Estou muito cozinheira gente! Tô me achando. Adoro experimentar novas receitas e tentar reproduzir em casa comidinhas que eu amo. Esses dias lembrei que tinha umas batatinhas na geladeira e que se eu não fizesse logo elas iriam estragar. Foi dai que surgiu a ideia das batatas ao murro.

IMG_2078

Essa receita é ridiculamente fácil de fazer e talvez nem fosse necessário colocar aqui pra vocês, mas sei que, assim como eu, muitas leitoras recém-casadas ou wanna be cozinheiras precisam de um estímulo pra começar a se arriscar. Essa receita é pra vocês! hahahahahhaha

Lembrando que as receitas do CqA são super fáceis de fazer e que estão aqui porque eu resolvi compartilhar com vocês minhas experiências gastronômicas e fazer desse espaço um pequeno livro de receitas para mim. Não pretendo ser chef de cozinha e nem tampouco ditar regras sobre comida, mas gosto de brincar, de arriscar e de comer bem!

IMG_2071

Você vai precisar de:

- Batatas
– Azeite
– Sal, flor de sal ou sal grosso.
– Alecrim

Modo de fazer:

IMG_2063Ligue o forno e deixe pré-aquecendo a 200º por 15 minutos. Lave bem as batatas em água corrente e coloque-as para cozinhar em água salgada.

IMG_2067Deixe que elas fiquem macias, mas não a ponto de desmanchar. Quando estiverem no ponto, escorra bem e coloque-as, uma a uma, em um pano de prato e dê um murro, deixando-as achatadas e ligeiramente abertas.

IMG_2070Reserve. Em um tabuleiro, coloque um pouco de azeite e faça uma cama de sal (se usar o sal grosso) ou coloque um pouquinho da flor de sal para temperar o azeite. Disponha as batatas já esmurradas e coloque um pouco mais de sal, alecrim e azeite.

IMG_2075Depois é só abaixar o fogo, deixar uns 15 minutos e pronto. Fica ótimo com tudo, especialmente com carnes.

Dica: Usei flor de sal e achei um ótima pedida. Uma boa dica também é usar azeite temperado. O de alho dá um gostinho muito bom.

coisas que amamos testei cleanser ibuki shiseido 2Quando cheguei de lua de mel fiquei totalmente me achando a top blogueira pois acumularam vááárias caixinhas de jabá na minha portaria (#pobreédose! hahahaha). Uma dela, veio recheada de produtos maravilhoso da nova linha Ibuki, da Shiseido. Fiquei doida quando vi. Eu amo esse tipo de coisa e, por incrível que pareça estava super precisando de um bom cleanser para o banho.

Tenho tentado tirar a maquiagem no banho e só usar o demaquilante para casos mais “drásticos” ou para quando a maquiagem gruda mesmo. Como meu sabonete líquido da Clinique acabou, achei ótimo receber o Ibuki. Já estou usando há mais de um mês e estou adorando. Uso com o clarisonic e as vezes uso só ele mesmo.

coisas que amamos testei cleanser ibuki shinseido 1

Além de amar a textura dele, adoro a sensação que sinto depois de usá-lo. A pele fica super limpa sem repuxar e sem ficar ressecada. Melhor impossível. Sem falar que você não precisa de quase nada para conseguir lavar o rosto todo. Ou seja, o produto rende muito.

Onde? Ganhei da marca mas está a venda em lojas especializadas como Sephora e Sepha.
Quanto? R$157

coisas que amamos look do dia clean navy foto camilla cheade 1Esse final de semana minha prima (e fotógrafa preferida no mundo!) foi conhecer minha casa nova, e ao invés de ciceroneá-la, sai correndo pra me montar para fazer looks do dia com ela! hahahahah Aproveitei que ela estava por ali e fotografamos alguns looks que eu já usei ou vou usar em breve. O de hoje, foi o escolhido para ir ao cinema e jantar com o maridinho no final de semana passado.

Lookbook-Nath-2 Lookbook-Nath-1A camisa é antiguinha, comprada no Ebay. Uso muito ela, tanto pra trabalhar quanto pra sair. Amo peças que são multiuso e servem para várias ocasiões. Já a saia, ganhei de aniversário de uns amigos do trabalho e é da Ateen. Além de ser linda, ela é super prática pois tem um shortinho embaixo e não deixa você correr nenhum tipo de risco.

Lookbook-Nath-4O sapato, é o tão falado sapato que usei no meu casamento. Sei que ele não é sapato de noiva, e já falei sobre isso aqui, mas a minha intenção era poder usá-lo novamente e voilá, olha ele ai já aparecendo nos meus looks do dia. Ele é da Arezzo e é a coisa mais confortável do mundo. Vocês não tem noção. Amo!

Lookbook-Nath-5

Lookbook-Nath-3A bolsa é antiguinha da Mulberry, mas adoro ela. Além de ter um tom de azul que eu acho lindo, ela é super prática porque pode servir como clutch e tem uma alcinha pra pendurar no ombro quando você cansa de segurar. Mão na roda máxima.

O que acharam? Como vocês puderam perceber eu não consegui economizar nas fotos, mas também, lindas desse jeito nem tinha como economizar né?!

Fotos: Camilla Cheade

Como já contei por aqui, durante minha lua de mel passei alguns dias em Napa Valley e apaixonada que sou por comer bem, não podia ter escolhido melhor destino para isso. Para quem não sabe, Napa é um dos locais mais recheados de bons restaurantes e de restaurantes premiados dos EUA. Eu já sabendo disso, garanti minhas reservas pelo Open Table e me joguei em vários deles.

coisas que amamos viagem napa valley onde comer 1Almocei no Bistrô Jeanty entre uma vinícula e outra, e amei cada segundo que passei lá. O restaurante “simula” um bistrô francês na principal rua do centrinho de Yountville. O clima é delicioso e o atendimento excelente. A comida não podia estar diferentes e foi simplesmente maravilhosa. Pedi uma massa com coelho que era de comer rezando e o Alexandre pediu cordeiro que também amou. O Jeanty tinha sido indicado por uma amiga nossa que morou em SF durante algum tempo e visitou bastante Napa nesse período. Não poderia ter sido indicação melhor. Site aqui.

coisas que amamos viagem napa valley onde comer 2Ainda falando de almoço, fizemos um picnic incrível na área externa da vinícula V. Sattui. Pra quem não sabe, essa vinícula possui uma deli maravilhosa e lá você pode escolher tudo que quer comer e preparar o seu próprio picinic. Nós amamos a experiência e cada mordida que demos ali. Escolhemos queijos, presuntos, saladas e massas e nos fartamos de comer. E sabe o que é melhor? Não gastamos muito! Lá você escolhe o que quer e a quantidade e paga por isso. Minha dica é: pegue uma saladinha, uns queijos e não deixe de fora o crabcake e o mac´cheese trufado. É surreal de tão bom. Ah! Se você não quiser visitar a vinícula, não precisa. Basta estacionar, escolher sua comidinha e achar um local gostoso para sentar e comer. Site aqui.

coisas que amamos viagem napa valley onde comer bouchon keller 3Meu jantar preferido da viagem toda foi no Bouchon. Esse restaurante é do chef Thomas Keller, um dos chefs mais premiados dos EUA. O Bouchon é um bistrô francês que já tem uma estrela Michelin pra chamar de sua. Como eu estava muito ansiosa por esse dia e queria comer todos os pratos, o Alexandre topou dividir comigo tudo que eu quisesse (#fofo). Então, de entrada, dividimos um risoto de trufas, que foi o melhor que eu já comi na vida e de prato principal, a especialidade da casa um Steak Frites. Nada mais é do que bife com batata frita. A nossa, pedi também com trufas! ahhahahaha Estava tudo maravilhoso. Para o restaurante que é, não é dos mais caros. Essa nossa pedida mais uma garrafa de vinho custou uns U$130 com tax e gorjeta. Achei muito ok pela qualidade da comida que eu comi. Ah! É fundamental fazer reserva. Site aqui.

coisas que amamos viagem napa valley onde comer redd 4Mais um restaurante premiado com uma estrela Michelin. O Redd é mais um dos bons restaurantes que você encontra em Yountville. Fizemos reserva com antecedência e lá fomos nós nos aventurar em mais uma “orgia gastronômica”. Achei o clima do restaurante menos jovial que o Bouchon, mas a comida é bem gostosa também. Ela é mais moderna e internacional, diferente do que havíamos provado até então por lá. Os preços são um pouco mais elevados que os do Bouchon, mas nada absurdo. Você só não pode esquecer que está comendo em restaurantes estrelados e pagando por isso. Tem que fazer reserva. Site aqui.

coisas que amamos viagem napa valley onde comer french laundry ad hoc keller 4Além desses, é lá que fica o famosíssimo The French Laundry. Esse é outro restaurante do Thomas Keller e um dos únicos dos EUA com badaladas três estrelas do guia Michelin. O preço, obviamente, segue isso e é altíssimo. Eu não fui porque achei caro demais. Custa em média U$270 por pessoa para um menu de 5 pratos, se eu não me engano. Mas apesar do preço ele fica super lotado e conseguir uma mesa é uma missão complicada. Se você quiser fazer a sua reserva, comece a tentar uns 4 meses antes para garantir que vai conseguir. Thomas Keller tem também o mais Informal AD Hoc. Infelizmente não consegui comer lá, mas não posso negar que o cardápio me deixou com água na boca!