Não sei se já contei para vocês, mas o lá em casa somos apaixonados por Oreo. Na verdade, eu sempre gostei, e agora, grávida, estou enlouquecida por doces e tudo com Oreo me satisfaz muito. O Alexandre sempre foi apaixonado pelo biscoito e sempre que vamos aos EUA, ele faz questão absoluta de ir ao McDonald´s pra comer um McFlury de Oreo.

De tanto ver ele falar o quanto ele ama, o quanto ele é apaixonado por essa sobremesa, resolvi adaptar aqui no Brasil pra ele. A receita é beeeem fácil, deliciosa e utiliza poucos ingredientes. Então, se você tá na vibe “gordinha”, vem comigo preparar essa delicia.

Você vai precisar de:

  • Sorvete de creme
  • Oreo
  • Calda de Chocolate (opcional)

Resultado de imagem para mcflurry oreoModo de fazer:

Tire o sorvete do freezer e deixe derreter um pouco até ficar fácil de manipular. Enquanto isso, coloque o biscoito no triturador. (Atenção: Você pode optar por amassar o biscoito com um rolo de macarrão e um saquinho, mas o sabor não fica igual). Eu faço no olho, mas uso mais ou menos a seguinte medida: para cada scoop de sorvete dois biscoitos recheados super triturados. Quando o sorvete amolecer, basta misturar com o biscoito e servir. Deixe gelar novamente para que o sorvete volte a sua consistência normal. Antes de entregar aos seus convidados ou comer, coloque um pouquinho do Oreo triturado por cima, e a calda de chocolate, Sua sobremesa vai ser um sucesso!

E ai? Gostaram da sobremesa? Eu sou suspeita para falar, pessoalmente eu amo ela. Inclusive já tinha feito uma receita similar há alguns anos atrás aqui no blog. Rápida, fácil, gostosa e unânime. Dificilmente alguém não ama essa delicinha!

OBS: Não tem foto porque nunca consigo fotografar antes de comer! #shameonme Mas fica com a cara igualzinha a do McFlurry original. Juro!

Taí uma receita que eu achei que nunca apareceria por aqui. Sabe quando você está morrendo de fome de uma coisa gorda mas só tem uns restinhos de comida na geladeira que você acha que não vão dar em nada?! Então, esse macarrão surgiu exatamente assim. Juntei tudo num lugar só e ficou uma delicia!

Desde que fiquei grávida não estou sabendo lidar muito bem com frango. Acho que comi tanto antes da gravidez que agora não estou conseguindo comer. Mas vira e mexe eu faço em casa, afinal, não moro sozinha e não sou a unica a comer por lá. Pra disfarçar esse gosto e fazer uma coisa gostosa, resolvi criar esse macarrão. Peguei várias coisas da geladeira e voilá, ficou delicioso!

Você vai precisar de:

  • Macarrão
  • Frango
  • Espinafre
  • Cogumelos frescos
  • Ervilha
  • Temperos
  • Cottage
  • Creme de leite

Se você não tiver alguma dessas coisas, não se preocupe, use o que você tiver de sobrinha na sua geladeira. Aposto que vai ficar uma delicia igual.

Modo de fazer:

Coloque a água para ferver. Depois é só cozinhar o macarrão de acordo com o tempo na embalagem. Eu usei massa de quinoa com milho, mas você pode usar a que gostar mais. Agora é hora de preparar o molho, como todos os meus itens já estavam prontos na geladeira, a coisa foi bem mais rápida. Esquentei/refoguei os cogumelos com um pouquinho de azeite e alho, depois coloquei o espinafre, o frango e as ervilhas. Em seguida coloquei cottage e um pouquinho de creme de leite, mexi até o queijo derreter completamente e virar um molho. Agora é só juntar a massa cozida, servir com um pouco de queijo ralado e pronto! Uma delicia de massa com frango e vegetais. Super nutritiva, deliciosa e econômica né!? Afinal, aproveitei tudo que tinha na minha geladeira.

Foi a segunda vez que eu fiz essa receita e realmente é muito gostosa. Uma ótima opção para quem está sem tempo, não quer ter muito trabalho e quer comer uma coisa gostosa e não muito gorda!

Se você tem outras sobrinhas na sua geladeira, aposte na mistura. Tenho certeza que seu macarrão vai ficar delicioso também.

E se você fizer e postar essa receita, não esqueça de usar a #receitascqa pra eu poder acompanhar vocês e curtir tudo que vocês estão fazendo por ai! =)

Espaguete de pupunha com almôndegasNão pensem vocês que só porque eu engravidei a minha rotina alimentar destrambelhou de vez… assumo que ela mudou um pouco, mas não completamente. Continuo tentando me alimentar bem e quando dá faço alguma refeição low carb.

Esse espaguete de pupunha foi uma ótima pedida para aqueles dias em que a gente quer comer uma coisa bem gostosa e gordinha, mas não podemos ou estamos evitando. Sem falar que ele é super fácil e rápido de fazer. Vamos lá?

Você vai precisar de:

  • Espaguete de Pupunha
  • Molho de tomate ou tomates frescos.
  • Alho e cebola
  • Carne moída
  • Temperinhos para carne
  • Sal/Pimenta a gosto
  • Açúcar
  • Queijo ralado

Espaguete de pupunha com almôndegasModo de fazer:

Eu começo preparando o espaguete no vapor, gosto dele al dente. Vou espetando e experimentando até chegar no ponto. Enquanto isso, vou preparando o molho de tomate. Nesse dia fiz com molho semi pronto, só dei uma melhorada nele. Fritei um pouco de cebola e alho e despejei o molho de tomate. Coloquei uma pitada de açúcar para reduzir a acidez, um pouco de sal e água. Coloquei um pouco de orégano e finocchio, um tempero italiano que eu tenho em casa, mas isso é opcional. Deixei reduzir bastante para incorporar bem o sabor dos temperos. Em paralelo fui preparar as almôndegas. Misturei a carne moída com um pouco de alho em pó, cebola ralada e cheiro verde. Fiz as bolinhas e “fritei” numa frigideira anti-aderente com um fiozinho de azeite. Depois de tudo pronto é só misturar as bolinhas no molho (ou não) e colocar no espaguete. Você pode finalizar com um pouquinho de queijo ralado. Viu só? Rápido, fácil e prático.

Espaguete de pupunha com almôndegasEsse mesmo espaguete você pode fazer no alho e óleo ou pode preparar qualquer outro molho que você goste mais, como funghi, branco ou bolonhesa. Todos ficam uma delicia e são uma forma de variar o prato e ainda comer bem.

Como vocês perceberam pela foto, eu não gosto de misturar a almôndega no molho, prefiro que ela fique fora pois ficar mais “crocantinha”. Você pode não “fritá-la” e cozinhar diretamente no molho, é uma outra opção mais saudável, mas eu não curto tanto . #ficaadica

Olha, gostei tanto dessa que acabei fazendo pra receber uns amigos em casa num outro dia e foi sucesso. Todo mundo curtiu. É uma refeição super rápida, prática e saudável. Gostei muito!

 

Vocês sabem que eu sou uma doida da organização e quando chega essa época do ano parece que essas coisas ficam ainda mais evidentes. É uma época ótima para renovar as energias, organizar as coisas e manter tudo em ordem. Por isso, selecionei aqui alguns itens que vão deixar a sua vida nesse novo ano ainda mais organizada… Preparados?!

  1. Agenda/Planner: Essa é uma dica batida né? Agendas e planners fazem toda diferença na hora de organizar sua vida, seja profissional ou pessoal. Eu uso MUITO o meu planner e realmente é uma mão na roda.
  2. Calendário: Ter um calendário de mesa ou até mesmo aquele no celular é outra coisa que vai te ajudar muito. Nele você pode marcar datas importantes ou compromissos inadiáveis. Assim, sempre que bater o olho vai se lembrar que tem alguma coisa naquele dia.
  3. Bloco de Notas: Assim como o calendário, o bloco de notas pode ser o do celular. É importante você ter onde anotar assuntos importantes, datas especiais e compromissos de forma rápida e prática e depois passar para a agenda/planner.
  4. Lista: Faça uma lista de tudo aquilo que você tem que fazer ou precisa fazer nos próximos dias, meses ou durante o ano. Vá marcando tudo que você realizar. Além de uma sensação ótima, você vai ver como isso funciona bem. E claro, sempre que lembrar de uma coisa nova, basta anotar ali e colocar a mão na massa para realizar.
  5. Prazos: Como eu falei acima, é importante que você estabeleça prazos e metas para conseguir se manter organizada. Coloque datas de inicio e fim para tudo e faça todo o possível para alcança-las. Você pode até fazer algum esquema de recompensas para você mesma quando conseguir alcançar suas metas.
  6. Hábito: Manter-se organizada é uma questão de hábito. Depois que você pega o jeito (ou cria o seu jeito) as coisas começam a funcionar sozinhas. Por isso, faça um esforço para começar… já já elas vão engrenar.

Agora que você á tem algumas dicas para dar o pontapé inicial na organização da sua vida (e do seu ano novo) você só precisa começar e colocar tudo em prática.

Se você é como eu e gosta de mimos para te ajuda nessa nova fase, dá uma olhada nessa papelaria fofa e nesses planner com preços mais baixos. Vai que isso te estimula ainda mais… E se você quer traçar uma planilha de metas pra você, dá só uma olhada nesse post da Alê Garattoni. Ele certamente vai te ajudar, e muito a fazer isso da melhor forma.