camilla-cheade- Santa Croce-64O horário de verão voltou, que tal aproveitar os dias mais longos e fazer fotos mais criativas brincando com a luz?

A luz é o elemento principal da fotografia (foto = luz / grafia = escrita, que significa escrever, desenhar com a luz), e, em alguns casos, a luz em excesso pode atrapalhar uma boa foto, como há uns anos atrás, quando uma fotografia contraluz era considerada um erro. Mas hoje, adoramos uma imagem repleta de silhuetas diante de um lindo céu alaranjado.camilla-cheade- Paola-92 copyPara fazer uma fotografia contraluz é necessário controlar a exposição com a velocidade, a abertura e o ISO da sua câmera. Como neste exemplo, para registrar a imagem de um barco com o pôr do sol ao fundo, foi preciso controlar a exposição do céu, e não do objeto fotografado.

Aponte a câmera direta ou parcialmente para a luz, e enquadre as pessoas ou os objetos na imagem, quer eles entrem à frente do ponto mais forte de luminosidade, quer seja apenas para desenhar formas e contornos mais escuros valorizando o fundo da imagem (como na foto acima!)camilla-cheade-Gael-na-barriga-186 camilla-cheade - Montepulciano-113 L'internoÉ possível conseguir ótimos resultados fotografando à luz do dia de dentro para fora de ambientes fechados com janelas e portas abertas, às luzes de holofotes de shows de música ou de teatro, à luz das fogueiras de São João, à luz de um abajur, de uma vela, de um flash, além do incansável pôr do sol.

Camilla Cheade
www.camillacheade.com

 

cc-cqa-02As férias escolares chegaram para serem registradas. Que comece a brincadeira com os pequenos! As crianças são espontâneas, criativas, sinceras e possuem uma dinâmica própria muito especial. Fotografar uma criança não é tarefa das mais fáceis, mas a diversão é garantida!

Cada criança tem o seu ritmo, o seu momento, mas o ideal é tentar criar uma atmosfera onde ela se sinta confortável, chamando sua atenção com uma brincadeira ou um jogo. Também é importante ter paciência e muito jogo de cintura.

cc-cqa-07 (1)

cc-cqa-01 (1)Comece fotografando na mesma altura da criança. Se abaixe ou se ajoelhe e estejam no mesmo nível, assim relação entre vocês é outra. Em alguns momentos procure manter uma certa distância e deixe a criança livre para explorar o espaço do seu melhor jeitinho.

Abuse dos enquadramentos e não economize em cliques. Verifique se a sua câmera tem o modo de disparo contínuo, para fotografias ainda mais espontâneas. Para fotos criativas, procure ângulos exagerados, fotografando a criança bem de cima ou bem debaixo. Suba em um banquinho, por exemplo, ou deite no chão, afinal, a brincadeira já começou!

cc-cqa-05 (1)

Esteja sempre sorridente mas nunca force a barra. Se uma criança não gostar de algum tipo de brincadeira que você sugeriu, seja criativo e rápido e chame a sua atenção com alguma outra ideia divertida, assim fica mais fácil de criar uma amizade. Fotografe com amor, porque dizem que as crianças sentem a sinceridade da gente, e eu acredito nisso! 😉

Camilla Cheade
www.camillacheade.com

Analoge-fotografie_1_1Feriado de carnaval chegando e tudo comprado: passagens, hotel, passeios… A mala já está quase pronta mas falta descobrir como levar a câmera fotográfica, certo?

Primeiramente, sempre mantenha a câmera perto de você. Ou seja, vai viajar de avião ou de ônibus, nada de despachar a câmera, vai viajar de carro, nada de coloca-la no porta-malas. Essa medida simples pode evitar perdas, furtos ou até danos no seu equipamento. Por isso, enquanto não estiver com o olho na câmera, é melhor estar de olho nela!

spring-break-camera-strap-2585_600.0000001362714618Separe alguns cartões de memória e bateria extra, ou carregador, para levar na viagem. Assim você registra quantas fotos quiser, sem preocupações.

 E, claro, para cada tipo de viagem você precisará de um tipo de acessório. Se sua viagem for para a praia, é legal levar acessórios impermeáveis que protejam a sua câmera da água, e uma toalhinha para secar caso haja algum pequeno acidente (falamos das câmeras para água aqui). Se quiser registrar fotos noturnas porque estará em um lugar com uma lua linda ou luzes da cidade interessantes, leve um tripé (ou um modelo menor de mini-tripé) para uma fotografia sem flash e com nitidez. Mas o flash também é importante para clicar as pessoas, principalmente em situações de pouca luz, não esqueça de incluí-lo na mala.

sunshine-camera-bags-851f_600.0000001418582583 sunshine-camera-bags-dc90_600.0000001418595264Para guardar tudo isso, prefira as bolsas/malas próprias para estes equipamentos. Elas normalmente são acolchoadas para evitar pancadas e possuem divisórias do mesmo material acolchoado para evitar atritos entre a câmeras, lentes e acessórios. Uma dica é optar por aqueles modelos que nem parecem bolsas fotográficas, o que pode ser ótimo para não atrair a atenção de nenhum oportunista!

ALFÂNDEGA
Se você comprou sua máquina no Brasil, não esqueça de levar uma cópia da nota fiscal do seu equipamento pode ser muito útil caso sua viagem seja para o exterior e você necessariamente precise passar pela alfândega. Evita qualquer desentendimento e/ou taxas extras indesejadas. Se ela foi comprada fora, lembre-se que você tem direito a ter uma máquina fotográfica. Mas fique sempre atento as regras da alfândega pois elas mudam constantemente.

video-undefined-234D2B4E00000578-573_638x361ATENÇÃO:

– Câmeras também sofrem com os raios ultravioletas. Não deixe seu equipamento muito tempo exposto ao sol e ao calor.
– O mesmo serve para o frio. Se viajar para um lugar gélido, cuide para que sua máquina não passe frio.
– Cuidado com a água, seja do mar, da piscina, ou até mesmo da chuva.

Pronto, agora pode terminar a sua mala. Faça uma boa viagem e volte com registros lindos!

Camilla Cheade
www.camillacheade.com