08
nov 2017

5 perrengues comuns em viagem: como lidar e evitar

Acho que 99% das pessoas só conta o lado bom das viagens, mas vocês já pararam pra pensar que muitas vezes as coisas podem dar errado? Podem ser coisas pequenas, podem ser coisas grandes… não temos controle sobre tudo que pode acontecer, o importante é estarmos preparados para toda situação, inclusive as que não são esperadas.

Já passei alguns perrengues em viagem e acho que posso compartilhar com vocês algumas formas de amenizar a frustração, raiva e todos os sentimentos ruins que passam pela gente quando alguma coisa não dá certo nas nossas viagens.

  1. Perder um vôo: Seja culpa sua ou não, perder um vôo é sempre um saco. Você perde horas (ou dias) no seu destino, as vezes perde diárias de hotel, programas e passeios já pagos e muitas vezes ainda tem que arcar com as despesas de um novo vôo, acomodação no lugar que está e etc. Pra resolver isso, você precisa em primeiro lugar se alocar em um novo vôo, o mais rápido possível. Fale com a companhia aérea e veja o que é possível fazer no seu caso. Se a culpa foi um atraso da mesma cia aérea fica tudo mais fácil. Exija seus direitos. Se perdeu o vôo por causa do mal tempo ou alguma coisa do tipo, as companhias aéreas não costumam fazer nada nesses casos. Em seguida entre em contato com o hotel do destino para ver o que pode fazer, se consegue um reembolso da diária perdida, ou pelo menos, se consegue um voucher para gastar aquele valor em outro momento. O mesmo serve para os seus fornecedores de passeios. Caso tenha comprado um pacote de viagens, deve entrar em contato com a agencia para que ela faça esses contatos e acertos para você.
    Como evitar: Saia sempre com muita antecedência par ao aeroporto (o recomendado é chegar 3h antes em vôos internacionais e 2h antes em vôos nacionais). Sim, parece muito, e é. Mas é sempre melhor prevenir do que remediar. Nunca marque escalas com menos de 3h, principalmente em grandes aeroportos como Londres, Paris, Amsterdam… Tenha em mãos os todos os contatos que você pode precisar em “caso de emergência”.
  2. Malas extraviadas: Outra grande chateação comum em viagens. Chegou no seu destino (ou em casa) e as suas malas não. Se for em casa, menos mal… mas se for no seu destino, é um saco. Tem que dar queixa no aeroporto, falar com a cia aérea e contar com a boa vontade dos atendentes e com a sorte. E se acontecer? Tenha sempre uma (ou mais) muda de roupa na mala de mão e leve com você itens de valor. Contate seu seguro viagem que, normalmente, cobre extravio de bagagem também. Se quiser pode colocar um gps dentro da mala, hoje em dia pequenos dispositivos com rastreamento são vendidos para identificar aonde a mala está.
    Como evitar: Confira sempre o ticket colocado na sua mala e veja se o destino está correto. Retire tickets de viagens anteriores para não confundir o envio. Não deixe para despachar a sua mala no último segundo. Pesquisas indicam que malas despachadas nos últimos minutos tem mais chances de serem perdidas.
  3. Ser roubado: Por mais cuidados que sejamos, os bandidos estão cada vez mais espertos e conseguem driblar todas os nossos cuidados. Furtos são muito comuns em viagens e pra não surtar caso isso aconteça é importante que você sempre tenha seus documentos escaneados no seu email, cópias físicas em sua mala e os telefones importantes com você. (Seguro saúde, cartão de créditos, consulados…)
    Como evitar: Nunca deixe seu dinheiro todo num único lugar, fique atento a sua bolsa/carteira em locais de muito movimento, pesquise sobre as áreas de (in)segurança das cidades que você vai visitar, verifique se o cofre do hotel não abre com a senha default 0000, deixe seus pertences de valor sempre em local seguro e trancados e esteja sempre de olho nas suas coisas e no ambiente ao seu redor.
  4. Overbooking: Essa é uma situação cada vez mais recorrente nos aeroportos, e por incrível que pareça, nos hotéis também. Mas, infelizmente isso é algo que está completamente fora do nosso controle.
    Como evitar: Apesar de estar fora do nosso controle, existem algumas coisas que podemos fazer para talvez evitar isso. Por exemplo: faça sempre que possível seu check in online e chegue cedo no aeroporto. Pode até ser que seu vôo tenha overbooking, mas chegando cedo você consegue garantir o seu lugar. No caso dos hotéis, o overbooking é bem menos comum. Mas se você quiser ter certeza absoluta de que está tudo ok com a sua reserva, envie um email para o hotel uma semana antes da sua reserva e garanta que está tudo certo.
  5. Falta de documentos: Vocês podem até pensar que isso quase não acontece, mas acreditem, cada lugar do mundo exige uma documentação diferente para você entrar e sair dele e esquecer ou errar a documentação necessária para acessar um país é um dos erros mais comuns dos viajantes.
    Como evitar: Confira várias vezes toda a documentação necessária para entrar no país que você está visitando, tenha cópias de todos os seus documentos com você, acesse o site do consulado do país que você vai, verifique se é necessário algum tipo de visto especial, tenha em mãos o comprovante internacional de febre amarela (sou dessas que leva em todas as viagens, por que nunca se sabe!), veja se é necessário pagar alguma taxa na entrada e se precisa ter a moeda local… o ideal é você verificar isso sempre próximo a sua viagem pois as regras podem mudar.

Acho que esses são alguns dos perrengues de viagem mais comuns. Espero que as dicas ajudem vocês a evitar passar por eles e claro, deixem vocês preparados para o que der e vier.

Fotos da Internet