Vocês sabem que eu como virginiana assumida tenho uma leve (ok, grande) queda por organização e arrumação de coisas. Já até mostrei aqui há algum tempo atrás a minha etiquetadora e a forma como eu arrumei o meu closet. Mas esses dias, as meninas da Too Organized vieram aqui em casa e me ajudaram – de verdade – a arrumar tudo.

Conversei com elas sobre a necessidade de deixar as coisas mais a vista, menos bagunçadas e claro tudo arrumadinho. Elas não pensaram duas vezes: colocaram o closet abaixo e começaram a arrumar tudo praticamente do zero. Em menos de 12h o closet inteiro estava super arrumado e mega organizado.

(Reparem o antes e o depois. Mudamos muitas coisas de lugar e ficou mais clean!)

O processo funciona assim: elas começam vendo o que pode ser feito diferente, o que está sendo feito de errado, o que pode ser mantido e o que tem que mudar completamente para que as coisas fiquem mais acertadas. Eu estava em casa no dia que elas arrumaram tudo e participei do processo inteiro, mas não é preciso ter ninguém em casa. Se você não quiser doar ou se desfazer de nada, elas arrumam da forma como está.

Começamos com as roupas de cama e roupa de inverno que ficam guardadas no armário. Todas foram para aquelas embalagens a vácuo. Além de ficarem mais organizadas, elas ocupam bem menos espaço. Depois começamos com as roupas em si. Mudamos a forma de dispor as minhas roupas, separamos muita coisa para doação e depois seguimos para a parte de lembranças e do Alexandre. Na parte de lembranças (foto, cartas, bilhetes…) eu tive que olhar tudo. Algumas coisas eu joguei fora, mas guardei a maioria.

(Mais um antes e depois, e o detalhe da organização das bolsas com enchimento dentro)

Com relação as roupas do Alexandre, re-organizamos os espaços e ela ganhou gavetas vazias, prateleiras e mudou a forma de pendurar as roupas.

No final, elas ainda chamaram a minha funcionária e ensinaram algumas dobras (como as de lingeries, por exemplo) e mostraram onde estava cada coisa. Foi ótimo! Dessa forma ela nos ajuda a manter tudo organizado.

(Casacos, roupas de ginástica, bolsas e camisas em ordem, depois da arrumação das meninas!)

Sem dúvidas, se as meninas da Too Organized não tivessem ido lá em casa as coisas estariam diferentes, mais bagunçadas, mais acumuladas e certamente sendo guardadas de forma menos produtiva.

Gostei tanto que combinei com as meninas de tentar organizar outras partes da casa como a despensa por exemplo. Tenho muita dificuldade de manter um pequeno armário, lotado de coisas, organizado de forma que todo mundo ache o que precisa assim que olhar.

Ah! Quem se interessa por esse assunto, dá uma olhada nos destaques dos stories porque no dia da arrumação salvei várias dicas das meninas para vocês por lá. Vale a pena olhar!

Too Organized | Personal Organizer
Mariana e Maithê
contato@tooorganized.com.br
@toorganized

marie kondo dicas organizaçãoContei pra vocês no post das minhas metas para esse ano que queria ler pelo menos um livro a cada 2 meses. Resolvi começar com “A Mágica da Arrumação” da Marie Kondo. Afinal, qual é a melhor época do ano para resolver dar uma geral, organizar tudo e arrumar as coisas?! O início do ano né? Por isso comecei a ler o livro de Marie e já me empolguei para dar uma geral no meu closet.

Nessa “brincadeira” tirei mais de 150 itens do armário entre roupas, calçados e acessórios e consegui colocar muitas dicas da Marie em prática. Vou passar pra vocês algumas das principais:

  • Faça tudo de uma só vez. Por mais cansativo que pareça arrumar aos poucos significa deixar muita coisa de lado. Arrume a casa inteira de uma única vez para ver uma verdadeira mudança na organização das coisas.
  • Organize por categorias e não por cômodos. Dessa forma, todos os itens da mesma categoria ficam juntos e não espalhados em diversos cômodos da casa.
  • Se desapegue e descarte suas coisas. Essa é a hora do desapego. Descarte, descarte, descarte. Seja através de doação, venda ou jogando fora o que não é útil.
  • Comece pelos itens mais fáceis e deixe os sentimentais para o fim. Dessa forma, você já vai estar acostumado com o ato de desapegar e conseguirá mais facilmente se desfazer de coisas que tem algum valor sentimental como fotos e cartas antigas.
  • Deixe as coisas visíveis. Na hora de arrumar, deixe aquilo que ficou organizado e da forma mais visível possível para que elas não sejam esquecidas ou fiquem em desuso
  • Não compre organizadores e afins. Você não precisa desses itens para manter sua casa organizada. Depois de um tempo essas coisas também serão esquecidas, a bagunça irá voltar e você ainda vai ter que organizar isso também.
  • Faça isso sozinho. Evite que parentes se envolvam no processo. Organize, descarte e desapegue sozinho e sem ajuda ou intromissão de ninguém.
  • Só guarde aquilo que traz alegria. Pense no significado de cada uma das coisas que você está se desfazendo e se for alguma coisa que realmente te traz felicidade e alegria, guarde.
  • Dobre as roupas e não enrole as meias. Isso mesmo. Dobre as roupas para que elas ocupem menos espaço e não enrole as meias uma dentro da outra pois assim elas ocuparão toda sua gaveta.
  • Depois de arrumado, mantenha assim. O grande problema da desorganização de uma casa é a incapacidade das pessoas manterem tudo arrumado. Portanto, use e coloque no lugar, sempre. Assim, a bagunça não volta.

Legal né? Como falei usei essa técnica para arrumar o meu closet. Eu deveria ter arrumado a casa inteira, eu sei, mas como casei a relativamente pouco tempo o único espaço que realmente precisava de arrumação era o closet, resolvi aplicar nele e adorei. Os resultados foram ótimos: doeis várias coisas, fiz uma lojinha no Enjoei com as melhores peças e abri espaço para coisas novas.

Leu esse post e se animou para fazer igual? Então aqui vão alguns videos em que Marie mostra como colocar os ensinamentos dela em prática guardando meias e lingeries, dobrando camisas, calças e casacos:




Gostou quer saber mais? O livro é bem baratinho (achei por R$14,90) e está a venda aqui, aquiaqui e aqui. Eu achei que valeu a pena ter comprado. É um livro pequeno e de leitura rápida e bem fácil.