Tag Archives: couro cabeludo

Esse post pode parecer estranho para algumas pessoas, mas acreditem, apesar de ter muito cabelo, vira e mexe queimo o couro cabeludo e fico com ele ardendo e descascando. É uma sensação muito ruim e um problema na hora de pentear o cabelo. Isso aconteceu nas minhas últimas férias e a primeira coisa que eu fiz quando voltei foi conversar com a minha dermatologista, Dra. Vanessa Metz sobre o assunto e tentar achar uma solução para que isso fosse evitado das próximas vezes.

Existe algum protetor solar específico para isso?
Sim! É fundamental proteger os cabelos porque os raios ultravioletas queimam a queratina dos fios, além, é claro, o couro cabeludo. Existem filtros solares capilares e leave-in com proteção UV. Eles costumam ser em spray para melhor aplicação e têm textura leve e fluida. É importante reaplicar o produto entre um mergulho e outro. Em caso de exposição direta ao sol, reaplique a cada duas horas.

Só chapéu funciona?
Os chapéus protegem bastante. Os produtos capilares podem ir saindo entre os mergulhos ou com o suor excessivo e, por isso, o chapéu é uma garantia mais eficaz de proteção. Inclusive, há chapéus e bonés com proteção solar no próprio tecido. Para evitar riscos, eu recomendo o combo filtro solar capilar + chapéu.

Quem é careca deve fazer o que?
Proteção com o filtro solar tradicional. Como é uma área que fica muito exposta, recomendo FPS 50 ou superior. E não se esqueça de reaplicar! O uso de chapéus e bonés também é bem vindo.

E quem tem muito cabelo, pode não proteger o couro?
Quem tem cabelos finos e/ou pouco cabelo acaba, sim, sofrendo mais com a exposição direta ao sol, por conta da queima do couro cabeludo. Mas, independente da quantidade de cabelo, a proteção é sempre indispensável. Porque, além de queimar o couro cabeludo, os raios solares também queimam o fio, causando enfraquecimento e ressecamento dos cabelos.

Sem Título-1Só o chapéu não adianta… meu insta prova que eu uso e ainda assim queima!

Produtos de cabelo funcionam como protetor?
Depende, somente produtos que possuem FPS contra os raios UV. Alguns leave-in têm essa característica. Minha dica é não arriscar usando qualquer creme e/ou máscara para os cabelos, procure produtos específicos para garantir a proteção.

Pode passar protetor solar normal na área?
Não! A fórmula desses produtos atende somente as necessidades da pele. Aplicar no couro cabeludo/cabelo pode causar oleosidade nos fios.

E se a pessoa se descuidou e queimou? Como agir? O que ela pode passar na cabeça pra aliviar a ardência e não descascar?
Ao chegar em casa após um dia de sol, lave bem os cabelos durante o banho para retirar todas as impurezas, como sal e cloro. Há alguns shampoos e condicionadores que são voltados para os cuidados pós sol.  Como o couro cabeludo é uma área de difícil cuidado, a principal dica é deixar que a cicatrização da área ocorra naturalmente. Reparta o cabelo de modo que a queimadura fique coberta pelo cabelo, dessa forma a área queimada fica menos exposta. Ao sair, use chapéus ou boné. Evite coçar ou causar irritações na área. Se começar a descascar, use shampoos suaves anticaspa. Caso o quadro esteja provocando muito incômodo ou dor, procure um dermatologista para que ele indique o melhor tratamento, seja oral ou por cremes.

Sem Título-1Keune | Pink | Arp Sun | Shiseido | L´Oreal | Amend

Além disso, para proteger os cabelos, quais os cuidados fundamentais?
Lave bem os cabelos para evitar a oleosidade e a caspa. Use produtos capilares com FPS (e fique atenta com a reaplicação durante o dia). Ao sair do mar ou da piscina, tome uma ducha para tirar as impurezas. Evite amarrar ou prender os cabelos ainda molhados para evitar o enfraquecimento dos fios. Aposte na hidratação dos cabelos, principalmente no verão, época em que os fios ficam mais ressecados.

Tem alguma coisa que pode ser feita antes ou depois da exposição para evitar um dano maior aos fios?
Antes: Aplique o filtro solar capilar minutos antes de se expor ao sol.
Durante: Use chapéus e reaplique o filtro entre mergulhos e/ou depois de duas horas.
Depois: Lave bem, retire as impurezas do cabelo e invista na hidratação.

Ufa! Acho que agora ninguém mais vai passar perrengue e sofrer por conta desse tipo de queimadura né? Se vocês tiverem mais alguma dúvida nesse sentido, podem deixar aqui nos comentários que eu peço para Dra. Vanessa vir aqui de vez em quando responder pra vocês!