24
ago 2016

Rio 2016: Eu fui!

IMG_6045Esse é mais um daqueles posts recordação… post para eu rever na posteridade e me lembrar do quanto esses dias foram alegres. Contei sobre a minha ida para a abertura das Olimpíadas, contei sobre as Casas dos países que eu visitei, mas não podia deixar de falar do resto. Afinal, foram 18 dias incríveis que não podem ser esquecidos ou apenas ficar na minha memória. Quem não pode viver isso pessoalmente, pode ver através das fotos e ler pelo meu texto tudo que eu senti nesses dias.

Assumo que no início não estava muito empolgada. Até comprei um joguinho de volei e a abertura, mais pra dizer que eu tinha ido do que por qualquer outro motivo. Mas parece que o jogo virou, não é mesmo?! No dia da abertura fui completamente contaminada pelo clima olímpico.

IMG_5978Sabe uma coisa de energia boa? Então… multiplica por mil! O povo cantando, totalmente feliz por aquilo estar acontecendo, a cidade tomada de turistas, revitalizada em pontos que nós cariocas nunca poderíamos imaginar, com metrô chegando na barra, várias festas, bares lotados (além do normal), alegria nas ruas. Era exatamente isso que tinha por todos os lados na rua: alegria. Isso contagia!

Bastou eu acordar no dia seguinte da abertura que já estava a louca dos ingressos comprando e vendendo até conseguir tudo que eu queria. Consegui bastante coisa: vôlei de praia, natação, remo, basquete e vôlei de quadra. Isso significa que consegui ir a vários pontos e arenas espalhados pela cidade. Outra coisa que eu queria, conhecer esse lugares e ver se a cidade realmente conseguiu segurar a onda de ter uma Olimpíada. Mais um ponto para o Rio. Tudo funcionando perfeitamente bem. Pelo menos a minha experiência, em todos os dias de jogos, foi ótima.

Outro ponto pro Rio foi o Parque Olímpico. Ficou muito legal!!! O espaço é imenso com várias arenas para diversos esportes diferentes e incrível até para quem não é amante dos esportes como eu. Além de tudo isso, você ainda tem um espaço para assistir aos jogos que estão acontecendo em dois telões, um espaço que é  meio que uma boate e claro, vários lugares para comer e beber, além de alguns foodtrucks.

O Boulevard Olímpico, no centro do Rio, é um dos lugares que matam o carioca de orgulho. Sabe aquele local que ninguém passava perto e todo mundo moria de medo de ir, então, hoje é um dos pontos mais visitados da cidade. Por lá, já tínhamos o Museu do Amanhã e o MAR, mas agora temos um lugar super visitado pelos turistas (e pelos cariocas também), um espaço de artes, uma nova passagem e consequentemente um calçadão lindo entre a Praça XV e a Praça Mauá (fechada por anos e anos por ser um espaço da Marinha) e claro, a pira olímpica na entrada de uma das principais avenidas da cidade. Uma salva de palma pra Prefeitura que conseguiu dar um jeito nesse espaço.

IMG_6025Mas agora que eu já falei disso, quero falar dos jogos… gente, tinha que ter Olimpíada no Rio todo ano. Sério! O povo brasileiro é demais e tá completamente envolvido no clima da cidade e no clima das Olimpíadas.

Assisti a natação mais histórica de todas, a que Michael Phelps ganhou empatado com outros dois nadadores a medalha de prata. Sério, incrível né? hahahaha Eu vi, ao vivo, o maior medalhista da história da natação empatar com outras duas pessoas no segundo lugar. Demais!

IMG_5997 IMG_6007Assisti ao vôlei de praia e amei a vibração. A torcida é tão animada e tão diferente de tudo que eu já tinha visto. Rola uma animação constante. Uma música, um DJ, um puxador de gritos e olas… é muito engraçado! Taí um esporte que vale a pena. Pra completar vi uma dupla masculina ganhar o jogo… ou seja, foi suuuuper legal.

IMG_6052O basquete antes mesmo de começar já estava tenso. Era um jogo contra a Argentina e muita gente estava falando que seria um jogo violento, que ia dar briga, que era pra tomar cuidado… pra me deixar ainda mais tensa, foi o jogo que consegui comprar para levar minha mãe e minha sogra para conhecerem o Parque Olímpico. Ou seja, tensão nível máximo. Não podia dar briga, e obviamente não deu. Ficou um clima tenso, mas não deu em nada. Muita gente vaiando, hinos e musiquinhas sendo cantadas e ficou por isso mesmo. Como deve ser. Infelizmente o Brasil perdeu esse jogo, mas não foi eliminado (só vai ter que jogar contra os EUA, um dos times mais fortes no basquete!).

Por último, para encerrar a minha maratona olímpica, fui assistir as quartas de final do vôlei masculino de quadra entre Brasil e Argentina. O clima é contagiante. As pessoas cantam músicas, hinos, vibram e torcem com o coração. Pra melhorar, o Brasil ganhou o jogo e foi para as semifinais! Uhuuuullll!

Terminei os meus dias olímpicos assistindo as Olimpíadas bem de longe. Aproveitei os feriados decretados na cidade para curtir uns dias de folga e conhecer os Lençóis Maranhenses. Afinal, depois dessa maratona eu precisava mesmo de umas férias! hahahaha Mas olha, posso falar? Foi incrível ter feito parte disso. Sabe-se lá quando será a próxima Olimpíada que eu vou participar, sabe-se lá quando será a próxima Olimpíada no Brasil… valeu a pena.

Parabéns meu Rio, você deu super conta do recado!

IMG_6045O carioca é de festa. Aliás, o brasileiro é de festa. Então, nessas Olimpíadas, nada melhor do que juntar o esporte com muita festa para deixar todo mundo feliz. Não sei de quem foi a ideia, mas queria dizer que quem criou essa ideia das “casas” está de parabéns! Gente, isso é legal demais. Você entra em um espaço e vive um pouquinho daquele país. Seja com a comida, com a música, com exposições… não importa, cada casa tem seu estilo e cada casa mostra um pouco do seu país para o povo brasileiro e para os turistas que estão no Rio durante as Olimpíadas.

Nesse último final de semana me dediquei a conhecer alguns lugares. Assumo que conheci muito menos do que eu gostaria, mas ainda assim, gostei muito da ideia e já tenho uma programação super montadinha para no próximo final de semana conhecer as outras muitas casas que ainda faltam…

IMG_5875IMG_6072Comecei conhecendo a Casa da Alemanha e a Casa da Dinamarca. Ambas com entrada gratuita, nas praias de Leblon e Ipanema, respectivamente. A da Alemanha me pareceu bem animada. Tem DJ, shows e muita comida típica. Já a da Dinamarca, parece um pouco mais voltada para as crianças (tem uma casa de Lego super legal!), mas ainda assim consegue transmitir muito a cultura do país em fotos espalhadas no espaço.

IMG_6078No dia seguinte era a abertura das Olimpíadas, acabei não conhecendo nenhuma casa, mas vivi intensamente esse momento. Contei tudo aqui. Já no sábado, corri assim que abriu para a Casa da França, que fica na Lagoa. Comida típica, foodtrucks franceses, picnic, espaço ao ar livre… uma delicia. Como eu disse, cheguei cedo e gostei muito de ter ido almoçar por lá. De lá seguimos para o Rooftop da Jeffrey, no hotel Royal Tlip em Copacabana um lugar super bacana para quem quer ver e ser visto, e ainda por cima curtir as Olimpíadas em um espaço bacana e com uma vista linda da orla do Rio.

IMG_5913 IMG_5964Domingo, para finalizar o final de semana olímpico chegamos super cedo na Casa da Áustria, em Botafogo, e por lá ficamos o dia todo. Adoramos essa casa. Super animada. Com comidas típicas, muita cervejas, DJ e show com uma bandinha austríaca. Muito legal!

Adorei esse agito e já estou me organizando para curtir alguns jogos na próxima semana e claro, muitas outras casas no final de semana. A programação vai ser intensa e eu vou atualizando vocês no Snapchat e no Insta! =)

abertura das Olimpíadas Rio 2016Sério, talvez vocês não tenham noção do quanto eu me esforcei para conseguir esses ingressos da abertura das Olimpíadas. Sabe quando você se dedica e dá o sangue para conseguir uma coisa. Era eu correndo atrás desses ingressos. Sabia que seria difícil, sabia que seria caro, sabia que talvez fosse impossível, mas eu só ia desistir depois de tentar. E tentar MUITO! Depois de muitas tentativas eu consegui.

Assumo que em alguns momentos me arrependi e pensei em desistir. Paguei caro nos ingressos. Pelo menos, caro pra mim. Pensava se valia a pena gastar tanto em uma única noite. Uma noite de Olimpíadas, de esporte, coisa que eu nem sou tão ligada assim. Pensava que podia estar correndo risco de sofrer algum atentado terrorista. Afinal, durante algum tempo esse foi um assunto recorrente. Pensava no perrengue que seria ir e vir e como talvez fosse mais legal ver junto com todos os meus amigos. Foram pensamentos que passaram rápido pela minha cabeça, e foram embora. Ainda bem. Porque eu fui. E foi apenas INCRÍVEL!abertura das Olimpíadas Rio 2016Até chegar lá eu não tinha me dado conta de que estava participando de um momento super histórico não só pro meu país e pra minha cidade, mas pra minha história. Muito provavelmente nunca mais vou ver uma abertura de Olimpíada no Rio, e se bobear, nem no Brasil. Foi histórico sim e isso fez com que a experiência como um todo fosse ainda mais maravilhosa.

Cheguei cedo, não passei nenhum perrengue para entrar, não tive dificuldade para comprar bebidas, achei meu lugar com facilidade e ainda consegui trocar pois o lugar que eu estava tinham algumas pilastras que atrapalhavam a visão. O pessoal do stand de tickets foi super prestativo e nos ajudou a trocar numa boa, nos deram novos ingressos e nos levaram até os novos lugares. Ou seja, tudo ótimo.abertura das Olimpíadas Rio 2016 abertura das Olimpíadas Rio 2016abertura das Olimpíadas Rio 2016Na hora que o show começou aquela emoção bateu né… uma mistura de sentimentos, de emoções, de expectativas… E claro, ficamos embasbacados, de queixo caído e amamos cada segundo da cerimônia. Foi lindo. Foi histórico. Foi emocionante. E eu estava lá. Eu vivi isso.

A ideia desse post era só mostrar pra vocês que eu achei incrível. Achei que foi super carioca, como tinha que ser. Achei que teve o toque de brasilidade na medida certa. Achei que Anitta arrasou (e olha que nem sou fã dela hein!). Adorei o funk, a MPB, o rpa e o samba juntos e misturados. Achei a cara do Rio. Achei que Gisele musou como nunca antes na vida dela. Tava maravilhosa. Adorei ainda mais o 14 Bis voando e deixando os americanos irritadinhos. A festa foi nossa. Toda nossa. Enfim, difícil reclamar de alguma coisa. Achei realmente maravilhosa.abertura das Olimpíadas Rio 2016abertura das Olimpíadas Rio 2016Esse post, diferente da maioria dos posts que eu faço por aqui, é só pra deixar registrado aqui, no meu blog, que eu vivi esse momento histórico. É pra compartilhar com quem não pode ir a emoção que eu senti. É pra mostrar praqueles que me seguem e gostam de ver as minhas perspectivas das coisas o que eu achei. É pra que eu não me esqueça nunca desse sentimento que eu senti. Foi incrível! Parabéns a todos os envolvidos, vocês arrasaram!