Toda vez que eu volto de viagem penso a mesma coisa: porque diabos eu não vim de carro e parei no estacionamento? É sempre aquele estresse de pegar taxi, chamar uber, correr para o embarque, carregar malas e sacolas para cima e para baixo… uma função chata e totalmente desnecessária, né!?

Aqui no Rio isso só não é pior porque o Galeão, o aeroporto internacional, não fica tão longe da cidade. Fico imaginando como fazer em São Paulo, já que Guarulhos é super afastado do “centro urbano”. Lá, não tem jeito, tem que ser de carro ou pagar uma grana para ir de taxi/uber. Ai vocês vão me dizer: “Ah Nathalia, mas estacionar o carro no aeroporto custa uma fortuna”. Sim e não. Vamos melhorar essa frase… parar o carro no aeroporto PODE custar ou não uma fortuna, depende de onde você estacionar.

Conheci recentemente o Ultrapark o estacionamento mais próximo do Aeroporto de Guarulhos. Eles cobram 65% a menos que o estacionamento que fica dentro do aeroporto e oferecem transporte 24hs para quem estacionar o carro lá. Prático né?

Além disso, você mesmo pode estacionar o seu carro e ter certeza de que ele está seguro pois a chave fica com você. Outra coisa bacana é que eles tem um sistema de segurança super forte que funciona dia e noite, além de câmeras com infravermelho que monitoram toda a movimentação do estacionamento.

Conversei com eles e o que eles me disseram foi que a ideia é ser um estacionamento diferenciado, com foco no cliente. E foi bem isso que eu percebi pelos serviços que eles oferecem. E não pensem que os serviços são só esses que eu citei… além de tudo isso, eles ainda tem um vestiário para o cliente tomar um banho, um lounge com café expresso e wifi, loja de conveniência e até transporte em carro blindado. Mas depois de tudo isso sabe o que eu achei mais legal? Depois de 7 noites com o carro parado por lá você ganha uma lavagem de cortesia no seu carro. Adoro esses mimos!

Quem quiser ir para Guarulhos e estacionar o carro por lá, já sabe… O Ultrapark fica ali pertinho e além de ser bem mais barato (as diárias começam em R$15,90!) é super mais fácil e prático do que ficar na função taxi/uber. #ficaadica para os viajantes de SP.

Ah! Tomara que eles resolvam abrir uma filial aqui no Rio para facilitar a minha vida e economizar a minha grana! hahahah.

Ultrapark Estacionamento Aeroporto Guarulhos
Rua Rio Vermelho, 32 – Vila Barros – Guarulhos / SP
(11) 2937-3817 | (11) 3456-5253 | (11) 2088-1333
contato@ultraparkgru.com.br
http://www.ultraparkgru.com.br/

Vocês acompanham por aqui todas as minhas viagens e sabem que apesar de amar ser econômica quando viajo, tem certos confortos que não dispenso. Ter um bom transporte entre o aeroporto e o hotel é um deles. Foi assim que conheci a Blacklane. Há alguns meses recebi um convite deles para conhecer o serviço e achei muito interessante para contar para vocês.

A ideia da empresa é ser uma conectora entre viajantes e motoristas. Hoje, a Blacklane está em 186 cidades e uma das coisas mais legais é que no ato da reserva do seu carro, pelo aplicativo ou pelo site, você já fica sabendo quando vai pagar na corrida (incluindo taxas, impostos e gorjetas) e não precisa nem se preocupar com dinheiro pois o pagamento é feito diretamente pelo app através do cartão. Uma mão na roda.

Outra coisa que eu acho muito legal é que todos os motoristas são, no mínimo, bilingues e falam a língua do país e o inglês. Ou seja, sem problemas de comunicação com eles. Por último o que eu considero o maior diferencial deles: você tem a opção de fornecer o número do vôo no momento da reserva, dessa forma o motorista irá acompanhar o status do seu vôo para ficar sabendo com antecedência no caso de algum atraso. Pra melhorar ainda mais, você tem direito a 1 hora de espera não paga para poder passar pela alfândega e pelo freeshop com calma.

Bacana né?! É um serviço de luxo (inclusive você pode escolher o tipo de carro que quer: Economy Class, Business Class, Business Van/SUV, First Class) e por isso tem um preço um pouco acima dos táxis normais e Uber. Mas pela tranquilidade e segurança que a empresa oferece, não tenho a menor dúvida de que vale a pena.

Já estou animada para usar na minha próxima viagem para o exterior. Aqui no Brasil o serviço funciona no Rio e em SP, por enquanto, mas tem planos de expandir cada vez mais. Curtiu? Para saber mais, fazer um orçamento, baixar o app ou calcular a sua rota, clique aqui.

unnamedO Expedia Brasil me desafiou a pensar um pouco mais sobre as Semanas de Moda. Aproveitei e resolvi avaliar importância delas para a moda em si. Sejam as daqui, sejam as lá de fora… na real, pra nós consumidores, aquilo não passa de um show, onde as tendências são lançadas e aquilo que a gente vai consumir nos próximos meses é exposto para o mundo. Mas será que é só isso? Simples e pragmático assim?

Nesses meus devaneios lembrei de uma frase que ouvi uma vez: “Semanas de moda são totalmente fantasiosas. Ninguém usa as peças que são desfiladas”. Concordo em parte, acho que uma certa fantasia faz parte do show, mas hoje em dia, as marcas pensam muito mais na visibilidade comercial dos desfiles e mostram peças que vão sim para os nossos armários. E se pensarmos, quão legal é ver Gisele Bundchen (e outras modelos/celebs incríveis que a gente ama) desfilando uma peça que um dia pode ser sua?

As semanas de moda traçam e organizam todo o segmento de moda. Desde as tendências, até as datas de lançamentos das coleções, passando pela indústria e pelo varejo e orientando o mercado. Muito  mais do que apenas uma exibição de coleções, certo?

Louis VuittonParis Fashion Week Spring Summer 2015 Sept-Oct 2014Sem dúvidas, Paris Fashion Week e Nova York Fashion Week são as principais semanas do mundo. No Brasil, o nosso bom e velho SPFW é o principal. Aliás, ele cresce a cada dia e seus números demostram isso. Temos cada vez mais desfiles, mais gente envolvida, mais vagas de emprego, mais marcas participando, mais gente querendo ver e se informar… é tudo mais!

Se é tudo mais, como diminuir a importância e a força dessas Semanas? Temos que valorizar isso. No nosso país, temos uma semana de moda importante, imponente, que passa para o mundo o que algumas das nossas marcas estão produzindo e pensando quando o assunto é a moda. Ou seja, isso vai muito além do bom e velho “desfile de peças fantasiosas”, certo?

Claro que temos muito para evoluir ainda, claro que há muito a se fazer, que podemos melhorar cada vez mais… mas o trabalho deve ser exatamente esse. Fazer crescer ainda mais, ampliar fronteiras, melhorar…

Confira aqui o artigo publicado outro dia no Blog do Expedia Brasil é possível conhecer um pouco mais sobre a história do SPFW, seus números, estilo e informações.

Já falei tanto do Rio por aqui… de onde comer, o que fazer, cidades próximas (Búzios, Paraty, Angra…) e nunca falei de onde se hospedar por aqui. Claro que esse é um assunto delicado dado que eu moro aqui e pouco me hospedo ou conheço os hotéis da cidade. Mas no geral, sei que essa é uma dúvida recorrente dos turistas, por isso, achei que seria válido e talvez ajudasse muita gente. Vamos lá?

Sem dúvidas eu acredito que o melhor lugar, para um turista que esteja a passeio no Rio, se hospedar seja a Zona Sul, mais especificamente Leblon e Ipanema. São bairros nobres, bem localizados, mais seguros e super bem frequentados. Nesses bairros minhas sugestões são: Fasano, Marina All Suites, Marina Palace, Caesar Park, Sol Ipanema e Ipanema Plaza (fica na Farme de Amoedo, boa opção para o público GLS). Esses são hotéis de 4 e 5 estrelas, confortáveis e muitíssimo bem localizados. Todos na beira da praia, a poucos passos de bons restaurantes, pontos de ônibus e metrô.

Sei que muitos turistas, no entanto, não abrem mão de se hospedar em Copacabana. E eu super entendo, é um marco no Rio né? Um dos bairros mais famosos do mundo… o maior problema de lá, na minha opinião é que muitos hotéis são antigos. Mas selecionei alguns que foram renovados ou são mais bacaninhas para vocês: Copacabana Palace, Sofitel, Windsor Atlântica, Miramar, Othon, Pestana e JW Marriot.

Você é o tipo de turista que não se importa de ficar mais afastado de tudo contando que seu hotel seja super bacana?! Fiz uma pequena seleção para você também. Sem dúvidas o mais famoso que faz parte dessa lista é o Hotel Santa Teresa. Além dele tem também: La Suite, o Sheraton da Niemeyer (que é um longe perto) e o Le Relais de Marambaia

Você veio a trabalho e precisa ficar perto do centro do Rio? Também tem uma lista para você, mas lembrando que no centro os hotéis seguem a linha mais executiva, simples e prática. Ibis Santos Dumont, Ibis Centro, Novotel, Windsor Guanabara e Hotel São Francisco (mais simplezinho).

Mas se você veio ao Rio para algum evento na Barra, então o melhor seria se hospedar na região mesmo. Os hotéis da praia são super novinhos e ótimos, mas a barra tem várias opções: Windsor Barra, Mercure, Novotel Parque Olímpico, Praia Linda e Brisa Barra Hotel.

Ufa! Acho que esse post vai ajudar os turistas que estão indecisos na hora de escolher onde ficar. Como eu falei acima, se eu fosse turista, ia curtir me hospedar pelo Leblon pela facilidade de fazer muita coisa a pé, ir a restaurantes, praia, bares e etc. Mas sei que cada turista tem seu perfil, portanto cabe a vocês escolherem o melhor lugar e custo x benefício para você.

Para chegar ao Rio é fácil: além de dois aeroportos (um nacional e um internacional) temos também uma rodoviária e um porto. Você pode pegar um vôo tradicional de empresas brasileiras como Gol ou TAM, ou ainda um vôo fretado de alguma empresa como a Chapman Freeborn. Para visitar as cidades vizinha pode usar os ônibus ou alugar um carro. Ou ainda, por último, se preferir, pode chegar a cidade de cruzeiro. Eles são mais comuns no verão (novembro a março) mas alguns vem durante todo o ano. Informe-se e aproveite muito a cidade maravilhosa. Para ver mais dicas, clique aqui.

comissão booking hotel grande

Fotos: Internet