Viajar é uma das coisas que eu mais gosto de fazer na vida. Conhecer lugares novo, vivenciar coisas diferentes, ter novas experiências… amo muito tudo isso. Mas o que realmente me encanta nas viagens são as lições e aprendizados que tiro de cada lugar que conheço. Pode ser apenas o nome de um rio ou toda a cultura religiosa de um país, não importa. É conhecimento, e isso é demais!

IMG_7957Não tenha medo de ir a lugares “diferentes”: Não deixe que comentários e opiniões sobre lugares que você tem vontade de conhecer desanimem a sua viagem. Conheça lugares diferentes, inusitados, “esquisitos” e fora do roteiro padrão… se é isso que você gosta, não deixe de fazer por que um ou outro falaram isso ou aquilo do seu destino. Só assim você terá a sua opinião sobre aquele local e poderá dizer se valeu a pena. Viagem é realmente uma coisa muito individual, por isso, é necessário ter a sua experiência para então, formar a sua opinião.

168013_498620073225_754079_nFazer “programa de turista” pode ser muito bom: O preconceito com os programas mais turistões podem te deixar frustrado no futuro. Tanta gente que enche a boca para dizer que “odeia programa de turista” e que por isso acaba deixando de conhecer lugares incríveis e de fazer coisas super bacanas. Não se deixe levar por isso, faça o que você gosta, conheça lugares que te interessam, sejam eles de turista ou dos locais. Essa é a sua viagem, a sua experiência e só você pode dizer o que é realmente bom pra você.

IMG_8519Até o ruim é bom quando a gente está viajando: Comeu num restaurante mais ou menos, escolheu um hotel furreca, o passeio era fraco? Não se preocupe. Pense que você poderia estar enfiado no escritório ou fazendo alguma coisa bem chata ao invés de estar rindo de uma pequena furada que você teve na viagem. Lembre-se que até as experiências ruins podem se tornar grandes aprendizados. Portanto, não fique mal humorado se alguma coisa sair do planejado na sua viagem. Ria e entenda que isso faz parte da experiência.

IMG_8817Experimente: Experimente, se arrisque e enfrente seus medos. Uma comida diferente, uma aventura, um país “estranho”, uma nova cultura. Vale a pena experimentar, nem que seja pra dizer que você não gostou. Tudo isso vai enriquecer a sua viagem e vai te encher de histórias depois.

IMG_6467Fotografe e registre tudo: Já falei como as fotos e videos são importantes para mim. São a memória que você não vai ter daqui há alguns (muitos) anos. Eles vão te lembrar do quão boa foi a sua viagem, de como as paisagens eram incríveis e de como valeu a pena ter feito aquilo. Podem te lembrar até mesmo o nome do hotel que você ficou ou daquele restaurante gostoso que você comeu.

DSC02237Tente se misturar: Sei que em alguns lugares isso é bastante difícil, mas tentar não custa nada e pode ser muito bacana para a sua viagem. Misture-se, ande a pé, pegue o metrô, o ônibus, o trem… coma em restaurantes locais, converse com pessoas comuns, puxe papo e faça amigos. Isso enriquecer ainda mais a sua experiência e vai te ajudar a ver aquele lugar novo com outros olhos.

DSC01608Aprenda um pouco do idioma local: Bom dia, boa tarde, boa noite, obrigada, desculpe e por favor. Além de formarem as palavras dos princípios básicos de educação, são as palavras fundamentais para você se virar em um país diferente. Você não precisa ser fluente na língua, mas é muito simpático saber algumas palavras e isso pode te levar muito longe dependendo do seu destino.

IMG_9713Não tenha pré-conceitos: Com nada. Seja com a cultura, com o lugar visitado, com a comida, com os costumes… forme os seus conceitos depois de conhecer o lugar. Se você já está com preconceito antes de conhecer o destino, muito provavelmente você terá dificuldade para curtir a sua viagem e tudo que ela pode te proporcionar.

IMG_7397O básico aqui, não é o básico ali: Entenda que culturas diferentes significam costumes, hábitos, alimentação… tudo muito diferente. O que é básico/padrão em um local, pode não ser em outro. Não recrimine uma falta de banho ou um estrondo às 4h da manhã para chamar para a reza só porque para você isso não é comum. Não julgue pessoas que idolatram uma vaca ou alguém que come barata só porque você acha isso estranho. Entenda, que é exatamente isso que faz daquele lugar tão especial e diferente, e que faz da sua viagem uma experiência tão rica.

IMG_6978Envolva-se: Em tudo! Desde o pré-viagem, até o pós. Pesquise o  melhor lugar pra ficar, onde comer, qual melhor ângulo para fotografar… E depois, com a revelação de fotos, compartilhamento de experiências, encontros para falar sobre a viagem e tudo que você viveu ali. É muito importante que você esteja envolvido naquilo para realmente viver e conhecer o seu destino. Falar com propriedade (mesmo que seja a sua propriedade) sobre ele. Experimente fazer dessa forma, tenho certeza que você vai amar.

coisas que amamos spa das sobrancelhas 1Recebi outro dia um dos jabás mais recheados que já chegaram lá em casa: um super kit com toda a linha de maquiagem do Spa das Sobrancelhas. No total, vieram mais de 20 produtos entre batons, pincéis e claro, muitos itens para deixar as sobrancelhas em dia.

Como chegou muita coisa, comecei a testar aos poucos e “repassei” alguns itens para a minha mãe testar também. Achei que seria bacana ter uma outra opinião, dado que eu não tive taaaaanto tempo assim para testar tudo. O que vocês vão ler abaixo é apenas a minha “primeira” opinião sobre os produtos, ok?

coisas que amamos spa das sobrancelhas 4Comecei os testes pelo produto que chamou mais a minha atenção, um gloss de sobrancelhas. Nunca tinha visto isso e achei super interessante. Ele tem textura de gloss  de boca mesmo, mas menos melequento. Recebi nas duas cores que existem do produto: caramelo e café-bronze e, pra mim, a segunda ficou melhor. Gostei muito da durabilidade e da sensação de volume que ele dá. Acho que é uma excelente opção para quem tem poucos pelos.

Logo em seguida experimentei minhas outras obsessões: corretivo e primer. Estava super precisando de um primer e achei esse ótimo. Deixou a minha pele bem matificada (como eu adoro) e aveludada. Não deu pra sentir ainda a resistência no calor, mas trouxe para a minha viagem e vou usar muito para testar. Já o corretivo, ficou um pouco escuro em mim, mas achei a ideia do aplicador diferenciado e da textura mousse muito bacanas. Segundo a marca, esse corretivo estimula a microcirculação local, tonifica, descongestiona e drena a região diminuindo bolsas e olheiras.

coisas que amamos spa das sobrancelhas 3Também recebi um demaquilante. Ele tem um cheirinho gostoso, não é oleoso e promete manter o pH natural da pele. Quando fiz o teste para remover o lápis ele tirou quase tudo na primeira passada, mas ainda não testei com produtos que tenham durabilidade comprovada por mim.

Os lápis de olho da marca também são muito interessantes. Além do lápis preto tradicional recebi também um retrátil. Achei os dois bem similares no quesito cor e maciez. Ambos são bem escuros e riscam de forma macia e sem arranhar. O lápis iluminador é um pouco mais rígido e tenho usado para iluminar a região supercílio.

Já os lápis específicos para as sobrancelhas foram os que me chamaram a atenção. Apesar de serem mais durinhos e arranharem um pouquinho, eles disfarçam muito bem as falhas. Experimentei os dois, mas acabei optando pelo mais claro (cor castanho). Achei que ficou mais suave em mim. Mammy está usando o universal e está gostando bastante.

coisas que amamos spa das sobrancelhas 2Os pincéis vieram numa mini necessaire de pincel que é um mimo. Todos tem o roxinho da marca na ponta e as cerdas muito macias. Meu preferido é o achatadinho pequeno. Estou usando muito para aplicar corretivo e estou muito satisfeita. Alguns poucos pelinhos se desprenderam mas nada que fizessem o pincel perder o charme e a utilidade.

Já o grandão é bacana para aplicar blush numa área mais abrangente ou esfumar um excesso de produto. A escovinha uso sempre para pentear a sobrancelha e “espalhar” a pintura feita com o lápis ou gloss. Acho que ajuda a deixar ainda mais natural. O único que não testei foi o achatadinho maior. Acho que usaria para aplicar base ou até mesmo corretivo em uma área maior (talvez numa maquiagem de iluminadores e sombras!)

coisas que amamos spa das sobrancelhas 5Por último as máscaras, o blush e os batons. Já usei as duas máscaras e gostei. Não vi nada de muito especial nelas, mas gostei delas terem o aplicador diferenciado e uma boa durabilidade. A alongadora realmente alongou meus cílios, mas a de volume não surtiu muito efeito em mim, infelizmente.

O blush tem uma embalagem que acho ótima para carregar na bolsa e dar aquela retocada durante o dia. Ele já vem com pincel acoplado e para ter mais produto é só dar uma sacodida na embalagem. Só tome cuidado porque ele tem brilhinhos e as vezes sai muito produto.

Por último, os batons. Eles tem textura de gloss e ficam melequentinhos como gloss. Apesar de não ser meu tipo preferido de batom, gostei do nude rosado. Ele dá uma cara de saúde para a boca e fica bem bonito depois de um tempo aplicado.

Ufa! Muita coisa né? Estou testando tudo e se vocês quiserem saber mais sobre algum produto específico ou sobre a marca é só deixar um comentário aqui que eu respondo pra vocês!

18
jul 2014

Decor de Home Office

Tô nessa fase de arrumação de casa, obra, mudança… e vira e mexe entro no pinterest pra me inspirar, pra pegar ideias e pra copiar uma ou outra coisinha que acho de interessante por lá. Nessas minhas andanças, dei de cara com alguns home-offices muito lindinhos e resolvi colocar aqui para inspirar vocês. Tem um pouco de tudo. Para espaços grandes, pequenos, mais minimalistas, mais românticos…

coisas que amamos decoração home officeAlém dessas imagens ai em cima, na fanpage do CqA no Facebook, tem um álbum todo voltado para decoração que tem outras várias inspirações de home office e de outros ambientes também. Se você quer se inspirar, vale a pena dar uma olhada !

Los Angeles é sem dúvidas uma das cidades mais famosas da Califórnia. Estive lá há pouco mais de dois anos e só agora me dei conta de que quase não falei pouco por aqui sobre isso. Na realidade, acho que não falei muito porque fiquei um pouco decepcionada com a cidade. Ela não me encantou. Não sei se é porque é grande demais, ou porque achei o povo meio “frio”, mas não me apaixonei. Como já tem muito tempo, vou falar um pouquinho do que eu vi e vivi por lá, mas sem ser naquele esquema “Diário de Viagem”.

IMG_3380

Acho a região litorânea de Los Angeles linda e imperdível. Pegue seu carro (que será fundamental durante a sua estada na cidade) e faça um passeio pelas praias. Vá a Santa Mônica, Malibu, Venice Beach, Redondo… se tiver tempo, dê uma esticadinha até outros condados como o famoso Orange County. IMG_3440

Santa Mônica e Venice Beach são incríveis. Totalmente diferentes uma da outra, mas adoráveis. Em Santa Mônica (onde eu me hospedei e recomendo muito a hospedagem ai – fiquei nesse hotel aqui. Simples mas hiper bem localizado) você vai ver uma coisa mais cidade. Tem o píer super famoso, o parque de diversões e o Promenade, uma rua fechada para carros e lotada de lojas e restaurantes super bacanas. Uma delicia!

IMG_3407IMG_3445

Já em Venice Beach, você vai encontrar um pouco de tudo. É um lugar muito interessante e tem um pôr do sol lindíssimo. Vale a pena gastar um tempinho perambulado por ali, vendo os “malucos” passando, comendo um sanduba em alguma lanchonete diferente, comprando posters, tirando foto no melhor estilo Baywatch e etc. O lugar tem um astral de outro mundo e é sem dúvidas um dos pontos altos da cidade.DSC02064

Mas quando o assunto é Los Angeles, não podemos deixar de falar de cinema e Hollywood. Certo? Então, que tal correr atrás do melhor ponto da cidade para fotografar o letreiro mais famoso do mundo? O programa turista-furada da cidade só não é pior porque o Griffith Observatory é muito bacana e tem uma vista linda da cidade. Mas já adianto, mesmo de lá você ainda estará muito longe do letreiro, mas ainda assim… não dá pra ir a LA e não tirar uma foto segurando o letreiro, né?

DSC02058

E já que o assunto é cinema… que tal a calçada da fama? Essa é sem dúvidas um dos pontos turísticos mais “bombados” da cidade. Se quiser um pouco espaço no chão para tirar suas fotos chegue cedo. Como o jet lag + fuso horário, dei sorte e acabei chegando lá por volta de 6h30 da manhã e já tinham turistas tomando conta do lugar. Surreal né? Logo ali pertinho da calçada da fama você também encontra o Kodak Theater o antigo teatro do Oscar, um grande shopping e muitas lojinhas para gastar seus dólares.

DSC01941

Se você for mesmo fissurado em cinema/séries, talvez curta um tour por um dos estúdios que tem na cidade. Eu fiz o da Warner e amei! Mas se o seu negócio são as compras… ai, você não pode deixar de conhecer a famosíssima Rodeo Drive, a rua das compras que aparece no filme “Uma Linda Mulher”. [Favor andar pela rua - pelo menos uma vez - ouvindo Pretty Woman de Roy Orbison. Vai por mim, vale a pena! É a trilha sonora mais perfeita! Você vai se achar a própria Julia Roberts hahahaha]DSC01966

São várias lojas de marca na rua. Chanel, Prada, Miu Miu.. são apenas algumas das muitas lojas caras que você vai encontrar por ali. Além delas, você também encontra várias lojas imensas como Macys e Sacks nas ruas transversais. Além disso, também é nessa região que fica nossa amada Fashion Phile, que já falei por aqui. Se quiser mostrar que além de compras, você também é uma pessoa super cinéfila, saiba que o hotel enorme que fica em frente a Rodeo Dr, é o hotel em que Julia Roberts e Richard Gere se hospedam no filme!

DSC02044

Por último, se você é uma pessoa aventureira vai amar conhecer os parque no entorno de Los Angeles. Além do primeiro parque da Disney, lá você encontra também um Six Flags, o parque que tem as maiores e mais radicais montanhas russas do mundo. Eu amo montanha russa então nem pensei duas vezes quando comprei meus tickets pela internet. O parque fica a mais ou menos 1h de Los Angeles de carro.

IMG_3378

Outras coisas para fazer em LA: almoçar no The Ivy (onde as celebridades comem!), jantar no Chateau Marmont (opa, elas também comem aqui), alugar um carro (se for conversível você vai se achar muito e vai amar andar pela costa), entender que a cidade é imensa e que é isso mesmo (eu não entendi e por isso não amei!), saber que mesmo no verão a água é gélida e dificilmente você vai dar um mergulho no mar, colocar um dedo do pé no mar do pacífico só pra dizer que fez, curtir o parque de diversões do pier de santa mônica e não se decepcionar quando não encontrar o Mitch em Malibu (eu fiquei arrasada – pelo menos encontrei a casinha dele em Venice Beach).