30
jan 2012

Diário de Viagem: Las Vegas!

Falar sobre Las Vegas poderia ser uma tarefa facílima. Cassinos, boates, shows, bons restaurantes, agito noturno, Grand Canyon e compras. Acabou! A cidade é isso, mas não pensem que é pouco. Isso é muita coisa e é uma delicia de fazer. Não são apenas cassinos, são os maiores do mundo. Não são boates comuns, são as mais desejadas e badaladas. Os shows são tão famosos quanto os da Broadway e alguns estão em cartaz há mais de uma década. Os restaurantes são pra todos os gostos, preços, possibilidades e desejos. E sim, conseguem agradar a todos. E o Grand Canyon, uma das maravilhas do mundo ali do lado. Sem falar nas compras, que só acabam junto com o seu dinheiro. Resumindo: Las Vegas é demais!

  • O que fazer nos Cassinos?

Acho que se você tirar um dia inteirinho pra conhecer todos os cassinos da Strip, ainda assim, talvez você não consiga terminar a missão. São imensos e cada um com seu estilo, seus horários e suas atrações. Esse é um passeio que você faz por conta própria e que é típico da cidade. Saia andando pela Las Vegas Boulevard (também conhecida como Strip – a rua dos cassinos) e entre em todos os cassinos para conhecê-los. Vale a pena.

Bellagio: O show das águas que acontece no lago na frente do hotel é imperdível. Assista de dia e a noite e quantas outras vezes achar necessário. As músicas mudam e a dança das águas também.
MGM: Tem uma aparição dos leões. Achei bem fraquinho. Para crianças talvez seja legal.
Mirage: Show Volcano. Simula a erupção de um vulcão na frente do hotel. Legalzinho.
Tresure Island: Show dos piratas. É o maior que acontece na frente dos hoteis, mas é bobo demais. As crianças vão gostar, os adultos nem tanto.
Venetian: Lindo e com passeios de gondola pra quem estiver disposto a pagar uma graninha pros gondoleiros cantores.
New York, New York: Tem uma montanha russa super legal dentro. Para dar uma volta nela basta pagar $14. Ela começa no interior do hotel e vai para o lado de fora onde passa a Strip. Parece ser bem radical.
Stratosphere: Tem vários brinquedos no alto da torre, para subir você tem que pagar, a não ser que tenha reserva no restaurante Top of the World. Cada brinquedinho custa algo em torno de R$20.

  • O que fazer off  Cassinos

Tudo. Afinal é isso que tem pra fazer, um pouco de tudo. Shows, passeios, visitas, compras e fotos e mais fotos. Sem parar. Pra quem quer fugir um pouco da muvuquinha que fica na rua principal da cidade as opções são poucas, mas não são inexistentes.

Cirque du Solei: São vários show do grupo para você escolher. Os mais famosos são o “O” (amei!), La Rève, Ka e Love (dos Beatles). Assisti o Mystère deles e achei fraco. Não recomendo.
Outros shows: Tem pra todos os gostos. Vale a pena investigar os cantores que farão show no período da sua estada por lá. Celine Dion, Steve Wonder e Elton John são figurinhas quase que garantidas. Além desses shows de música é possivel comprar peças de teatro, comédias, show de mágica (alô David Copperfield), Blue Man Group, striptease para homens e mulheres e muito mais. Escolha de acordo com o seu estilo e com o quanto você está disposto a gastar.
Grand Canyon: Você pode ir de ônibus, helicóptero ou de carro. A escolha é sua. Eu fui de helicóptero e amei tanto que fiz um post aqui sobre isso.
Freemont Street: É a parte mais antiga de Vegas. Foi reformada e hoje recebe muitos turistas por conta de seu show de músicas e imagens projetadas no teto eletrônico que tem na rua.

  • Onde comer?

Acho que Las Vegas é o melhor lugar do mundo para comer. Você encontra restaurantes excelentes de todos os tipos, gostos e preços em cada esquina. Fiquei impressionada com a quantidade de bons restaurantes que encontrei lá. O MGM é o hotel com o maior número de restaurantes da cidade, inclusive é lá que está o estrelado Joel Robuchon, um dos mais famosos e caros restaurantes da cidade. Mas todos os hotéis tem uma variada gama de restaurantes pra sua escolha, inclusive os “all you can eat”. Eu não fui em nenhum desses pois as filas dos mais famosos (Bellagio e Paris) eram imensas, mas dizem que vale a pena.

Aureole: Lindo e delicioso. Com uma adega de 3 andares (sim, de um prédio) e tecnologia para escolher vinhos e harmonizá-los com seu prato. Não deixem de pedir o Risoto de Cogumelos com presunto de parma de entrada. É  divino. Fica no Mandalay Bay.
Top of the World: O restaurante giratório no topo do Stratosphere é quase um ponto turístico. Com preço bom, comida deliciosa e uma vista linda da cidade ele não pode ficar de fora da sua seleção de onde comer. Não esqueça de fazer reserva.
PJ Clarks: Pra quem gosta de um bom hamburger esse é uma boa opção. Fica no The Forum Shops at Caesars.
Crafts Steakhouse: Pra quem gosta de Top Chef, esse é o restaure de carnes do Tom Colicchio o jurado do programa. Fica no MGM.

  • Onde comprar?

Acho que a pergunta mais correta seria: Como fugir das compras? Em Vegas, para todos os lados que olha você encontra alguma coisa para comprar. É impressionante. De artigos de luxo a lembrancinhas turísticas em Vegas você encontra tudo, sempre.

Outlet: Falei bastante sobre o Las Vegas North Outlet que eu fui nesse post aqui. Ótimo pra fazer compras em massa hahahaha.
Crystals: O shopping mais luxuoso da cidade. Lindo por fora e caro por dentro. Só grandes nomes como: Hermès, Balenciaga, Prada, Dior e outras desse mesmo nível são encontradas por lá. Pra quem vai se jogar nas brands esse é o lugar perfeito. Todas reunidas num só local.
Fashion Show: O shopping que fica em frente ao Palazzo é uma ótima opção pra quem não quer torrar todo o dinheiro. Tem Forever 21 (a maior que eu já vi na vida – são 3 andares enormes), Zara, Abercrombie e outras desse tipo.
The Forum Shops at Caesars: Gostei muito desse shopping. Lá tem Marc Jacobs, Tory Burch, MAC…
Hotéis: Nos hotéis mais chiques você encontra muitas lojas de luxo como Chanel e Louis Vuitton. Se você preferir comprar no hotel ao invés de comprar no Crystals essa também é uma opção. Muitos shoppings ficam também na passagem entre um hotel e outro, portanto, passeie muito e entre e saia dos hoteis na hora de fazer suas compras.
Ross: Tem uma enorme ao lado do MGM. Pra quem não conhece é uma loja que vende roupas de coleções antigas (tipo um outlet) de várias marcas com preços baixíssimos. É enorme e uma zona, mas vale a pena catar coisas por lá. Nike, Diesel, Samsonite e Jamsport são algumas das marcas que você encontra.

  • Como se locomover?

Eu diria pra vocês o que eu digo pra todo mundo: ande, ande, ande! Essa é sempre a melhor opção para conhecer um lugar, mas como eu sei que os pés se cansam e que as compras pesam, as vezes é necessário andar por Vegas sem gastar toda a sola dos seus sapatos. Ai vão algumas dicas.

Monorail: Para andar pela strip você pode optar pelo monorail. Eu fiz essa opção, mas não valeu muito a pena. Meu hotel não tinha ponto e as paradas ficam afastadas das entradas dos hoteis, então era necessário andar muito para chegar na estação. Se o seu hotel tem uma estação de monorail e você não se importa de andar até ela, talvez essa seja uma boa alternativa pra você. O passe de 24h custa $12 e começa a valer da hora que você faz a compra. Quem quiser andar entre os hoteis Luxor, Excalibur e Mandalay Bay, eles oferecem um monorail gratuito entre eles. Vale a pena.
Ônibus: Acho que essa é a melhor opção. Sim, as vezes a Strip está engarrafada e por isso o ônibus pode demorar (nada que você não aguente, ok?!) a chegar ao seu destino, mas de qualquer maneira se você calcular o tempo que anda até a estação de monorail deve dar o mesmo tempo que fica parado na Strip. São vários pontos espalhados ao longo da rua e basta fazer sinal que o motorista para. A passagem custa $7 e você tem que ter o dinheiro certinho pois o “trocador” é uma maquininha que não dá troco.
Taxi: Também é uma boa opção. Não é muito caro e muita vezes pra andar de um ponto ao outro na Strip você vai gastar o preço da passagem do ônibus. Normalmente os taxistas pegam a highway que fica parelela a Strip (e completamente sem trânsito) então vão bem mais rápido de um ponto ao outro. Um taxi do Excalibur ao Stratosphere, por exemplo, custa aproximadamente $17. Até o outlet $20.

  • Onde ficar?

Na Strip! Essa é a resposta mais fácil de todas. Os hotéis de Vegas são super baratos. Escolha aquele que se encaixa no seu perfil de gasto vs sofisticação. Veja se seu cartão de crédito faz alguma parceria com eles (normalmente os platinum e black fazem!) e mande ver na sua escolha. Fiquei no Excalibur e não recomendo. Apesar de ser um dos hotéis mais simples da Strip o quarto era bem satisfatório. Não repetiria porque iria preferir ficar mais bem localizada na Strip. Os hotéis mais pro meio da rua são mais bacanas. Acho que o Venetian, Bellagio ou Paris seriam minhas opções hoje.  Bons, bonitos e bem localizados. Esse é sempre o meu lema.

 

  • Badalando nas nights

Sou nova pra algumas coisas e velhas pra outras. Se tem uma coisa que eu adoro fazer é sair pra dançar. Estando em Vegas não podia perder a oportunidade de conhecer as boates mais famosas do mundo né!? Pelo tempo que eu fiquei vs condições físicas só consegui conhecer duas  mas valeu a pena e eu me diverti demais. Experiência recomenda para todas as idades (preferencialmente todas as idades acima de 21 anos).

Conheci a TAO, que fica no Venetian, e é super famosinha por receber celebridades e por seu buda gigante, e na noite de reveillon fui para a Pure, no Ceasar. Gostei das duas, mas não posso negar que achei as músicas da Tao melhores. O único problema que identifiquei foi pegar bebidas. As filas são enooormes. Na Tao dá pra driblar isso pegando bebida no primeiro andar, que é o restaurante (mas quem gosta de jantar relaxado pode esquecer, lá é praticamente um jantar dançante! hahahah).

  • Dicas espertas!

Aquelas dicas que todo mundo quer e precisa antes de viajar, mas são difíceis de encontrar por ai na hora que a gente precisa.

- Se precisar comprar uma mala esqueça o Outlet. Na Ross você encontra malas das melhores marcas por preços ínfimos. Vale muito a pena.
– Não deixe de fazer reserva nos restaurantes que quiser muito ir. Muitos deles não aceitam gente que chega na hora sem reserva.
– Muitas vezes o traje para jantar e badalar é social. Então nada de tênis/sapatênis para os homens. Sapato e camisa social são necessários.
– Se quiser ir ao topo do Stratosphere sem pagar, faça reserva no Top of the World. Fora isso, são $16 só pra subir.
– Ao longo da Strip e no Fashion Show tem quiosques que vendem ingressos pro show da noite por preços bem mais baratos. Chegue cedo e compre o seu por um preço bem menor. – Acho que um deles chama Tix4Tonight.
– Negocie o preço do passeio de helicóptero. Dizem que funciona.
– Use e abuse do concierge do seu hotel. Eles fazem reservas em restaurentes, compram passeios e shows e tem o sistema interligados com todos os hoteis. E o melhor: não cobram nada por isso. É uma mão na roda.
– No outlet alugue um locker se não quiser ficar carregando suas compras pra cima e pra baixo.
– Para badalar fora do seu hotel chegue cedo (tipo 21h30). Muitas vezes isso faz a diferença na hora de você entrar na boate.
– Jogue $0,75 por vez nas máquinas do Wheel of Fortune de $0,25. Elas sempre pagam bem e por isso são as mais disputadas.
– Beba de graça nas mesas de jogos… as moças demoram a trazer a bebida, mas trazem.
– Não esqueça de dar gorgeja pra todo mundo. Da moça que te traz bebida na mesa até o taxista que te leva de um ponto ao outro. Eles ficam muito ofendidos se não ganharem nada.
– Vegas é um dos poucos lugares dos EUA (ou seria o único?) onde você pode andar na rua com bebidas alcóolicas na mão. Aproveite pra tomar sua cervejinha sem problemas na rua.
– Menores de 21 anos não jogam, não bebem e nem podem ficar perto das mesas de jogos. Espere até ter 21 anos pra ir a Vegas. Você vai aproveitar muito mais.
– Ande SEMPRE com seu passaporte/documento original. Sem ele você não pode fazer nada na cidade, nem compras com cartão de crédito.
– Se vai de Los Angeles para Vegas, faça o orçamento do aluguel do carro com gasolina vs o vôo. Muitas vezes ir de avião é mais barato.

Ufa! Acho que com esse guia vocês vão fazer uma ótima viagem e vão conseguir aproveitar muito o que Las Vegas oferece. Divirtam-se e boa viagem!

VEJA MAIS EM:
Voando pelo Grand Canyon
Vegas North – o outlet
Diário de Park City
Tanger – o outlet

125 ideias sobre “Diário de Viagem: Las Vegas!

  1. Gerrie

    Nathalia,

    Sou rato de blogs de viagem. Estou indo para Vegas no dia 14 de janeiro. Me deparei com este seu blog. Vou seguir todas as dicas, que sao EXCELENTES. Vc nasceu pra ser mesmo blogueira de viagem. Parabéns.

    Responder
    1. Nathalia Autor do post

      Obrigada Gerrie!
      Viajar é um prazer enorme pra mim, e fazer esses posts também!
      Fico feliz em saber que alguém que é conhecedor desse “mundo” curte meus posts! =)
      Beijos e boa viagem!

      Responder
  2. Carla

    Oi Nathalia.

    Adorei seu roteiro. Estou indo em Junho e ficarei 20 dias. Vamos a Vegas também. Só estou com dúvida o quanto levar de dinheiro.
    Me disseram para calcular U$50,00 dolares por dia. Me da uma luz..rs!!
    Obrigada :)

    Responder
    1. Nathalia Autor do post

      Oi Carla!

      Tudo bem?
      Pra ser beeeem honesta, acho que U$50 em Vegas dá se você não jogar, não comer em bons restaurantes e não fizer compras.
      Tenta reservar um pouquinho a mais pra cada dia. Acho que você vai ficar mais confortável.
      Claro que dá pra você ficar bem com essa quantia, mas acho que vai abrir mão de coisas muito bacanas como: comer em excelentes restaurantes (isso é o que não falta por lá), jogar (nem que seja um pouquinho), fazer umas comprinhas, passeios…

      Enfim, acho que você podia tentar se organizar para levar um pouco mais e se sobrar ótimo!

      Beijos

      Responder
  3. jose francisco soler

    Ola Nathalia tudo bem ??, aqui é o Zé Soler novamente, a nossa viagem já está chegando, e mais uma vez gostaria de saber de você, já que vamos praticamente fazer todo o roteiro sugerido por você, sobre os passeios de helicoptero de Vegas para o Grand Canyon, o que você teria para nos falar sobre: preços, agências e endereços, o tuor, etc. Andei vendo alguma coisa, mas achei os passeios muito longos (5, 6 e mais horas) e caros, o que gostaríamos seria mais curto e barato. Se puder nos ajudar…..bjs da familia Soler

    Responder
    1. Nathalia Autor do post

      Oi José!

      Não sei se você chegou a ver esse post aqui http://coisasqueamamos.com/2012/01/23/voando-no-grand-canyon/
      Nele eu falo bem mais sobre o passeio de helicóptero, a empresa que eu voei e como eu organizei o meu vôo.
      Acho assim que você chegar no hotel, pode ir ao concierge e pedir informações sobre os voos que eles “oferecem”. Na verdade, eles indicam alguma empresa da confiança deles e te passam todas as informações.
      Tenho certeza que tem voos mais curtos sim, mas esses de 5 ou 6 horas não são necessariamente horas de voo, mas sim tempo de duração do passeio em geral que conta desde a hora que eles te pegam no hotel até o horário que você volta.
      De voo mesmo são umas 3 horas no máximo!

      Dá uma olhada naquele post ali em cima. Se você ficar com dúvida me fala!

      Beijos e boa viagem pra você e sua família!

      Responder
  4. Eva

    Olá! Vamos a Vegas final de março e somos uma família de 4 adultos (casal com 2 filhos adultos). A agencia nos cotou o Hotel VDARA (cassino free) e o MGM (com cassino). A desvantagem do VDARA é que o quarto mais barato é cama de casal e uma bicama (desconfortável para nós 4) e a vantagem é nao ter o cheiro de cigarro dos cassinos! Já o MGM não tem frigobar mas é cheio de atrações. O que vc sugere? Os preços dos dois é quase o mesmo! O que seria mais interessante para nós visto que não estaremos de carro?

    Responder
    1. Nathalia Autor do post

      Oi Eva!

      Eu não conheço o Vdara, mas pelo que vi no mapa da Strip a localização dele é ótima. Até melhor que a do MGM.
      O fato de ter ou não ter cassino no hotel acho que não faz tanta diferença pra quem não liga para o jogo. Eu pessoalmente acho bacana ficar num hotel com cassino (me faz entrar mais no clima, sabe?) E sim, o cheiro de cigarro do cassino é péssimo, mas também só fica no cassino. Se isso te incomoda, peça um quarto de não fumantes para evitar surpresas.
      Quanto ao frigobar…. bom, ai você tem que pesar a importância disso para você.
      Confirme também se seu hotel tem ar condicionado. Você vai em uma época de MUITO calor é fundamental ar condicionado.
      Eu adorei o MGM, mas achei a localização do Vdara um pouco melhor.
      Se ainda está em dúvida, use outros itens para desempatar. Por exemplo: tem café da manhã? transporte? wifi? alguma atração? restaurantes?

      Espero ter ajudado.

      Beijos e boa viagem!

      Responder
    1. Nathalia Autor do post

      Oi Rodrigo!
      Dá uma lida ai nos comentários porque o pessoal postou muita coisa bacana!
      Além das minhas dicas o que o pessoal posta ai é muito útil!
      Beijos

      Responder
  5. Teka Bezerra

    Nathalia, vc é genial.
    Estamos indo a Las Vegas e New York agora em março/2013. Gostariamos de saber se vc pode nos orientar sobre o clima nestas cidades nessa época de março e também o tipo de roupa que devemos levar tanto para homem quanto para mulher.
    Aguardamos a sua grandiosa orientação.
    Bjos,
    Teka
    06 de fevereiro de 2013

    Responder
    1. Nathalia Autor do post

      Teka, obrigada! Muita delicadeza da sua parte.

      Vamos lá… segundo o site http://www.vamosparalasvegas.com.br/clima.html o clima em março varia entre 12 e 20 graus, mas falando assim parece ser bem mais frio do que é de verdade.
      Eu fui no inverno e durante o dia usava jeans + camiseta + casaquinho leve e a noite colocava um casaco mais pesado.
      Leve um casaco mais pesado e roupas que sejam meio termo e se for esfriando ou ficando mais quente você vai colocando ou tirando camadas. Acho que essa é a melhor solução no seu caso.

      O estilo de se vestir é bem simples. Você não precisa super se arrumar para nada, porém, é de bom tom se vestir melhor se for a um espetáculo de teatro/show, boate e restaurantes mais elegantes. Alguns lugares exigem um traje mais arrumadinho, mas não são muitos deles.
      Por exemplo: homens devem estar de sapato e camisa social para ir as boates.
      Fora isso, vista-se como se sentir bem.
      Se for andar muito use um calçado confortável. Eu fiquei com o pé suuuuuper dolorido depois de um dia inteiro no outlet! hahahahah

      Beijos e boa viagem!

      Responder
  6. Teka Bezerra

    Muito obrigada Nathalia.
    A dica foi muito boa e satisfatória.

    Só me tira uma dúvida, essa dica vale p/Vegas, e para New York ? Acredito que o clima l em N.Y. seja + frio.

    Bjos e obrigada pela dica.

    Responder
  7. Juci

    Oiii Nathalia!! Você é d++++++…to programando pra março a minha viagem, só tem um detalhe, não falo inglês… voce acha que vou ter muita dificuldade de me comunicar por lá?!? Bjo

    Responder
    1. Nathalia Autor do post

      Oi Juci,

      Sem falar inglês é mais complicado mas não é impossível.
      Baixe uns aplicativos de tradução no celular e vá praticando a mímica. Tenho certeza de que você vai se virar bem!

      Beijos e boa sorte.

      Responder
  8. Joana

    Olá Nathalia!
    Em Julho vou com os meus pais e com a minha irmã para Las Vegas, ficaremos no hotel “Club De Soleil”, um pouco afastado da Strip. Também estamos querendo fazer o passeio do Grand Canyon e passar uns dois dias em Los Angeles. Gostaria de saber se valeria a pena o aluguel de um carro para irmos à Strip, outlets, Grand Canyon e Los Angeles ou se os onibus/avião sairiam mais barato.
    Muito obrigada e parabéns pelo blog, adorei as dicas.

    Responder
    1. Nathalia Autor do post

      Acho que se vocês vao para LA, alugar um carro é uma boa opção sim, especialmente se vão ficar afastadas da Strip.
      Em LA ficar sem carro é inviável. A cidade é enorme e só com carro você consegue conhecer tudo.

      Com relação ao Grand Canyon, se vocês vão fazer o passeio de helicóptero não precisam de carro. Se forem de carro para lá, tem a opção de dormir por lá, que é bem legal também. Acho que além de ser menos cansativo vocês vão aproveitar mais.

      Beijos

      Responder
  9. LUIS FERNANDO

    Oi Nathalia, tudo bem ? Primeiro, vou ser repetitivo, mas parabéns por esse post, não só comparado com outros que pesquisei, mas até pelo fato de já ter ido a Vegas, realmente está muito bom, muito completo e bastante isento, dá para cada um fazer as suas escolhas. Farei uma viagem para comemorar 15 anos de formado junto com alguns colegas de faculdade e confesso que usei o seu post para aqueles que ainda não foram a Vegas sentirem mais vontade de ir. Só vou discordar de você num ponto que é em relação ao Excalibur. Achei muito satisfatório, custo/benefício incomparável, e perto de tudo sim, é só caminhar um pouquinho né… E não tive essa sensação de cheiro de cigarro, e olha que sou daqueles bastante intolerantes quanto a isso. Você tem outras dicas de boates ? Parabéns de novo e obrigado, Luis

    Responder
    1. Nathalia Autor do post

      Oi Luis,

      Coloquei aqui as dicas de boate que visitei e que recebi recomendação, mas vale a pena você perguntar para o concierge do seu hotel que boates estão “bombando” na época da sua viagem.
      Assim você terá novas opções, e melhor ainda, opção de gente que mora lá.

      Beijos

      Responder
  10. Ana Rosa

    Nathalia, eu e meu namorado estamos pensando em ficar no Flamingo. O q vc acha? achamos o preço muito interessante. ADOREI seu blog. Estamos começando a organizar nossa viagem q será em setembro e seu site esta ajudando mt!!! Setembro é calor em las vegas?
    beijosss

    Responder
    1. Nathalia Autor do post

      Oi Ana,

      Não me lembro exatamente onde é o Flamingo, mas se for na strip perto da muvuca deve ser bom sim.
      Setembro é fim de verão então ainda não está frio, mas também não está calorão. Leve roupas frescas para o dia e mais quentinhas para a noite.

      Beijos e boa viagem

      Responder
  11. ANA CAROLINA

    Oi Nathalia , parabéns pelo post, o melhor dos últimos tempos !! Fui a Las Vegas em outubro do ano passado e me hospedei no Cosmopolitan ….. minha suíte dava de frente para a fonte do Bellagio….maravilhoso !!! Então…. vc já fez algum post sobre Nova Iorque ? Vou pela segunda vez e queria umas dicas !!!
    Beijos

    Responder
  12. Welder V C Medeiros

    Cara Nathalia, gostei muito das dicas sobre Las Vegas, estou embarcando pra lá hoje. Certamente, vou usar muitas das suas recomendações, apesar de estarmos em fusos diferentes, eu tenho mais de cinquenta anos de idade. Obrigado e grande abraço!

    Responder
    1. Nathalia Autor do post

      Welder!

      Que bom que gostou. Faça uma ótima viagem e aproveite muito! =)
      Mesmo com a diferença de idade, acho que você vai curtir algumas dessas dicas, em especial os passeios e restaurantes!

      beijos

      Responder
  13. João Miguel

    Olá Nathalia, muito bom esse seu blog, pretendo ir nas férias de julho de 2014, vamos em quatro amigos, estudantes de Engenharia, nosso roteiro é ir para Los Angeles e lá alugar um carro com destino a Las Vegas e no caminho ir parando em algumas cidades e ficando por uma noite, até chegar em Vegas. onde queremos conhecer os cassinos e até arriscar uma partida de Poker , tudo isso gastando pouco, para gastarmos mesmo nas compras nos outlets . Quero algumas dicas sobre os cassinos e se é simples ir até lá e jogar poker e outras dicas sobre esse roteiro.

    Parabéns pelo blog e um grande abraço!!

    Responder
    1. Nathalia Autor do post

      Oi João!

      Você não poderia ter escolhido melhor viagem para fazer com os amigos!
      Vai ser incrível, com toda certeza!

      Com relação a jogar nos cassinos, é bem simples.
      Basta entrar, ter mais de 21 anos, apresentar o passaporte (eles pedem sempre um documento original, então se não quiser ser expulso do cassino, esteja sempre com ele em mãos) e jogar.
      As mesas variam de acordo com o dinheiro que você quer gastar. Então procure as de valor mais baixo, se não quiser jogar tanto, e divirta-se.

      Se tiver mais dúvidas pode deixar ai nos comments que eu respondo tudo que eu souber!

      Beijos e boa viagem

      Responder
    1. Nathalia Autor do post

      Oi Sidney!

      SIM! É super tranquilo andar por lá a noite.
      A rua fica movimentadíssima. Além de várias lojas, bares, resaturantes e hoteis abertos… eu diria que 90% das pessoas que ficam por lá são turistas então tá todo mundo no mesmo barco, sassaricando de um lado para o outro.

      Além disso, pra garantir a segurança, alguns carros de polícia fazem a patrulha da rua e ficam indo e vindo para garantir a ordem por ali.

      Beijos e boa viagem

      Responder
  14. Glauber Silva

    Oi Nathalia !!
    Muito legal todas suas dicas, vou usa-las muito no fim de dezembro , quando for passar o réveillon por lá. Alias minhas perguntas tem relação com réveillon : onde passar a virada do ano em Vegas ? Minha esposa queria uma balada bem agitada. Sugestões ? Onde compro o ingresso com bastante antecedência , tipo agora mesmo ?
    Clima lá em dezembro é muito frio mesmo ?
    Obrigado pelas ótimas dicas

    Responder
  15. Glauber Silva

    Desculpa Nathalia , minha outra duvida é até que horas posso visitar cassinos visto que terei 4 dias inteiros , e são inúmeros cassinos e atracões

    Responder
    1. Nathalia Autor do post

      Oi Glauber,

      Na noite da virada a Strip fica fechada e o povo vai pra rua ver uma pequena queima de fogos. Como a temperatura é baixa, nem achei essa uma boa opção.

      As festas de reveillon por lá são incríveis. E sim, os ingressos tem que ser comprados com antecedência. Ainda é muito cedo pra vc comprar os seus, eles em devem estar a venda ainda. Mas fique ligado pois as principais festas esgotam rápido.

      Comprei o meu convite da festa com pouco mais de um mês de antecedência, diretamente no site do hotel e peguei lá um dia antes da festa.

      Sei que tem vários sites na internet que vão atualizando a programação de festas de todas as boates. Através deles você pode escolher a “atração” que mais te agrada e a sua festa preferida. Coloca no Google porque os sites mudam todo ano.

      Com relação a temperatura, faz bastante frio a noite e durante o dia bem menos. Casaco de inverno e blusas mais leves para baixo, assim vc não fica com frio e nem passa calor.

      Boa viagem

      Responder
  16. Glauber Silva

    Muito obrigado!!
    Escutei falar que tudo funciona até 23:00 hs, é verdade?
    Podemos visitar os hotéis esse horário ? Vale a pena?

    Responder
    1. Nathalia Autor do post

      Oi Glauber,

      Os cassinos funcionam 24hr, assim como os hotéis. Você pode visitar a hora que bem entender.
      As atrações que os hoteis e cassinos oferecem tem hora certa para acontecer.
      Lojas, shoppings e restaurantes também funcionam até mais tarde que o normal, afinal, você está em Vegas a cidade que nunca dorme.
      Ou pelo menos, não parece que dorme. hahahahaha

      Beijos

      Responder
  17. Camila Oliveira

    Olá Nathalia,

    Primeramente gostaria parabenizá-la pela maravilhosa iniciativa.

    Irei para Vegas no Carnaval de 2014 (8 dias).

    Bom, gostaria de saber se você me recomenda passar os 8 dias no mesmo hotel (tipo Bellagio) ou 2 em um hotel,3 em outro e 3 em outro?

    Para quem não tem problema com dinheiro (pagarei com milha), quais hotéis você recomendaria. Viajarei com meu namorado, tenho 23 e ele 24, queremos agito.

    O carnaval de 2014 será em março, nesse período já high season?

    Um abraço,

    Camila

    Responder
    1. Nathalia Autor do post

      Oi Camila,

      Obrigada pelos elogios =) Fico muito feliz em saber que o post ajuda tanta gente!
      Acho que passar os 8 dias no Bellagio é uma ótima (e cara) opção.
      Se você puder pagar, não pense duas vezes. Ele fica super bem localizado, e é maravilhoso.

      Com relação ao agito, você e seu namorado vão pular de hotel em hotel o tempo inteiro. Procurando as melhores festas, nights e o tipo de agito que vocês quiserem.
      Com relação a ser alta temporada, acho que ainda não é alta, mas o tempo já está mais quente e isso é ótimo por um lado, pois muitas pool parties já começam a acontecer e vocês não vão precisar se encasacar todo o tempo.

      Minha única ressalva é: 8 dias talvez seja muito tempo para ficar em Vegas. Pense nisso!

      Boa viagem e muito agito no seu Carnaval! =)

      Beijos

      Responder
  18. Janaína

    Oi Nathalia,

    Menina, adorei o seu Post… Me ajudou muitíssimo. Obrigada.
    Estou indo a Vegas no comecinho de outubro e ainda não decidi que show do Cirque du Soleil assistir. Todo mundo me diz que “O” é o melhor, mas eu sou loucamente apaixonada pelos Beatles e estou muito balançada a ir ao Love. Qual vc assistiu??? Qual gostou mais??? Me ajuda aí, amiga, estou numa dúvida cruel.

    Abraços

    Janaína

    Responder
    1. Nathalia Autor do post

      Oi Janaína,

      Bem, isso é uma coisa muitíssimo pessoal, né?
      Eu assisti o “O” e amei. Não quis ver o Love porque me disseram que era muito mais musical e muito menos Cirque du Solei, sabe!?
      Mas acho que se você ama os Beatles, muito provavelmente vai adorar o espetáculo.
      Se for possível, tente assistir aos dois. Vai matar a curiosiodade de ver um Cirque de Solei na água e vai matar o desejo de ver um Cirque todo com música dos Beatles.

      Em vários pontos da Strip, tem barraquinhas que vendem ingressos para os espetáculos a preços mais acessíveis. Tenta comprar por lá, vai que você consegue por um preço mais acessível algum desses?! Ai vai poder ver os dois, se o problema for o precinho salgado dos shows! =)

      Boa viagem e divirta-se!

      Responder
  19. Larissa

    Ei Natália, tudo bom?
    Estou indo para Vegas agora em Maio e acabei descobrindo o seu blog!!
    Adorei suas dicas!! Só estou numa dúvida tremenda! Acha que é legal alugar carro por lá? Eu sei que para andar pelos hotéis, não! Mas e nos dias de compras? Imagina o desconforto de ficar andando de taxi e malas p cima e p baixo? Ainda mais se for nos outlets mais de um dia? O aluguel para 1 semana tá saindo menos de 300 dolares, sem gps. Então to achando que super vale a pena. O que vc me aconselha? E gps é necessário ou é super fácil andar por lá?
    =*

    Responder
    1. Nathalia Autor do post

      Oi Larissa,

      Eu não aluguei carro e achei super tranquilo fazer compras nos outlets.
      O que eu fiz foi alugar um locker dentro do próprio outlet e ir colocando minhas compras lá dentro.
      Depois, na hora de ir embora, peguei tudo e voltei para o hotel de taxi.
      Achei bem cômodo fazer isso, além de ser econômico.
      Em Vegas, assim como em outros lugares dos EUA, tem algumas pessoas que relatam casos de assalto nos estacionamentos dos outlets. Eu nunca vivi isso e nem conheço ninguém que tenha vivido, mas como as histórias são bem comuns (dá um google) achei melhor não arriscar já que não usaria o carro em nenhuma outra circunstância.

      Com relação ao GPS, se você vai ficar só na área da Strip e na região mais turística de Vegas, acho ok ficar sem GPS. Eu alugaria por precaução, mas acho que dá pra sobreviver sem ele. Mas se pretende conhecer alguma coisa mais distante, ir ao Grand Canyon ou passear pela região, recomendo sim o GPS.

      Beijos e boa viagem

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>