01
ago 2016

Montenegro

montenegro kotor budva coisas que amamos viagem dicas o que fazer como chegar 3Pausa na Croácia para falar de um outro país incrível que eu conheci nessa minha última viagem pela Europa: Montenegro. A visita foi rápida, assumo, mas já deu aquele gostinho de quero mais, sabe? Aproveitei um dia extra em Dubrovnik para conhecer o país vizinho e algumas de suas cidadezinhas charmosas, os fiordes e claro, a culinária.

A única coisa que posso garantir a vocês é: não deixem de fazer esse passeio. Montenegro além de ser super do lado de Dubrovnik é um país muito lindinho e simpático com os turistas. As paisagens vão te deixar de queixo caído e você vai entender porque eu estou dizendo que vale super a pena visitar.

O país

Montenegro (em montenegrino: Crna Gora, literalmente “montanha negra”) é uma pequena e montanhosa república situada nos Balcãs, no Sudeste da Europa, fazendo fronteira com o mar Adriático a sudoeste, com a Albânia e o Kosovo a sudeste, com a Bósnia e Herzegovina e uma pequena fronteira com a Croácia a noroeste, e com a Sérvia a nordeste. A sua capital é a cidade de Podgorica.

Entre 1945 e 1991, e desde então até 2003, foi uma das repúblicas constituintes da República Socialista da Jugoslávia e da República Federal da Jugoslávia, respectivamente; desde então e até Junho de 2006, foi uma das duas repúblicas que integraram o Estado da Sérvia e Montenegro.

Em 21 de Maio de 2006 realizou-se um referendo para determinar a vontade do povo de se tornar independente ou de manter a união com a Sérvia. Os resultados indicaram que 55,5% dos eleitores haviam escolhido a independência, poucas décimas acima dos 55% requeridos pelo referendo. Em 3 de Junho de 2006 o parlamento montenegrino declarou oficialmente a independência do novo país, mas só obteve aceitação da ONU no dia 28 de Junho do mesmo ano.

Atualmente, Montenegro está em pré-negociação para integrar a União Europeia. Fonte: Wikipedia.

montenegro kotor budva coisas que amamos viagem dicas o que fazer como chegar 9O que eu fiz

Como eu disse, passei um dia passeando pelo país.  Sai umas 9h de Dubrovnik, estava de carro alugado (contei sobre isso aqui) e 10h já estava em Montenegro. As estradas são ótimas, super fáceis de dirigir, bastante sinalizadas e com GPS a coisa fica ainda mais fácil né?

Fizemos o contorno no lago, nos fiordes e começamos as muitas paradas para foto. A primeira parada extra-oficial foi em Perast para admirar a Ilha de São Jorge e a Ilha de Pedra, que ficam lado a lado. A Ilha de Pedra abriga a igreja de Nossa Senhora do Lago. Diz a lenda que ela foi construída artificialmente por pescadores para pagar uma promessa. Já a Ilha de São Jorge tem seu monastério beneditino cercado por ciprestes. Lindo de ver!

montenegro kotor budva coisas que amamos viagem dicas o que fazer como chegar 10montenegro kotor budva coisas que amamos viagem dicas o que fazer como chegar 11As igrejinhas nas ilhas

Depois seguimos para Kotor. Por lá conhecemos a micra oldtown, as igrejas, a muralha super famosa e só não subimos até o topo porque queríamos conhecer Budva também. Mas me arrependi depois de não ter subido, por isso, recomendo muito que vocês subam.

Foi em Kotor também que almoçamos MUITO bem. E pelo que eu entendi a comida por lá é deliciosa em quase todos os lugares que você vai. Comemos no restaurante de um hotel bacaninha que eu não lembro o nome (sorry!!). O rooftop era uma delicia e tinha uma vista super gracinha para a muralha e para o morro da muralha. Só que o calor era tão grande que acabamos optando por comer na parte fechada mesmo e curtir um ar condicionado.

montenegro kotor budva coisas que amamos viagem dicas o que fazer como chegar 8 montenegro kotor budva coisas que amamos viagem dicas o que fazer como chegar 7 montenegro kotor budva coisas que amamos viagem dicas o que fazer como chegar 6A famosa muralha de Kotor de baixo pra cima, e a mínima cidade murada. Super lindinha!

Dali seguimos para Budva e mais uma vez demos de cara com uma micro cidade murada super fofa. Passeamos sem rumo pela cidade, conhecemos o forte, a praia, vimos a famosa estátua da bailarina e resolvemos não seguir até Sveti Stefan pois o tempo começou a fechar e chegou a chuviscar.

Voltamos dali encantados com o país, com vontade de ter mais tempo para curtir as praias, o agito, as mini cidades muradas e tudo que esse lugar tem a oferecer.

montenegro kotor budva coisas que amamos viagem dicas o que fazer como chegar 4 montenegro kotor budva coisas que amamos viagem dicas o que fazer como chegar 5Dentro do forte em Budva e a cidade murada visto da “torre” do forte.

Onde ficar

Eu sempre acho que nessas cidadezinhas vale super a pena se hospedar no coração, sabem? Então, selecionei em Kotor alguns hotéis dentro da cidade murada pra vocês darem uma olhada: Hotel Boutique Cattari, Hippocampus e  Villa Duomo.

Se você não se importar em ficar mais afastadinho dos centros e precisar do carro para fazer as coisas, não se preocupe, o que não faltam são ótimas opções por lá. O Aman, em Sveti  Stefan é o top hotel do país. Consequentemente é um dos mais caros também. Mas você vai econtrar outras ótimas opções como o Casa del Mare e o Forza Mare. Todos na beira da água, com prainha particular ou pier para você se refrescar durante o verão calorento do país.

Na stari grad de Budva (a cidade antiga) o hotel mais famosinho é o Astoria. Por lá, a minha recomendação para você é: pense em alugar um apartamento. Assim como Dubrovnik a opção de hotéis é pequena e os apartamentos são ótimas pedidas por lá. O Aurora e o Luxury Montesa são boas opções para quem quer ficar no coração da cidade.

comissão booking hotel grande

Como chegar

Como eu falei aqui, nós estávamos de carro alugado e foi bem tranquilo ir dirigindo até lá. A viagem é curta (mais ou menos 1h30 de duração) e o passeio é lindo. As coisas mais importantes aqui são: passaporte, carteira de motorista (levamos a internacional também!) e documento do carro.

Na hora de alugar confirmem que a sua locadora “permite” que você cruze a fronteira. Por que pelo que eu soube algumas não autorizam e tem isso escrito no documento do carro e ai você pode ser barrado.

Outra coisa para ficar atento: multas. Nós fomos multados por lá! #saco Estávamos acima da velocidade permitida. O permitido era 45km/h e nós estávamos a 60km/h. Um guarda nos parou, multou e ainda nos mandou para uma agência dos correios para pagar. Lá se foram 33 euros a toa! Mas tudo bem, virou história para contar. hehehehemontenegro kotor budva coisas que amamos viagem dicas o que fazer como chegar 2A vista do ferry que cruza a baía de Kotor. Nada mal atravessá-la admirando os fiordes.

montenegro kotor budva coisas que amamos viagem dicas o que fazer como chegar 1Fila de carros prontos para cruzar a fronteira.

Outras informações

Moeda: Euro.
Vistos: brasileiros não precisam de visto para entrar na Bósnia, mas precisam estar com passaporte válido e se estiverem de carro com a documentação do carro em dia e ok.
Capital: Podgórica
Seguro Viagem: Não é obrigatório, mas é sempre bom ter um seguro quando o assunto é viagem. Uso sempre o site da Real, que é parceira do blog, e gosto muito.

Eu achei super válido ter ido conhecer Montenegro. O país vizinho a Croácia é lindíssimo e tem muita coisa para mostrar aos turistas. Já adianto que muito em breve ele será mais um dos points de praia e agito do verão europeu. Ibiza que se cuide, Montenegro tá chegando com tudo! =)