coisas-que-amamos-restaurantes-teresopolis-onde-comer-villa-st-gallen-1Esse final de semana voltei a Teresópolis para curtir um friozinho e revisitei dois restaurantes super gostosinhos por lá que valem a indicação. Eles ficam lado a lado e são ótimas opções tanto para quem quer “romance” quanto para quem está com amigos e família. Eles fazem parte do grupo de restaurantes e bares da Vila St. Galen. Que aliás, pra quem não conhece, é um bar super bacana de lá e também vale a visita.

Começando pelo Bistrô 1912. Ele fica no prédio ao lado da cervejaria St. Galen e segue o estilo Art Noveau. A ideia do restaurante é remontar os bistrôs do início do século passado, quando o Rio de Janeiro respirava os ares de Paris. Então, prepare-se para voltar no tempo e comer em um ambiente super bonito e agradável.

coisas-que-amamos-restaurantes-teresopolis-onde-comer-villa-st-gallen-2img_6401O cardápio do final de semana no Bistrô 1912

A culinária do restaurante é uma mistura de culinária francesa com toques internacionais, ou seja, é bom pra todo mundo. Sem frescura, com muito sabor e deliciosa. Dessa vez eu pedi cordeiro com batatas gratinadas e adorei.

O outro restaurante é o meu favorito: Abadia. Ele fica no segundo andar do prédio do Bistrô 1912. A ideia aqui é  remontar os aposentos da famosa Abadia de St. Gallen nos antigos alpes germânicos. Portanto, espere um ambiente aconchegante e se imagine no sótão de uma antiga casa, repleta de antigos livros e relíquias onde os Monges Beneditinos serviam deliciosos fondues e raclettes.

Aliás, esse é o carro chefe (e único) da casa. Fondues e raclettes. Prepare-se porque além de delicioso o fondue é todo com cara de de antigamente e pra deixar você ainda mais no clima, fique atento ao look dos garçons. É imbatível.

img_6416Comendo um fonduezinho de carne no Abadia

Se vocês forem a cidade e visitarem algum desses restaurantes, não deixem de me contar o que acharam das minhas indicações e claro, deixem ai nos comentários outros restaurantes bacanas que vocês conhecem por lá. Nunca é demais conhecer lugares novos com boa comida, não é mesmo!?

Ah! Se não souber o que fazer na cidade, clica aqui pra ver um dos meus programas preferido por lá.

O ano de 2016 mal chegou na metade e já está na hora de pensar no que vem por ai. Como planejar, programar e pesquisar viagens é um dos meus programas favoritos fiz uma pequena seleção de cinco destinos que acho que vão bombar ano que vem.

Esses são locais que já começaram a aparecer mais nas redes sociais (olha o instagram deixando todo mundo com água na boca!) e na mídia especializada de turismo, por isso, vêm atraindo a curiosidade e o interesse dos viajantes. 2017 será um ano especial para esses destinos e uma ótima oportunidade para você conhecê-los. Eu já marquei de conhecer pelo menos um deles, alguém ai adivinha qual!?

1. Rússiamoscou russia coisas que amamos dicas viagem o que fazer turismo 15O maior país do mundo está mais atraente do que o normal de uns tempos para cá. Com a desvalorização da moeda e com as chamadas constantes sobre o país quando falamos de Copa do Mundo, os viajantes estão curiosos e dispostos a enfrentar a barreira da língua para conhecer as grandes cidades russas.

Para quem vai pela primeira vez ao país, Moscou e São Petersburgo são paradas obrigatórias. E se a língua te preocupa, a blogueira conta que não há motivos para preocupação. “Em todos os pontos turísticos é possível falar inglês e com o crescimento do turismo brasileiro por lá é possível até encontrar alguns serviços como motoristas e guias que falam a nossa língua”, contou. Nada mal né? | Se quiser dicas dá Rússia, dá uma olhada aqui.

2. Jamaica

coisas-que-amamos-jamaica-destinos-2017-1Usain Bolt saiu do Brasil mas com certeza deixou a sua marca por aqui e não foram só seus recordes olímpicos. Muita gente ficou com a pulga atrás da orelha querendo conhecer melhor o país de Bob Marley e do maior corredor do mundo.

Se descansar é o que você precisa, sem dúvidas a Jamaica é bom destino pra você. Praia, mar azul, boa comida e muito reggae. Isso não falta por lá. Não deixe de incluir no seu roteiro uns dias em Negril, Ocho Rios e Port Antonio. Sem dúvidas são os points para os turistas que querem conhecer as belezas naturais e as praias da ilhota caribenha.

3. Cuba

coisas-que-amamos-cuba-destinos-2017-2Enquanto os Estados Unidos se aproxima de uma reconciliação com o país os turistas correm para conhecer a ilha e toda sua essência. Como ela fica a poucos quilômetros da costa dos Estados Unidos os turistas temem que a essência cubana se perca.

Comece sua viagem por Havana e siga para relaxar nas praias de mar calmo e cristalino. Havana fica a pouco mais de 2h da capital e é o local com mais estrutura hoteleira e conforto da parte de praias do país. Mas se você quer conhecer um local menos turístico e tão incrível quanto  Varadero, procure por Cayo Largo ou Cayo Santa Maria. São ilhotas próximas a costa que tem aquele mar de cair o queixo e quase nenhum turista.

4. Catar/Doha

coisas-que-amamos-doha-destinos-2017Nada como uma companhia aérea ser eleita a melhor do mundo para que seu país de origem ganhe algum (ou muito) destaque no ramo turístico, não é mesmo? Depois que a Qtar foi eleita a melhor companhia aérea do mundo em 2015, Doha, a capital do país que leva o mesmo nome da companhia se tornou o centro das atenções no Oriente Médio.

A cidade, que é super moderna, merece sua atenção. Se você nunca esteve em um local como Doha, não deixe de conhecer o mercado (conhecido como Souk) e o museu de arte islâmica. O calçadão e a cidade toda iluminada a noite são outros dois itens imperdíveis por lá. Outro ponto positivo são os diversos vôos diretos saindo das capitais brasileiras. Boa opção pra quem quer conhecer o outro lado do mundo.

5. Tanzânia

Resultado de imagem para tanzâniaÁfrica? Pois é! A blogueira garante que 2017 será o ano da Tanzânia. O país até pouco tempo era pouquíssimo visitado pelos turistas e agora está começando a subir no conceito e se tornando o número 1 da África. Como ele fica num ponto mais central, é possível combinar a viagem para Tanzânia com diversos outros pontos de destaque como África do Sul, Ilhas Maurício e Victoria Falls.

Se você é aventureiro pode fazer um safari e depois fazer alguma trilha ou até escalar o Kilimanjaro (o monte mais alto da região). Se você é viajante que gosta de luxo e conforto, não pense que a Tanzânia não é pra você. Além da tendência de glamping (camping com luxo e glamour) para aqueles que querem fazer o safari, em Zanzibar ilha que faz parte do país, você encontra hotéis super luxuosos e perfeitos para quem quer descansar durante alguns dias na frente de um mar turquesa.

E ai? Ficou com água na boca morrendo de vontade de conhecer algum desses destinos? Eu assumo que sempre sofro na hora de decidir a minha próxima viagem e vários desses destinos já estão na minha lista, afinal, de todos esses, só conheço a Rússia (por enquanto).

Fotos de divulgação.

Risoto de quinoa com cogumelos Eitaaa que essa receita tá pra sair há séculos e eu nunca que posto. Desde que comecei a tentar não comer muito carboidrato à noite que venho experimentando novas receitas, vocês já até viram isso por aqui. Mas essa, em especial, estava doida para fazer a muito tempo. Explico: sou tarada por risoto e por cogumelos, então, se eu conseguisse um substituto mais saudável, seria perfeito!

Pois bem, li na internet mil receitas de como fazer e cada uma ensinava de um jeito diferente. Como era minha primeira vez com “risoto de quinoa” resolvi fazer uma opção mais gordinha e que fosse mais gostosa e posso falar uma coisa: ficou delicioso. (Agora a meta é fazer ficar tão delicioso quanto, porém, um pouco mais magro! heheheh)

Risoto de quinoa com cogumelos Você vai precisar de:

  • Quinoa
  • Cogumelos Frescos (usei shimeji, mas pode ser com qualquer um)
  • Manteiga
  • Azeite
  • Alho e cebola
  • Caldo de carne (caseiro ou não)
  • Parmesão ralado
  • Tempero a gosto (Usei o Mr. Dash alho e cebola, que eu amo!)

Modo de fazer:

Juro que o preparo é super rápido e fácil. Primeiro lave bem a quinoa e deixe de molho por uns 10 minutos. Enquanto ela fica de molho, vá cortando os cogumelos, a cebola, o alho e esquentando o caldo de carne. Refogue a cebola e o alho no azeite e depois de escorrer a quinoa coloque ela na panela para dar uma “fritadinha” (como fazemos com o arroz mesmo). Depois acrescente o caldo de carne até cobrir e tampe a panela. Espere secar o caldo e veja se está al dente. A quinoa não pode ficar mole demais, senão vira uma papa. Em outra panela, faça os cogumelos na manteiga. Basta colocar a manteiga, os cogumelos, dar uma fritadinha e deixar murchar um pouquinho. Se quiser, pode colocar um pouquinho do caldo de carne para dar um gostinho. Quando a quinoa estive pronta, misture com os cogumelos e com queijo ralado e mexa bem. Agora é só servir. Se quiser coloque mais um pouquinho de queijo ralado por cima e está pronto!

Risoto de quinoa com cogumelos

15
set 2016

Fly Tot

Tá ai uma coisa que eu nunca tinha ouvido falar… Fly Tot. Sou uma pessoa viajada, que lê e se informa sobre assuntos difersos, mas Fly Tot, nunca tinha visto. Vocês também não sabem o que é? Vou explicar.

Sabe aquele desconforto de pegar um vôo noturno de 12h e não consegui esticar as pernas para dormir? Pois é, chato demais. Agora, imagina uma criança pequena, com fuso todo errado, cansada, com fome e tendo que dormir sentada? Mais desconfortável ainda, certo? Pra isso inventaram o Fly Tot.

Ele é um inflável que fica entre a sua cadeira e a cadeira da frente e ajuda a criança a dormir praticamente deitada durante o vôo. Legal né? Isso funciona também para os adultos menores (oi!) que conseguem dormir de ladinho, porém, menos espremidos que na situação normal.

O produto é vendido pelo site oficial por US$ 69 e pesa mais ou menos 1kg, quando vazio. Pra encher, você leva aproximadamente 3 minutos e para esvaziar apenas alguns segundos. Ele vem com um enchedor junto, caso você não queira fazer o esforço de encher. O inflável aguenta até 75kg, ou seja, dá tranquilamente as pernas de um adulto ou parte do corpinho de uma criança. Ah! Eles entregam no mundo inteiro. Nada mal, né? Quem ai já se animou e quer comprar o seu fly tot? \O/ Euuu! O site é esse aqui.

Essa é a carinha real do Fly Tot. Apesar de não ter filhos achei a ideia boa, só fico pensando se para adultos carregar esse trambolho é valido… sei lá! Ainda assim, se pensarmos em um vôo de 12h na econômica em que você chega direto pra trabalhar, começa a ser uma boa ideia, não acham?! hahahaha