto deles é o alfabeto cirílico, que foi inspirado no grego e no hebraico. Ele parece ser uma mistura do nosso alfabeto com alguns símbolos com o Pi e o asterisco.

O inglês é amplamente falado nas partes turísticas da cidade. Nas atrações, hotéis, restaurantes… porém, fora disso, você terá dificuldade de se comunicar. Poucas pessoas falam a língua e várias delas quando falam, falam muito mal e você mal consegue entender o que está sendo dito. Portanto, minha dica é: ande sempre com o cartão do seu hotel escrito em cirílico e tenha anotado todos os endereços que você quiser também em cirílico, isso facilita muito caso você precise se comunicar fora do bafafá turístico.

Alfabeto cirílico ou russo como também é conhecido. | Fonte: Vontade de Viajar

Moeda

A Rússia não faz parte da zona do euro e sua moeda corrente é o Rublo (RUB). Pra vocês entenderem mais ou menos como funciona, atualmente a conversão é assim: 1 rublo = R$ 0,05. ou 1 euro = 73 rublos.

Isso significa que a Rússia é cara? Não necessariamente. Pessoalmente não achei um país baratinho, mas não chega nem de perto um país super caro. Claro que depende da sua programação, mas em geral, as atrações turísticas são super compatíveis com os outros países da Europa e as diárias de hotel também.

Quanto tempo ficar

Sou suspeita para falar pois amei Moscou. MUITO! Então queria ter ficado mais tempo por lá. Mas acho que ficando 3 dias inteiros você vai conhecer bastante da cidade sem ficar naquele corre corre. Lembrem-se que Moscou é uma cidade grande, portanto, se locomover entre as atrações exige algum tempo.

Mas como sempre digo, acho que isso pode variar muito de viajante para viajante. Depende do seu ritmo de viagem. Calcule quanto tempo você gastaria nas principais atrações, quanto tempo você precisa para descansar, quantos lugares você faz questão absoluta de ir e conhecer… Isso tudo vai interferir diretamente no tempo que você precisa para ficar na cidade.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 62Segurança

Apesar de ter lido algumas coisas sobre a segurança na Rússia como um todo, assumo que achei um tanto quanto exagerado os relatos que vi. Achei a cidade super segura pra qualquer pessoa, homens, mulheres, crianças… sem discriminação. Saía a noite com a máquina pendurada no pescoço e não percebia nenhum olhar diferente, não reparei em nada suspeito e não vi nada que me remetesse a qualquer risco ou insegurança por lá.

Claro que como em qualquer cidade grande é necessário tomar cuidado com a bolsa, manter sempre fechada, ficar atenta em locais com grande concentração de pessoas… pick pockets existem, claro, e com eles devemos tomar cuidado. Mas nada diferente do que costumamos fazer em qualquer cidade grande.

Uma atenção especial aos policiais. Li muito que deveria evitar ao máximo ter qualquer contato com eles pois eles usavam o nosso desconhecimento com a língua para tirar vantagem, exigir propina e coisas desse tipo. Acabei não tendo mesmo contato com eles, portanto, não sei se foi uma recomendação exagerada ou não, mas na dúvida achei melhor avisar por aqui.

Como se locomover pela cidade

Minha maior recomendação é: ande, ande muito. A cidade é linda e você vai conhece-la muito melhor se estiver a pé. Fora isso, usei bastante o Uber. Dessa forma você evita qualquer problema de comunicação e língua com o motorista (que 100% das vezes não falava inglês). Além disso, o preço é no esquema “taxímetro” e por isso não precisa ficar negociando a corrida.

Usei muito o Uber por lá. Em geral peço o UberX, mas identifiquei que o Uber Black chegava muito mais rápido (pois existem muito mais carros dos modelos melhores – os homens são tarados por carro por lá e por isso os carros são melhores) e a diferença de preço era muito pequena entre eles.

separadores viagem

Onde ficar

Acho que se hospedar bem em Moscou é fundamental para curtir a cidade. Como é tudo muito grande por lá, acho super válido ficar na região do Kremlim/Praça Vermelha. Além de ter tudo perto, a pé, por ali você tem restaurantes, turismo, metrô, lojas e muito mais. Sem falar que tá muito bem localizado e num bairro mais ou menos central para o turismo.

Eu me hospedei no Peter 1, um hotel 5 estrelas (que tem jeito de 4 estrelas) bem pertinho da Praça Vermelha. Em 10/15 minutos de caminhada já estávamos lá dentro. Ótima localização. Apesar das estrelas do hotel não é um hotel hiper luxuoso não. Escolhi ele pela localização e pelo custo x benefício. Acho que valeu a pena.moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer onde ficar 1 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer onde ficar 2Assumo pra vocês que fiquei embasbacada com o Four Seasons de Moscou. Quero voltar pra me hospedar lá. Ele não fica perto da Praça Vermelha, ele tá praticamente dentro dela. Tipo, super colado meeeesmo. E não preciso nem dizer que o hotel é muito top né?! Visitei os quartos e são super confortáveis, restaurantes maravilhosos e claro, a localização perfeita.

Ainda bem pertinho e seguindo a linha hotéis mais luxuosos e caros você tem o Park Hyatt Arat, o Ritz Carlton (que tem um rooftop mara), o Metropol (que também é beeem pertinho), National e o Savoy.

O Sputnik Hostel é uma opção bem localizada e econômica na cidade

Se você quiser hotéis mais simples e com preços melhores, olhe o D-Hotel Tverkaya, Kamergersky, Sputnik Hostel (com boas opções de quartos duplos e ótima pedida para ir com os amigos), Akvarel Hotel e Kyznetskiy Inn. Eles também estão nessa região que acho ótima e tem preços mais baixos.

comissão booking hotel grande

O que fazer

Moscou é uma cidade enorme, super antiga e lotada de história. Atrações e atividades não faltam para preencher os seus dias por lá. Passei 2 dias e meio lá e consegui fazer bastante coisa, mas teria ficado 3 dias inteiros (e noites também!) para curtir um pouco mais da cidade e para conhecer algumas poucas coisas que não tive tempo. Meus dias ficaram assim:

Dia 1: Tour no metrô + Moscou at night (meio dia)
Dia 2: Tour panorâmico + Passeio de barco
Dia 3: Kremlim + Bunker 42

Fizemos tudo com muita calma, passeando, parando para curtir os lugares, os bares/bistrôs/restôs que encontramos no caminho. Passeamos, andamos muito e curtimos de verdade a cidade. Ficaria mais meio dia para completar 3 dias inteiros por lá. Adorei a cidade!


Guia:

Como falei no post de São Petersburgo, ter um guia em uma cidade como Moscou é totalmente fundamental. Além de te ajudar a se deslocar por locais mais distantes e te explicar o funcionamento da cidade, o guia te conta tudo sobre a história daquele lugar. Uma cidade tão rica em história como Moscou não pode ser vista sem um guia. Nossa guia foi a Maria, que fala português super bem e passou uma manhã inteira com a gente mostrando ponto a ponto da cidade e contando tudo sobre a história de lá.

Maria Basova
mariabasova@hotmail.com
Whatsapp: +7 9057819856

Fizemos o tour guiado com a Maria e o esquema foi o mesmo de Peters. Ela nos pegou no hotel com um motoristas e fomos passeando pela cidade de carro, parando nos pontos mais distantes, descendo, tirando fotos, contando histórias e aprendendo mais e mais sobre essa cidade incrível e sua história.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer metrô 13Combinei com a Maria um descontinho para vocês. 10% off no valor do tour (ou da programação de vocês) para quem falar pra ela que é leitor do Coisas que Amamos e pegou a indicação aqui. Eeeee! =)


  • Tour nas estações do metrô

Esse foi o primeiro passeio que fizemos. Infelizmente fizemos sem guia, mas teria sido ótimo fazer com a Maria. O concierge do hotel me deu algumas dicas de estações interessantes para ver e eu já tinha alguns outros nomes anotados que queria conhecer. Então fomos na cara e na coragem conhecer sozinhos o metrô de Moscou, nos nossos primeiros minutos pela cidade. E querem saber… foi ótimo e bem mais fácil do que eu esperava.

Uma curiosidade interessante: o metrô de Moscou é um dos maiores do mundo, mas apesar da língua diferente é super tranquilo se entender nele. Os prefeitos da cidade tem como obrigação continuar expandindo as linhas, criando novas estações e levando o metrô a lugares que ele ainda não chegou. E não basta fazer uma nova estação, tem que fazer uma nova estação bonita, luxuosa (claro que não tanto como as antigas) e que faça o usuário se sentir bem estando ali.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer metrô 10moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer metrô 14Outra curiosidade sobre o metrô é a linha circular marrom. Dizem que quando o metrô começou a ser construído, o engenheiro levou o projeto para aprovação do Stálin e quando voltou para ele Stálin tinha feito essa linha circular. Apesar de estranhar, ordens são ordens. Porém, dizem que a linha marrom nada mais é do que a marca da xícara de café que Stálin apoiou no projeto. Será!?

Para comprar os tickets é bem tranquilo. Nesse passeio, não saímos das estações, apenas passeamos por ela, por isso um único ticket é suficiente para você conhecer todas as estações que desejar. Compramos o ticket na bilheteria mesmo (achei a máquina mais difícil) sinalizando quantos queríamos para a atendente e pronto. Foi tranquilo. E não, ninguém falava inglês por lá. Dica: O metrô de Moscou tem um app. Eu baixei e não senti necessidade de usar nenhuma vez, mas se você prefere ter tudo na palma da mão, pode ser uma opção. Ah! O metro tem wifi.

moscou russia mapa do metro coisas que amamos dicas viagemEsse foi o nosso roteiro no tour…

Começamos na Teatralnaya, pois era a estação mais perto do nosso hotel. Seguimos para a Mayakovskaya. Um das estações mais simples que você vai ver nesse tour e ainda assim ficará impressionado. Ela tem 33m de profundidade e chegou a ser usada como abrigo na época da guerra. Três anos depois de sua inauguração foi palco para um grande discurso de Stálin sobre o Outubro Revolucionário que levou milhares de pessoas a estação.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer metrô 7moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer metrô 6De lá seguimos para Belorruskaya, a estação que homenageia a Bielorússia, o país mais afetado pela guerra. A decoração é cheia de mármores brancos e vermelhos e o símbolo do comunismo está presente em vários pontos. No final dessa estação você encontra um busto de Lênin em ferro fundido.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer metrô 5moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer metrô 9Em seguida fomos para Novoslobodskaya, a estação que dá a sensação que você está bêbado. Não entendam mal, ela é lindíssima, mas seu design é tão incrível que parece que as paredes vão fechar em você. Ela é decorada com diversos vitrais. Inclusive, foram os vitrais que determinaram o design da estação. Eles foram colocados lá e o resto foi feito entorno deles. Legal né? No final da estação tem um moisaico maior chamado “Paz em Todo o Mundo” tinha a imagem de Stálin, e hoje, no lugar de seu rosto, tem o desenho das pombas da paz.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer metrô 8Prospekt Mira foi um engano da nossa parte. Descemos aqui sem querer e encontramos a maior escada rolante que já vimos em nossas vidas. Como a estação é uma das mais fundas de Moscou, com 50m de profundidade, a escada rolante tem que acompanhar isso. Depois de conhecer melhor a cidade percebemos que escadas imensas são super comuns por lá e várias estações são bem profundas e tem escadas assim.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer metrô 11 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer metrô 12

Por último a estação que achei mais bonita, a Komsomolskaya. A estação é conhecida por estar localizada sob o hub mais movimentado Moscou: Komsomolskaya Square, que serve terminais ferroviários Leningradsky, Yaroslavsky e Kazansky. A estação foi feita para impressionar os visitantes pois muitos trens de outros países chegavam no andar de cima dela. Como todas as estações, essa também tinha um tema: a Liga da Juventude Comunista, que lutava por liberdade e independência.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer metrô 1 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer metrô 2

  • Moscou à noite

Moscou também fica incrivelmente linda quando ilumina seus prédios históricos a noite. Claro, que eu não pude perder a oportunidade de ir a Praça Vermelha ver tudo aceso por lá. Realmente é de cair o queixo. A Catedral de São Basílio, o shopping GUM, o Kremlin, o Museu Histórico… tudo maravilhoso!

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer noite 1 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer noite 2 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer noite 3 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer noite 4

Dia 2

Começamos o dia fazendo o Tour panorâmico pela cidade com a Maria. Ela nos pegou de carro no hotel e começamos o passeio. Ela foi mostrando a cidade, prédios importantes, mudanças que a cidade sofreu, locais históricos, fazendo paradas para fotos e claro, contando toda a história dessa cidade tão grandiosa.

  • Universidade Estatal de Moscou 

Fica em uma das 7 irmãs de Stalin. Não entendeu nada? É assim que o prédio da universidade é conhecido. Ele é um dos maiores prédios construídos por Stalin para representar seu “governo”. Foram 7 prédios enormes, com arquitetura diferenciada das outros prédios da cidade e que podem ser vistos de quase todos os pontos.

O prédio da universidade é o maior das 7 irmãs e é lindíssimo e grandiosos, exatamente como Stálin gostaria que fosse. Ele fica bem em frente a um mirante que tem vista para toda a cidade e para o famoso Estádio Lujnik (que foi palco para as Olimpíadas da Rússia, aquela em que o ursinho Mischa chorou, lembram!?)

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 1 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 2

  • Convento Novodevichy

Também conhecido como Mosteiro Bogoroditse-Smolensky, é provavelmente o mais famoso e antigo convento da cidade. Ele fica um pouco afastado do centro, mas vale a visita. Ele fica na beira de parque, rodeado por um lago… é um visão bonita. Esse lago inclusive, se chama Lago dos Cisnes pois dizem que foi na beira dele que Tchaikovsky escreveu o famoso balé.

Mas além da beleza, o convento chama atenção pelo principal motivo pelo qual foi construído. Como antigamente os homens e as mulheres não podiam se separar, o pai de Ivan, o Terrível, mandou construir o local para que ele pudesse enviar sua mulher, e então, casar-se novamente. Vários czares e homens da realeza fizeram isso, assim, ficavam livres de suas mulheres entregando-as para Deus e podiam se casar de novo.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 3

  • Parque Gorky e Muzeon – Parque das Artes

Depois de visitar o convento seguimos para o Parque Gorky e para o Parque das Artes. Passeamos pouco pelo Gorky pois sabíamos que voltaríamos para o passeio de barco, e seguimos para o Parque das Artes. Lá, além de ver as diversas esculturas e obras que estão disponíveis ao ar livre para todos, você tem uma excelente visão do monumento gigantesco a Pedro, O Grande.

Atualmente o Parque tem mais de 700 obras disponíveis e mais de 200 armazenadas. Por lá é possível ver esculturas relacionadas ao comunismo, a história política da Rússia e também esculturas mais modernas e atuais. Vale dar uma passada para conhecer.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 5 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 6 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 9 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 7

  • Catedral de Cristo Salvador

De lá seguimos andando até a Catedral de Cristo Salvador e foi ótimo fazer essa parte do caminho a pé, além de ver uma parte de Moscou que é menos turística, mas super frequentada pelos locais (principalmente a noite), fizemos fotos lindas da igreja e do Kremlim.

A catedral Cristo Salvador é considerada um ícone do renascimento cristão ortodoxo na Rússia. Ela é um marco na cidade, não apenas por sua grande beleza, mas também por sua história  que começa logo após a vitória do exército russo sobre as forças napoleônicas, quando o então imperador russo Alexandre I decidiu construir a catedral em homenagem aos seus soldados mortos.

Durante o comunismo a igreja foi bombardeada pois ela era considerada um símbolo do Império Czarista. Os comunistas queriam construir no local o Palácio dos Sovietes. Esse palácio deveria ter uma torre de 400 metros de altura e no topo dessa torre uma estátua de 98 metros do Lênin. Mas, devido a dificuldades técnicas, o projeto nunca pode ser realizado. Porém, foi decidido a construção e entre e 1958 e 1960 foi construído uma enorme piscina pública, a Piscina Moskva, que funcionou até 1994.

Nos anos 90, após a queda da URSS, o Patriarcado de Moscou liderou um movimento para reconstrução da catedral. Após muita luta do patriarcado, com apoio da sociedade, o governo pós comunismo apoiou a ideia. A catedral foi reinaugurada em 2000, idêntica à catedral original.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 11 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 13 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 12 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 10

  • Praça Vermelha

É sem sombra de dúvidas a praça mais importante de Moscou. É lá que fica 90% dos pontos turísticos da cidade e é onde tudo acontece. Lá você encontra o Kremlin propriamente dito, a Catedral de São Basílio, a Igreja de Kazan, o Mausoléu do Lênin, o shopping GUM…

O nome da praça nada tem a ver com o vermelho dos prédio do entorno ou tampouco com o comunismo, mas por que a cor na linguagem russa antiga significava beleza. Ela realmente é linda e muito imponente. Você quase não enxerga de um lado ao outro dela.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 14– Catedral de São Basílio

O ponto turístico mais emblemático de Moscou. O castelo de sorvete. A igreja colorida. Ou, pra mim, uma das igrejas mais lindas do mundo. Ela terminou de ser construída em 1561, a mando de Ivan, o Terrível , para comemorar a tomada das cidades Kazan e Astracã.

Pouca gente sabe que na realidade essa catedral não é apenas uma igreja, mas sim a reunião dez mini igrejas em um único espaço. Dentro dela é bem diferente de tudo que a gente conhece como igreja. Não é amplo e espaçoso com um grande altar em uma das extremidades, mas sim vários pequenos corredores e escadas interligando as pequenas capelas internas.

Ivan ficou tão maravilhado com o resultado final que mandou cegar o arquiteto Postnik Yakovlev (que criou a igreja), para evitar que ele fizesse outra edificação tão incrível como a Catedral de São Basílio para outra pessoa.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 15 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 18 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 16 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 17moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 19Um dos corredores na parte de dentro da Catedral | Foto: Hole in the Donut

– Mausoléu do Lênin

É o local onde está guardado e exposto o corpo do líder fundador da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, Vladimir Ilitch Ulianov, também conhecido como Lênin. O mausoléu é todo em vermelho e preto, representando o sangue e o luto, respectivamente e com uma pirâmide de mármore em cima.

O local é vigiado dia e noite pelo batalhão presidencial, porém fica aberto para visitações todos os dias, exceto segundas e sextas, das 10h às 13h. Organize-se pois o ideal é ver o mausoléu num dia e o Kremlim em outro dia. Durante a visita você, principalmente no momento em que passa pelo corpo embalsamado, você não pode rir, não pode falar, não pode fotografar… tudo em respeito ao grande lider russo.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 20 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 21 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 22O corpo fica exposto no mausoléu, mas não é permitido fotografar | Foto: Scientific American 

– Igreja de Kazan

Após a recuperação de Moscou do Tempo de Dificuldades, o príncipe Dmitry Pozharsky mandou construir a igreja em homenagem a Virgem de Kazan, para quem ele tinha orado em várias ocasiões durante a guerra. Em 1936, quando a Praça Vermelha estava sendo preparado para a realização dos desfiles militares Stálin ordenou que a praça ficasse livre da igreja e a derrubou. Após a queda da União Soviética, ela foi completamente reconstruída e em 1993 voltou para sue local de origem, na Praça Vermelha, bem ao lado da Porta da Ressurreição.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 23Acreditam que não tenho uma foto que aparece a igreja!? Toupeira! | Foto: Chris

– Porta da Ressurreição

É a principal entrada para a Praça Vermelha. Ela foi reconstruída em 1995, é uma cópia idêntica da original de 1680 que foi demolida em 1931, a mando de Stalin, pois pela passagem que existe os tanques não conseguiam entrar na praça para os desfiles militares. A passagem possui alguns painéis em mosaicos e encostado a ela Capela da Virgem Migrélia.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 24 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 25– Shopping GUM

Um dos muitos shoppings de luxo de Moscou. Esse é super frequentado pelos turistas, afinal, está dentro da Praça Vermelha. Apesar de todos os seus detalhes e da beleza se sua arquitetura levou apenas 4 anos para ser construído. Na época, chamava atenção pelo “modernismo” de seu teto todo envidraçado.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 26Por favor, ignorem a cara de meio com sono meio exausta! hahahha

– Museu Histórico do Estado

Não conheci o museu por dentro, mas sem dúvidas esse foi meu prédio favorito na cidade. Fiquei completamente encantada com a beleza dele. Sua gama de exposições vai desde relíquias pré-históricas das tribos que habitaram o território russo até obras de arte inestimáveis adquiridas por membros da dinastia Romanov. Dizem que o número de obras disponíveis no museu fica na casa dos milhões.

Muita gente acha que foi ele quem deu o nome a Praça Vermelha, mas como eu já expliquei não foi. Porém, sem dúvidas, ele dá um charme todo especial a praça e ainda deixa as fotos muuuito mais bonitas com sua fachada em vermelho vibrante. Lindo demais!

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 28 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 29 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 27– Kremlim

(Esse passeio fiz na manhã do último dia, mas achei válido colocar logo aqui pra vocês.)

Kremlim em russo significa fortaleza e é exatamente isso que você vai ver, uma antiga fortaleza, que cerca uma mini cidade com igrejas, palácio, monumentos… e que hoje é usada como a sede do Governo. É lá que o presidente da Rússia, Vladmir Putin trabalha, e apesar dos boatos que dizem que ele mora lá, na verdade, por questões de segurança pouca gente sabe onde de fato é a residência dele.

O Kremlin de Moscou é uma das maiores fortalezas do mundo. Ele tem mais de 25 hectares e 20 torres em sua muralha. A principal é a Torre do Salvador (ou Torre Spasskaya). Continuando no sentido dos ponteiros do relógio, seguem-se as torres do Senado, São Nicolau, Arsenal do Canto, Arsenal do Meio, Trindade, Comandante, Armaria, Borovitskaya, Água, Anunciação, Segredo, duas torres sem nome, Beklemishev, São Constantino e Santa Helena, Alarme e finalmente a Torre do Czar. Em frente à Torre da Trindade, no exterior do Kremlin, situa-se ainda a Torre Kutafya. Ufa!

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 36 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 34 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 31 Como é a sede do Governo, só uma parte do Kremlin é aberta ao público. Nessa área você vai encontrar diversos monumentos abertos a visitação como: o Palácio do Arsenal do Estado, a Praça das Catedrais (com 9 igrejas abertas para visitação), Campanário de Ivan, o Terrível e outros.

Para entrar você precisa comprar o ingresso em uma bilheteria diferenciada mais afastada da Porta da Ressurreição. Minha dica é: compre pela internet na noite anterior. Eu não fiz isso, mas tive que chegar 1h antes para comprar meu ingresso, sabendo que corria o risco de não conseguir finalizar a compra. Opte pelo horário mais cedo possível. Quanto antes você chega, menos gente e menos muvuca você encontra. Não deixe de incluir o Palácio do Arsenal (Armoury Chamber) que é um dos lugares mais legais de visitar e, consequentemente, encarece o ingresso.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 33 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 32

  • Passeio de Barco no Rio Moskva

Quase não fiz esse passeio, mas no final achei que valeu super a pena. Como já tinha feito o passeio de barco em São Petersburgo fiquei na dúvida se seria legal fazer em Moscou também, mas como são passeios completamente diferentes, com paisagens completamente diferentes, achei interessante sim.

Peguei o barco do Hotel Radisson no pier do Gorky Park e  antes de embarcar fiquei ali curtindo a paisagem, vendo o ir e vir das pessoas, relaxando… um programa bem interessante. Aliás, esse parque é super lindo. Vale a visita.

Comprei meu ticket lá na bilheteria do parque mesmo, mas quase não consegui os ingressos, por isso, recomendo que vocês comprem pela internet, para garantir o barco para o horário que vocês realmente querem. Fiz o passeio de 1h30 e achei super suficiente. Ele passa pela Igreja do Cristo Salvador, pelo Kremlin, pelo monumento de Pedro, o Grande, em frente a uma das sete irmãs de Stálin…

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 37 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 38 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 39 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 40

Dia 3

Começamos o dia fazendo o passeio pelo Kremlin que falei acima. Almocei por ali mesmo no Bar BQ Café e depois segui para o Bunker 42.

  • Bunker 42

Acho que esse passeio foi um dos mais legais e surpreendentes que fizemos em Moscou. Não sei se estávamos com pouca expectativa, mas adoramos ter ido lá. Pra começar, esse bunker fica um pouco fora da zona turística da cidade, então, chegar já foi uma aventura. Fomos de metrô e chegando lá não sabíamos pra que lado seguir. Foi difícil conseguir instruções em inglês, na verdade, impossível, ninguém falava nada, mas com mímicas conseguiram nos indicar o caminho a seguir.

Quando chegamos no Bunker vimos uma porta de metal verde, fechada. Pensamos na hora que tínhamos perdido a hora e que o local estava fechado. Falamos em um interfone e nos mandaram esperar do lado de fora por alguns minutos. Comecei a achar estranho e a coisa ficou ainda pior quando entramos. O lugar era meio esquisito, frio, sem a menor cara de programa turístico… mas insistimos, compramos os tickets para o tour em inglês (tínhamos visto o horário no site) e começamos o tour.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 41 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 43Achei incrível a simulação de bombardeio…

O bunker, nada mais é do que um esconderijo anti bomba. Esse fica 18 andares para dentro da terra, ou seja, a 65m de profundidade. Ele tinha capacidade para manter mais de 600 pessoas ali por até um mês. Isso significa que eles tinham energia, água, comida e tudo que era necessário para sobreviver. Ele foi usado apenas uma vez, na época da Guerra Fria, quando descobriram as bombas atômicas em Cuba.

O passeio é bem interessante, você vai conhecendo vários ambientes dentro do bunker, entende como as coisas funcionavam na época, passa pela sala de controle, sala de armas, vê um míssil/bomba atômica de verdade e passa até por uma simulação de bombardeio quando está lá dentro. É bem interessante. Apesar de caro, achei que valeu muito a visita.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 42 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 44

Onde comer

  • White Rabbit (Smolenskaya Square., bld. 3, 16º andar)

Sem dúvidas o nosso restaurante preferido na cidade. Além de ser lindo, tem uma comida maravilhosa, o que já faz dele quase perfeito. Mas ele vai além, ele é mais do que lindo. Ele tem um clima super agradável, uma vista maravilhosa e recentemente foi eleito o 18º melhor restaurante do mundo. Mas sabe o que é ainda melhor? Ele não é absurdamente caro. É carinho, mas um carinho totalmente pagável para um jantar especial.

Ele fica no alto de um shopping de super luxo em Moscou e só aceita clientes com reserva. Minha recomendação é: vá num horário onde você consiga chegar de dia e ficar lá até anoitecer. A paisagem muda muito e é super bonito de ver, tanto de dia quanto a noite. Um restaurante imperdível. Reserve pelo site.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 47 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 48 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 49 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 46

  • Quadrum (Hotel Four Seasons – 2, Okhotny Ryad)

Essa foi uma super descoberta da viagem. Vocês sabem o quanto eu amo restaurantes com vista, mas estava com muita dificuldade de conseguir um bom restaurante com vista para a Praça Vermelha. Foi assim que conheci o Quadrum. O restaurante italiano fica no 2º andar do Hotel Four Seasons, de cara para a Porta da Ressurreição e com uma vista linda, claro. Já teria valido a visita só pela vista, mas pra deixar a noite ainda melhor a comida era incrível. O restaurante foi eleito um dos 50 melhores restaurante italianos do mundo. Não podia esperar nada menos, né?! Amamos!

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 50 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 52 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 51

  • Kalina Bar (Novinsky Boulevard, 8, 21º andar)

Esse restaurante é outra opção para quem gosta de jantar com lindas vistas. Ele fica no 21º andar do prédio Lotte Plaza e tem uma vista de quase 360º da cudade. Eu fui apenas para tomar uns drinks antes do meu jantar no Whitte Rabbit e achei super bacana. Como eles ficam praticamente um em frente ao outro, super dá pra fazer esse programa se você é como eu e adora experimentar e conhecer novos restaurantes e bares. Não esqueça de reservar.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 54

  • Café Pushkin (26-A Tverskoy Boulevard)

Um restaurante super tradicional em Moscou. Adorei ter ido conhecer. Assumo que quase deixei de lado pois o cardápio exclusivamente russo me deixou com pé atrás, mas no final valeu super a pena. Ele tem uma decoração super diferente, meio histórica. No andar de baixo você tem uma farmácia e no andar de cima, uma biblioteca. Bem interessante. O prato mais pedido da casa é o “russian degustation”, que nada mais é do que um prato com mini porções de comida russa. Alexandre pediu e amou. Eu fiquei morrendo de inveja. Estava realmente delicioso. Não esqueça de reservar pelo site.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 55 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 56

  • Bar BQ Café (Em frente ao Museu Histórico do Estado)

Esse restaurante foi um dos últimos que a gente experimentou na cidade. Seguindo a linha queremos comer bem e com vista, foi uma ótima opção. Apesar de ter uma carinha meio pega turista, pois fica bem em frente ao Museu Histórico do Estado, o estrogonofe de lá é delicioso. Eles tem várias opções de comidas internacionais, mas optamos pelo prato típico russo e adoramos. Super valeu comer essa delicia com a vista para o meu prédio favorito em Moscou.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 57

  • Bosco Café (Shopping GUM)

Um dos restaurantes mais indicados em blogs e sites. A localização dele é maravilhosa, isso é inegável, a comida também é muito. Mas achei caro demais pro que ele oferece. Ainda assim, pra um almoço relaxante dentro da Praça Vermelha (com vista para a Catedral de São Basílio), vale o estrogonofe que você come! hehehehe

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 59 moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 58

BÔNUS! O gerente geral do Four Seasons de Moscou é brasileiro e numa looonga conversa com ele, anotei os nomes de alguns bares super badalados e frequentados pelos locais que ele recomenda a visita. Anotem ai: Uilliams, Pinch, Keanu, Saxon Parole e Strelka Bar. Infelizmente só tive essa conversa com ele na minha última noite e não pude ir a nenhum deles, mas certamente iria se voltasse a Moscou.

Compras

Moscou é uma cidade grande e bastante luxuosa, ou seja, se o seu desejo é consumir marcas de luxo, você está no lugar certo. O que não faltam na cidade são opções para isso. Shoppings estão espalhados para todos os lados e você não vai se cansar de andar por eles.

  • Tretyakovsky Proezd: Uma pequena rua conhecida como uma das áreas de compras mais caras do mundo.
  • Stoleshnikov Lane: é rua pequenininha e charmosa onde estão localizadas vária slojas, desde fast fashions até grandes grifes.
  • Lotte Plaza: Shopping com ótimas marcas e preços mais acessíveis que o shopping GUM. No prédio do Kalina Bar e quase em frente ao shopping chiquérrimo do White Rabbit.
  • Shopping GUM: Bem no bafafá da Praça Vermelha.
  • Tsum/Star Fashion: loja de departamentos no centro de Moscou.
  • Leform: é uma mega loja atrás do hotel Marriot-Aurora, recheada de peças Dries Van Noten, Comme des Garçons, Martin Magriela, Y´s (Yohji Yamamoto) e 7 Dmitrovsky Pereulok. Pra quem quer uma coisa diferenciada.

moscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 30

fique ligado– Saia sempre do hotel com o endereço exato de onde você vai ou qual caminho seguir. Você não vai querer ter que explicar isso em mímicas no meio da rua.
– Tenha sempre em mãos o cartão do hotel com o endereço escrito em russo e o telefone deles. Em caso de emergência eles podem te socorrer fazendo uma tradução simultânea por telefone.
– Tenha sempre rublos, poucos locais aceitam euros como pagamento.
– Tenha uma programação mais ou menos organizada na sua cabeça. Como vários dos programas tem horário específico para acontecer, o ideal é você ir com isso já mais ou menos montado para não deixar de fazer algum programa por falta de organização.
– Fique atento que alguns locais cobram uma taxa extra para você tirar fotografias (é o caso do Bunker). Em geral o valor é baixo, e vale a pena pagar para garantir as fotografias.
– O metrô é bem mais fácil do que parece. Use e abuse dele. Você não vai se arrepender.
– Infelizmente não consegui ir ao Bolshoi e se você quer ir, recomendo que com MUITA antecedência você comece a pesquisar ingressos, ballets, preços e afins no site. Quando a bilheteria abre os ingressos esgotam rápido.
– Não pense que no frio a cidade não deve ser bonita… eu gostei tanto que fiquei com vontade de voltar um dia no invernão para ver as paisagens nevadas.
– Não menospreze Moscou. Ela vai te surpreender.

E ai? Gostaram? Eu me apaixonei perdidamente por Moscou. Tanto que eu voltaria fácil pra lá. Seja pra conhecer o que faltou, seja para ver a cidade toda nevada naquela friaca, seja para ir nos bares e restaurantes que eu não consegui ir… AMEI Moscou e não consigo entender o desprezo de algumas pessoas pela cidade incrível que eu vi.

Espero ter conseguido passar para vocês todo o charme da cidade e todo meu encantamento por lá. E claro, espero ajudar os próximos viajantes a organizar a viagem perfeita para Moscou e para Rússia. Para saber mais e ver mais posts sobre essa viagem é só clicar: tudo sobre São PetersburgoBelmond Grand Hotel Europe.

Meus posts da Rússia acabam aqui, mas minha vontade de voltar só aumentou conforme fui escrevendo tudo para vocês.