Tag Archives: onde comer

02
maio 2017

Yummy Tip: Azur

onde comer com vista no rio azur leblonTaí uma dica ótima para turistas, cariocas, gringos e pessoas que gostam de comer bem. Conheci o Azur há dois finais de semana e me encantei. Ele é mais um dos quiosques renovados da praia do Leblon, porém, com um diferencial: ele tem sua cozinha assinada por um renomado chef de cozinha. Pedro Artagão, o responsável pelos comes e bebes servidos no Azur, é também o dono de outros grandes nomes da culinária carioca como Irajá Gastrô (aquele do melhor e mais famoso bolo de chocolate do Rio), Formidable Bistrot e Cozinha Artagão. Sabem o que isso significa? Um lugar de muito boa comida!

Fui almoçar lá despretensiosamente depois de um pulinho na praia e que programa gostoso. Tão bom que voltei na Páscoa com a família. O local, nas duas ocasiões, estava cheio, claro, mas logo conseguimos uma mesa para sentar e começar a farra. O atendimento foi ótimo. Desde o momento de espera do lado de fora do quiosque até lá dentro quando já estávamos comendo. Todos, sem exceção, foram muito prestativos e eficientes. Exatamente, como eu acredito que tenha que ser o atendimento de um bom restaurante.

onde comer com vista no rio azur leblon onde comer com vista no rio azur leblonO cardápio é bem brasileiro e oferece muitas opções com frutos do mar. As comidinhas de balcão são carinhas, mas muito gostosas. Experimentamos os pasteis de siri, camarão e palmito (R$14/cada) e todos estavam ótimos. Para os pratos principais, escolhemos moqueca de peixe (R$140) e bobó de camarão (R$160), eu comi um pouco dos dois e posso falar, estavam deliciosos.

Só não vou dizer que achei os pratos caros, porque eles serviram muito bem 3 pessoas, ou seja, dividimos os dois pratos por seis pessoas e saímos todos muito satisfeitos. Em geral os pratos acompanham arroz branco, farofa de dendê e pirão. Os acompanhamentos são pequenos, mas os gentis garçons nos trouxeram aquele reforço quando o acompanhamento acabou sem cobrar a mais por isso. Mais um ponto para o restaurante.

onde comer com vista no rio azur leblononde comer com vista no rio azur leblonA carta de vinhos foi uma das únicas coisas que achamos que era um ponto negativo do lugar. Os vinhos são caros. O mais barato custa R$128. Sei que talvez a ideia do quiosque não seja receber jovens beberrões de vinho, mas podiam pesar um pouco menos a mão no preço das garrafas para segurar um pouco mais a clientela do almoço por lá… Fica ai a dica! hehehehe

Outro ponto negativo que pode facilmente ser mudado é a música que toca por lá. Na primeira vez ela incomodou pouco, mas na Páscoa estava nas alturas e tocando uma música meio bate-estaca, super nada a ver com o clima e com o ambiente do lugar.

Resumo da história: valeu muito a pena conhecer o Azur, experimentar a deliciosa comida e fazer esse programa tão gostoso. Espero que os governantes do Rio vejam como os cariocas são carentes de locais assim e continuem reformando e expandindo os quiosques da orla, da Lagoa Rodrigo de Freitas e criem mais áreas com espaço para uma boa comida e um ambiente super agradável com esse (aliás, o Jardim de Alah está alí doido para ser mais bem aproveitado hein!). Aprovadíssimo!

Serviço:
Quiosque Azur
Av. Delfim Moreira, S/N, Posto 11 | Leblon.

img_6466Há pouco mais de 2 meses abriu um novo restaurante em Ipanema, o Pici. A ideia é ser uma trattoria italiana legítima. A cozinha é comandada pelo chef Thiago Berton, que já trabalhou na Espanha, além de ter passado pelo Maní e Lasai, aqui no Brasil. Aproveitei o aniversário da minha mãe pra ir conhecer esse resturante que tem dado o que falar aqui no Rio.

img_6465A comida estava apenas incrível. Se vocês são fãs de comida italiana como eu, vão enlouquecer. O chef só usa produtos super frescos e muitas coisas importadas diretamente da Itália. De entrada pedimos o prato de presunto de parma com buffala em massa folheada e estava dos deuses. Pedimos também os arancinis, que são aqueles bolinhos de risoto. Esses já não achei tão imperdíveis. Fiquei com muita vontade de comer a carne crua com trufas, mas como a minha mãe não curte muito deixei para uma próxima oportunidade.

img_6467 img_6468Para o prato principal não resistimos pedimos pratos diferentes para todo mundo poder provar tudo hehehe. Eu fui de massa e pedi o carro chefe da casa, o spaghetti carbonara. Achei muuuuito gostoso. Vem com a gema molinha em cima para você misturar no resto da massa. Alexandre e minha mãe pediram polvo e gnocci al pomodoro, que estavam muito gostosos também. Aliás, as massas são todas feitas manualmente no próprio restaurante e como já era de se esperar são deliciosas e desmancham na boca.

img_6469 img_6473 img_6470Como era aniversário rolou uma sobremesa também, afinal, ninguém é de ferro, não é mesmo!? hehehehe Comemos uma palha italiana desconstruída que estava dos deuses.

img_6474Resumo da história, achei que vale muito a pena conhecer o Pici. Os preços são bem razoáveis, a comida deliciosa e o ambiente super agradável. O ponto negativo é que como ele ainda é novidade e é um restaurante pequeno tem ficado muito cheio, então pra conseguir mesa é complicadinho. Ah! Eles só fazem reserva de 2ª a 5ª, portanto, se não for nesses dias, prepare-se para a fila.

Pici Trattoria
Rua Barão da Torre, 348 – Ipanema.
(21) 2247 6711 ou (21) 2247 6712

Não sei se todas as cidades são assim, mas aqui no Rio alguns lugares fizeram fama por serem o “point oficial” daquela fome da madrugada, sabem?! Daquela larica pós night ou daquela fome descontrolada em uma madrugada de insônia.

Acho que o Leblon é o bairro campeão no assunto madrugada de fome, mas outros bairros também contam com grandes nomes nesse quesito. Selecionei alguns dos meus lugares preferidos e dos mais famosos para vocês visitarem quando estiverem por aqui:

Cervantes: esse é sem dúvidas o mais tradicional de todos. A casa em Copacabana fica lotada a qualquer hora do dia ou da noite. O famoso sanduiche de pernil com abacaxi é o mais pedido, o mais famoso e dizem ser o mais gostoso. Não é o meu preferido não, mas é uma delicia mesmo. | Endereço: Av. Prado Júnior, 335 – Loja B – Copacabana.

BB Lanches: Esse é o meu preferido pós night. Você come magro, come gordo, come saudável, come gordurento… come o que quiser. Lá é bom por isso. Tem pra todos os gostos. Meu combo preferido é o pastel de carne com guaraná natural. Uma bomba super perfeita e adequada para o pós night. | Endereço: R. Aristídes Espínola, 64 A – Leblon.

Pizzaria Guanabara: Outro nome muito famoso quando o assunto é a larica da madrugada. É lá que os famosos são flagrados, é lá que tem a pior pizza do Rio (que você começa a achar a melhor de todas quando chega bêbado e esfomeado) e lá que você vai encontrar todo mundo depois das 3h da manhã. | Endereço: Av. Ataulfo de Paiva, 1228 – Leblon.

Jobi: Mais um integrante do quadrilátero noturno do Leblon. Esse é um bar, que serve comida e reúne gente de todos os tipos e gostos. É uma boa opção para estender a night ou para começar um programa no meio da madrugada. Tá sempre cheio (independente da hora que você passa ali) e serve umas comidinhas de bar bem gostosinhas. | Endereço: Av. Ataulfo de Paiva, 1166 B – Leblon.

Galeto Sats: Um botequinho cheio de comida gostosa, principalmente se você é do tipo carnívoro e adora um churrasquinho. Minha recomendação é: peça a porção de coração de galinha e outra de linguicinha, você não vai se arrepender. | Endereço: R. Barata Ribeiro, 7 – D – Copacabana.

Stallos: Mais um do time de Copacabana. O Stallos é um dos queridinhos da madruga. Ele fica n meio do caminho para Leblon e Ipanema, e não tão longe do início de Copa, Leme e Botafogo ou seja, boa pedida para quase todo mundo. | Endereço: Av. Nossa Sra. de Copacabana, 986 – Copacabana.

Oliveira: Tá em Botafogo/Humaitá e tá morrendo de fome? Cachorro quente do Oliveira. A carrocinha de hot dog faz sucesso nas redondezas e é uma ótima opção para matar a fome da madrugada por ali.  | Endereço: Rua do Humaitá, S/N – (canteiro central, em frente ao nº 110) – Humaitá.

Paris 6: Se a sua fome não é de comidinha, esse é o lugar certo para você. A casa fica aberta 24h e serve muito mais do que pratos e sobremesas deliciosas… É uma fartura de comida a hora que você quiser, no dia que você quiser. | Endereço: Av. Érico Veríssimo, 725 – Barra da Tijuca.

Boteco Cabidinho: Como um tradicional boteco carioca, o que não faltam são opções de belisquetes típicos de botequim: bolinhos, frituras e muito comida que dá uma aliviada naquele porre que você tomou a noite. Pra melhorar, você pode comer essas delicias 24hrs por dia, pois o bar não fecha nunca! | Endereço: Rua Paulo Barreto, 65 – Botafogo.

Nova Capela: Esse eu não conheço, mas recebi a recomendação de muitos amigos. É uma opção para quem estiver faminto pela Lapa na madruga. O chopp estupidamente gelado, o bolinho e bacalhau e o filé a francesa (que dizem ter nascido lá!) são as recomendações da casa. | Endereço: Av. Mem de Sá, 96 – Lapa. 

Não ficou satisfeito e quer meter o pé naquele hamburgão? O Bobs do Posto Shell do Leblon fica aberto 24hrs, assim como o McDonalds da Avenida das Américas (na barra) e o da Hilário de Gouvea em Copacabana.

Se ainda assim você não estiver satisfeito, pode passar em alguns dos mercados que ficam aberto 24hrs para comprar alguma coisa (ou para tomar café da manhã, dependendo do seu horário). O Zona Sul da General Osório tem café e fica aberto a noite toda, assim como o da Dias Ferreira. Já o Pão de Açúcar do Leblon também tem uma lanchonete e funciona dia e noite.

31
mar 2016

Eataly em SP

IMG_4365Essa semana passei alguns dias em São Paulo e aproveitei a oportunidade para conhecer o tão falado Eataly que abriu por lá. Estava doida para conhecer desde que soube que abriria no Brasil, então não perdi tempo e corri lá para conhecer e almoçar, claro.

O lugar era exatamente como eu imaginava. Um mercadão mais chique, com várias opções de restaurantes, “lojinhas” e claro, muita coisa deliciosa para comer e para comprar. Fui na hora do almoço pois achei que estaria um pouco mais vazio, mas o lugar lota também nesse horário por conta da localização privilegiada perto de vários prédios comerciais.

IMG_4359 IMG_4362 IMG_4364O lugar foi feito para enlouquecer qualquer amante de comida. São três grandes andares de restaurantes, mercados, bares e lojinhas de tudo que se possa imaginar relacionado a comida italiana. Diferente do mercado em NY, no Nataly daqui a chance de você se perder é menor e a estrutura é muito bem feita para que o visitante ande por tudo, sem deixar escapar absolutamente nada.

São ao todo nove restaurantes que servem massas, pizzas, peixes, charcuterie, sanduíches, frituras… Os dos dois primeiros andares são mais despojados e suas mesas formam uma espécie de praça de alimentação chique. O que fica no último andar, é o Braces, especializado em grelhados, e é mais restaurantão mesmo.  Dizem que a bisteca fiorentina dele é maravilhosa, mas não foi dessa vez que eu experimentei.

IMG_4360 IMG_4361 IMG_4370Optei por almoçar no restaurante de massas e escolhi o rigatone com almôndegas com molho de tomate e manjericão. Estava divino. De lamber os beiços. No geral achei os preços dos pratos bem razoáveis.

O que achei que vale a pena por lá foram os queijos e embutidos, que apesar de caros, tem uma variedade quase infinita para agradar todos os paladares; as massas frescas, que são realmente super frescas e feita na hora para quem esta encomendando o produto; os produtos legitimamente italianos como molhos de tomate, azeites e etc.

IMG_4381 IMG_4378O que achei que não vale a pena foram os utensílios domésticos, que apesar de serem lindíssimos são muito caros; os produtos de hortifruti também não valem muito pois são iguais e mais caros do que os vendidos em supermercados normais.

No geral achei que o Eataly vale muito a visita. Seja para um almoço/jantar, seja para um lanche ou para um passeio. Se o seu objetivo é fazer compras de comidinhas diferenciadas, você também vai ao lugar certo (sabendo que vai gastar uma grana por lá!). Eu adorei ter conhecido e certamente voltarei outras vezes!

IMG_4374Ah! Descobri pelo site deles que eles oferecem diversos cursos de culinárias de diversos assuntos. Parece ser super interessante. Alem dos cursos, ele oferecem degustações e oficinas infantis também. No site tem todos os detalhes.

Eataly
Av. Juscelino Kubitschek, 1489 (entre Faria Lima e Marginal Pinheiros).
(11) 3279-3300
http://www.eataly.com.br