Sei que o que vou falar aqui não é muito novidade para ninguém, principalmente para as gravidinhas de plantão, mas como entrei nesse mundo recentemente e estou adorando as “novidades” resolvi compartilhar com vocês dois livros que eu estou lendo no momento e o que eu estou achando de cada um deles.

A Encantadora de Bebês: “O livro ensina como os pais devem agir com os seus filhos, desde as primeiras semanas de vida até os primeiros anos da infância. Apresenta técnicas que, além de facilitar o dia-a-dia dos pais de primeira viagem, acalmam os bebês e esclarecem dúvidas sobre a criação de crianças pequenas. Depois de lidar com mais de 5 mil crianças, neste livro Tracy ensina, de forma bem-humorada, a administrar ataques de cólicas, saber se a criança comeu o suficiente, por que o bebê não dorme direito, entre outras questões que afligem os pais. Além disso, ajuda a elaborar métodos para fazer com que os pequenos adquiram padrões regulares de sono, comecem a treinar o uso do vaso sanitário e evitem más-criações”.

Realmente o livro é meio que um beabá de criação dos filhos. Tracy sinaliza os tipos de bebês, como lidar com cada um deles, as mais variadas situações com filhos… Pessoalmente, estou achando o livro bem interessante. Gosto da forma como ela escreve, é didático mas ao mesmo tempo de leitura super leve. Ou seja, você lê, lê, lê e quando vê passaram 100 páginas e você não percebeu. Gosto disso.

Resultado de imagem para encantador de bebesConcordo em gênero, número e grau em várias coisas que ela fala com “não se deve deixar o bebe chorando para que ele aprenda”. Estou totalmente de acordo com essa frase. Algumas outras coisas, acho que só vou poder concordar ou discordar depois que a Victoria nascer e a minha criação começar de fato.

No geral, achei válido ler o livro. Dá uma sensação boa de preparo para o que vem pela frente. Sabe quando você chega numa prova tendo estudado a matéria completa? Então, é assim que eu me sinto. hahahahaha #nerd Se você tem tempo e paciência para estudar sobre o assunto, leia. Acho que você vai gostar.

Encontrei pra vender aquiaqui, aqui, aqui e aqui. A partir de R$60,21.

Crianças Francesas não Fazem Manha: “Uma jornalista americana vivendo em Paris resolve investigar quais são as diferenças na criação das crianças francesas que fazem com que elas pareçam tão mais calmas e educadas que as crianças americanas. Nos anos em que vive em Paris, Pamela engravida e passa a criar seus próprios filhos com algumas das premissas francesas de educação infantil. Ali, ela se percebe dividida entre seus próprios conceitos e aqueles adotados por essa nova cultura da qual ela e a família passam a fazer parte”.

Assumo que o livro não empolga muito. Dá um soninho e tem uma escrita que não ajuda muito, acho que por isso mesmo ainda não terminei de ler. Mas a ideia de entender a criação de crianças em outros lugares do mundo me enche os olhos. Vejo como nós, brasileiros, somos diferentes nesse quesito.

Resultado de imagem para crianças francesas não fazem manhaO que eu achei é que o livro é um pouco exagerado demais. Os franceses são endeusados por controlarem seus filhos, enquanto os americanos são taxados como péssimos pais por terem uma conduta completamente diferente. Concordo com muitas coisas que são ditas no livro, mas outras muitas me questiono inclusive se eram necessárias estar ali para alguém ler, de tão sem noção, na minha opinião, que são.

Pessoalmente, gosto de ler exatamente para conseguir distinguir o que acho legal aplicar e o que acho que não combina comigo e com o meu estilo de criação (ou aquilo que eu imagino que será o meu estilo de criação). Mas assumo que esperava mais do livro.

Encontrei para vender aqui, aqui, aqui e aqui. A partir de R$23.

Se vocês tiverem outras dicas e indicações de livros, deixem ai nos comentários tô amando ler tudo e ficar por dentro desse novo mundo que é a maternidade! =) Obrigada.

Gente, mas como essa gravidez tá animada! Cheia de viagens, de amigos e de coisas deliciosas… hoje vamos para Bento Gonçalves, nas serras gaúchas, para curtir uns diazinhos por lá e para sermos padrinhos de um casamento suuuuuper especial de um casal de amigos muito queridos.

Baby Vic nem saiu da barriga e já tá super viajada! =) Adoro! Estamos super animados para curtir um bom hotel, descansar e claro, conhecer mais um destino. Para acompanhar tudo de perto, me sigam nas redes sociais e claro, fiquem por dentro de tudo o que vai rolar nessa viagem.

instagram.com/coisasqueamamos
facebook.com/blogcoisasqueamamos
snap: coisasqueamamos

Beijos,
Nathalia

19
abr 2017

CqA TV: Islândia

Aiiiiiiiiiiiii que delicia que é ver esse video e rever essa viagem! Como eu amei a Islândia, como amei conhecer esse lugar incrível e como eu queria voltar pra lá agora mesmo pra conhecer tudo que faltou, revisitar os lugares que eu adorei e aproveitar um pouquinho mais desse país que eu gostei tanto.

Acho que nesse video vocês conseguem ver um pouquinho do que vivemos nos 4 dias que passamos por lá. Os passeios que fizemos, os lugares que conhecemos, as emoções que sentimos… tudo!

Gostaram? Estão querendo conhecer a Islândia? Se ainda tem alguma dúvida, esse post vai ajudar vocês a definir isso. Acreditem, é um lugar que vale MUITO a pena e não pode ser deixado de lado. Vocês vão amar.

Se vocês gostaram desse video, não esqueçam de curtir no joinha e de se inscrever no canal. Se quiserem receber notificações de novos videos, basta clicar no sininho. Lembrem-se que quem tá inscrito, assiste sempre primeiro! =)

Contei pra vocês no video de compras da viagem que uma das aquisições que eu fiz na Europa foi o shampoo Oh So Straight, do Phil Smith. Já conhecia a marca e já tinha testado alguns produtos como o serum da mesma linha. Então, quando vi o shampoozinho na prateleira da Poundsland por míseros £1, não resisti! hahahaha

Tô usando o shampoo desde o momento em que comprei ele durante a viagem e já percebi algumas coisas nele: ele limpa muito bem apesar de não fazer muita espuma. O que pra mim é um ponto positivo e um ponto negativo. Ele não é o tipo de shampoo que hidrata o cabelo, mas ao mesmo tempo acho que nem é essa a função dele. E por último, acho que ele atua pouco no que ele se vende, que é “abaixando” os fios. Pessoalmente, sempre que uso tenho a sensação de que o meu cabelo ta menos liso que antes, sabem!? Fico com vários fios arrepiados e uma sensação meio de cabelo despenteado, sei lá.

No geral, não foi um shampoo que eu amei e eu não vou recomprar. Ele limpa bem, mas não faz o que promete. Não que seja um shampoo ruim, entendam, mas para o meu cabelo não funcionou tão bem. Então, não amei.

Onde comprei? Na Poundsland, mas achei pra vender aqui.
Quanto? Paguei £1, mas achei aqui por R$49,90.