23
set 2014

5 séries que viciam (pra ver sozinha ou acompanhada!)

coisas que amamos melhores series que viciamSempre fui seriemaníaca, então, esse título não é muito para pessoas como eu que se permitem viciar em qualquer tipo de série. Meu marido, é exatamente o oposto. Sempre odiou, nunca quis ver nenhuma, mas ele tem se esforçado para acompanhar o meu ritmo, por isso, comecei a ver séries que são mais a cara dele também. Estou impressionada como essas séries viciam… dá vontade de ficar vendo, vendo, vendo, vendo… até acabarem por completo.

Ou seja, se você está sozinha e sem nenhum vicio televisivo, esse post é pra você. Se você tem um marido/namorado que odeia séries, esse post também é pra você!

Breaking Bed

Sinopse: A história de Walter White (Bryan Cranston), um humilde professor de química que vê sua vida se transformar quando descobre ser portador de um câncer terminal. Com um passado brilhante como pesquisador, Walter amarga agora uma terrível situação financeira trabalhando como professor em uma escola de ensino médio. Com seu modesto salário sustenta a esposa Skyler (Anna Gunn) e seu filho Walter Jr. (RJ Mitte), que sofre de paralisia cerebral. Walter fica desesperado ao perceber que sua família irá passar necessidades após sua morte e decide que fará qualquer coisa para que eles não sofram com a falta de dinheiro. Impulsionado pelo medo e por desejo de oferecer dignidade à Skyler e Jr. ele começa a usar suas habilidades em química a favor do crime, montando um laboratório de drogas para financiar seus anseios.

A primeira temporada não é incrível, mas conforme os episódios vão passando você vai ficando morrendo de vontade de saber o que vai acontecer. Por isso é tão viciante.

House of Cards

Sinopse: Frank Underwood é um astuto congressista norte-americano que é traído pelo presidente que ele ajudou a eleger. Com a ajuda da esposa, de uma jornalista ambiciosa e de um outro político com problemas com alcoolismo, Underwood inicia um plano para minar adversários políticos e conquistar, em alguns anos, a presidência dos Estados Unidos.

Comecei a ver agora depois de MUITA influência do meu pai e amigos. Todos elogiam muito e falam que realmente não dá vontade de parar de ver… Ainda não cheguei nesse estágio, mas estou curtindo bastante.

Revenge

Sinopse: Emily Thorne, cujo verdadeiro nome é Amanda Clarke, volta a Hamptons para se vingar das pessoas que destruíram sua família e causaram a morte de seu pai. Quando Amanda era criança seu pai foi preso sob a acusação falsa e injusta de terrorismo, sendo julgado e condenado à prisão, onde acabou sendo assasinado. Amanda sente que teve a vida destruída por essas pessoas que armaram contra seu pai, fazendo com que ela passasse sua infância no reformatório, uma detenção juvenil. Quando completou 18 anos, ela foi solta e recebeu a herança de seu pai, além de uma caixa contendo detalhes sobre as pessoas que arruinaram a vida deles, assim ela muda seu nome para Emily Thorne e resolve vingar-se de cada um deles.

Sem querer puxar sardinha pro “meu lado”, essa é a minha série favorita. Amo, amo, amo! Não perco nenhum episódio e fico aguardando as novas temporadas ansiosamente, sem nem conseguir imaginar como pode ficar melhor ou o que mais pode acontecer. Vicio garantido!

Homeland

Sinopse: A agente da CIA Carrie Mathison, especialista em terrorismo no Oriente Médio, recebe de um informante a dica de que um soldado americano vai começar a trabalhar para uma organização terrorista. Pouco meses depois, o sargento Nicholas Brody é encontrado, após oito anos desaparecido em território inimigo, e é recebido com um herói por toda a nação — menos pela brilhante, mas instável Carrie, que tem certeza de que ele é o inimigo infiltrado. Enquanto Brody tenta se reintegrar à sua vida antiga, Carrie corre contra o tempo para provar que ele é um terrorista — no entanto, as suas tentativas são frustradas e quem a apoiava começa a duvidar seriamente de sua estabilidade emocional. A CIA está com um pé atrás em relação às deduções da agente, afinal suas últimas ações no Oriente Médio foram fracassadas e ninguém quer acusar um herói nacional de terrorismo sem provas suficientes.

Dessas séries é a única que eu ainda nem comecei a ver, mas pelo que as pessoas falam já estou morrendo de vontade. E se você quer que o boy veja com você, essa é uma das que provavelmente vai agradá-lo mais.

Scandal

Sinopse: Uma ex-consultora de mídia do Presidente, Olivia Pope (Kerry Washington) dedica sua vida a proteger e defender as imagens públicas da elite americana, resolvendo problemas antes que o mundo saiba que eles já existiram. Depois de deixar a Casa Branca, ela abre sua própria empresa, na esperança de iniciar um novo capítulo – tanto profissionalmente como pessoalmente – mas ela parece não conseguir cortar completamente os laços com seu passado.

Desde o primeiro episódio que assisti, tive aquele feeling de que essa série iria ser boa o bastante para criar aquele “apego”. A série tem uma mistura de suspense, romance e ação que te envolvem e prendem na trama.

Aonde assistir?

Tem gente que baixa tudo da internet. Eu sou mais “old school” e gosto de assistir nos canais de série (tipo Warner e Sony) ou no Netflix, que é minha mais nova paixão. A desvantagem dos canais de série, é que você tem que esperar uma semana para ver os novos episódios e aguardar as novas temporadas serem lançadas. Sem falar que tem que ficar a disposição da programação do canal. Ou seja, só assiste no dia e horário que eles querem. Isso é chato, mas…

No Netflix, você já tem várias temporadas e pode assistir na hora que quiser e aonde quiser. A desvantagem é que o Netflix tem uma assinatura mensal. Algo em torno de R$15. Pra mim vale a pena, porque além de série você tem milhares de filmes pra assistir ali. A sua mensalidade do Netflix te permite ver pelo computador ou pela Apple TV. Se você tiver uma Smart TV com acesso a rede wifi, você também pode usá-la para assistir. Eu acho vantajoso.